Forte de Coimbra (bombardeira)

Forte de Coimbra foi uma bombardeira operada pela Armada Imperial Brasileira. A embarcação foi construída no Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro e lançada ao mar em 17 de março de 1866. Foi batizada com o nome Forte de Coimbra em homenagem ao forte localizado em Mato Grosso de nome Forte Novo de Coimbra, celebrada pela resistência ao ataque de numerosas forças paraguaias. Deslocava 338 toneladas em peso. Possuía 36 metros de comprimento; 7,15 metros de boca e 2,70 metros de calado. A bombardeira tinha um motor a vapor que desenvolvia 60 HP de potência e a impulsionava a 13,67 quilômetros por hora. Seu meio ofensivo constituía-se de um canhão Withworth de calibre 70. A bombardeira participou de várias campanhas da Guerra do Paraguai. Foi descomissionada em 1884.[1]

Forte de Coimbra
Operador Armada Imperial Brasileira
Fabricante Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro
Homônimo Forte Novo de Coimbra
Lançamento 17 de março de 1866
Descomissionamento 1884
Características gerais
Tipo de navio Bombardeira
Deslocamento 338 t
Comprimento 36 m
Boca 7,15 m
Calado 2,70 m
Propulsão 1 motor a vapor de 60 HP
Velocidade 13,67 km/h
Armamento 1 canhão Withworth de calibre 70

Ver também editar

Referências

  1. Mendonça, Mário F.; Vasconcelos, Alberto (1959). Repositório de Nomes dos Navios da Esquadra Brasileira. Rio de Janeiro: SGDM. pp. 104–105. OCLC 254052902 
  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.