Fortes Neomedievais

Os Fortes Neomedievais (em castelhano: Fuertes Neomedievales) são um complexo de fortificações situadas na região montanhosa que abrange a península de Ceuta com a fronteira de Marrocos.[1]

Fortes Neomedievais
Fuertes Neomedievales
Fortes Neomedievais
Início da construção século XIX
Função atual conjunto histórico
Património nacional
Bem de Interesse Cultural
Património Histórico de Espanha
Geografia
País Espanha
Cidade Ceuta

História editar

Eles foram construídos em meados do século XIX, após o fim da Guerra de Wad-Ras entre Espanha e Marrocos com o Tratado de Wad-Ras, para proteger a fronteira com uma série de torres de vigia para evitar possíveis ataques exteriores. Deste modo, foram construídas as torres de: Aranguren, Yebel Ányera, Renegado, Isabel II, Francisco de Assis, Piniés e Mendizábal, além do Forte do Príncipe Afonso.[1]

Notas e referências

Notas

Referências

  1. a b «Fuertes fronterizos neomedievales» (em espanhol). Guía turística de Ceuta. Consultado em 28 de novembro de 2022 


  Este artigo sobre um monumento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.