Abrir menu principal

Francesco Buzzurro

Francesco Buzzurro
Francesco Buzzurro tocando seu violão
Informação geral
Nome completo Francesco Buzzurro
Nascimento 7 de outubro de 1969 (50 anos)
Origem Taormina, Sicília, Itália
País  Itália
Instrumento(s) Violão
Período em atividade Anos 70 - Anos 2000
Página oficial Francesco Buzzurro no MySpace

Francesco Buzzurro (Taormina, 7 de outubro de 1969) é um músico, compositor, e violonista italiano.

BiografiaEditar

Nascido em Taormina em 1969, Buzzurro começou a tocar desde criança, quando o seu pai lhe havia oferecido um pequeno violão aos seis anos de idade.

A sua formação musical teve início ao diplomar-se no Conservatório Vincenzo Bellini de Palermo, conseguindo um master of music na International Arts Academy de Roma com o professor Stefano Palamidessi e os mestres David Russell, Alberto Ponce, Hopkinson Smith e John Duarte. Na mesma época forma-se em Línguas e Literaturas Estrangeiras.

Enquanto violonista clássico obteve três concursos nacionais: o Città di Alassio, o Benedetto Albanese de Caccamo e o Savona in Musica. Sempre se interessou pelo estudo da música clássica, folk e jazz.

Durante algum tempo foi o sideman de Lucio Dalla, Renzo Arbore, Antonella Ruggiero, Ornella Vanoni, Francesco Baccini, Luisa Corna, Grazia Di Michele, Tom Kirkpatrick, Jimmy Owens, Giulio Capiozzo, Massimo Moriconi, Gigi Cifarelli, Allen Hermann e é presente nos Festivais Internacionais do Violão de Fiuggi [1] e de Siracusa.[2]

Fez um dueto com Toots Thielemans, Diane Schuur, Arturo Sandoval, Peter Erskine, Phil Woods, Bob Mintzer, Bill Russo, Vince Mendoza, Frank Foster, Bireli Lagrène e Roberto Gatto.

A revista Musica Jazz mencionou-o como um dos melhores violonistas poliedricos italianos.[3]

Desde abril de 2011 é professor de violão e jazz no Conservatório Vincenzo Bellini de Palermo.

Cinema, teatro e televisãoEditar

Francesco Buzzurro compõe canções para teatro, televisão e cinema. Em 2008 participou na emissão Uno Mattina [4] e em 2009-2010 realizou a trilha sonora da peça teatral Girgenti amore mio[5] sob a direção de Pino Quartullo.

DiscografiaEditar

Como Francesco Buzzurro Quartet
Francesco Buzzurro: violão; Mauro Schiavone: piano e teclas; Riccardo Lo Bue: baixo; Sebastiano Alioto: batteria

  • 1998 – Latinus (Teatro del Sole)
  • 2006 – Naxos (Mare Nostrum)

Como Francesco Buzzurro solo guitar

Prémios e condecoraçõesEditar

  • 2008: Prémio Efebo d'Oro como melhor trilha sonora para o filme Io ricordo, dos irmãos Muccino.
  • 2009: Prémio Groove Master Award [6] à Francesco Buzzurro, porque "...no assunto do groove e do contemporary jazz conseguiu oferecer uma nova visão musical, acrescentada com uma técnica única no mundo...".
  • 2009: Entrega à Francesco Buzzurro e Francesco Cafiso da Triquetra, prémio que a Administração Regional da Sicília entrega aos músicos sicilianos distinguidos no campo internacional.
  • 2010: Reconhecimento do Presidente da República Giorgio Napolitano para as músicas do documentário Io ricordo, para "... os sentimentos gerados...".[7]

Referências

  1. [1] Festival Internacional do Violão de Fiuggi]
  2. «Festival de musica de Siracusa» (em italiano). Siracusa News. Consultado em 20 de agosto de 2010. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  3. Musica Jazz, n. 48, janeiro de 2000
  4. «Cópia arquivada». Consultado em 17 de outubro de 2012. Arquivado do original em 23 de novembro de 2011 
  5. http://www.tgcom.mediaset.it/spettacolo/articoli/articolo467327.shtml
  6. Fabio Ciminiera (9 de maio de 2009). «Groove City: intervista a Gegé Telesforo» (em italiano). Jazz Convention. Consultado em 19 de outubro de 2012 
  7. www.televideoagrigento.net «Musica, premio per Francesco Buzzurro» Verifique valor |url= (ajuda) (em italiano). TVA - Tele Video Agrigento. Consultado em 19 de outubro de 2012 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.