Francesco Coccopalmerio

Francesco Coccopalmerio (San Giuliano Milanese, 6 de março de 1938) é um cardeal italiano e presidente emérito do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos no Vaticano.

Francesco Coccopalmerio
Cardeal da Santa Igreja Romana
Presidente-emérito do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos
Info/Prelado da Igreja Católica
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade eclesiástica
Diocese Diocese de Roma
Serviço pastoral Pontifício Conselho para os Textos Legislativos
Nomeação 15 de fevereiro de 2007
Predecessor Dom Julián Cardeal Herranz Casado
Sucessor Dom Filippo Iannone, O.Carm.
Mandato 2007 - 2018
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 28 de junho de 1962
Basílica de Santo Ambrósio
por Dom Giovanni Battista Enrico Antonio Maria Cardeal Montini
Nomeação episcopal 8 de abril de 1993
Ordenação episcopal 22 de maio de 1993
Catedral de Milão
por Dom Carlo Maria Cardeal Martini, S.J.
Nomeado arcebispo 15 de fevereiro de 2007
Cardinalato
Criação 18 de fevereiro de 2012
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-diácono (2012-2022)
Cardeal-presbítero (2022-)
Título São José dos Carpinteiros
Brasão
Lema JUSTUS UT PALMA FLOREBIT
Dados pessoais
Nascimento San Giuliano Milanese
6 de março de 1938 (85 anos)
Nacionalidade italiano
Funções exercidas -Bispo-auxiliar de Milão (1993-2007)
Títulos anteriores -Arcebispo-titular de Celiana (1993-2012)
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Biografia editar

Nasceu em San Giuliano Milanese em 6 de março de 1938 e entrou em Seminário em 1957, sendo ordenado padre em 28 de junho de 1962.[1][2]

Em 8 de abril de 1993 foi eleito bispo-auxiliar de Milão. Em 2007 passou ser nomeado, por Papa Bento XVI, presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos e elevado à dignidade de arcebispo.[1][2]

No dia 6 de janeiro de 2012 o Papa Bento XVI anunciou a sua criação como cardeal no Primeiro Consistório Ordinário Público de 2012,[3] realizado em 18 de fevereiro, em que recebeu o barrete cardinalício e o título de cardeal-diácono de São José dos Carpinteiros.[1][2][4]

Em 7 de abril de 2018, o Papa Francisco aceitou a sua renúncia ao cargo de presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos por motivo de limitação de idade.[1][2]

Em 4 de março de 2022, durante Consistório para canonizações, realizou o optatio e passou para a ordem dos cardeais-presbíteros, mantendo sua diaconia pro hac vice.[5]

Conclaves editar

Escândalo Sexual editar

Em junho de 2017, a polícia do Vaticano prendeu Luigi Capozzi, secretário de Coccopalmerio, por hospedar orgia homossexual no interior de um Palácio pertencente ao Vaticano, em que foram usadas drogas ilegais.[6] Coccopalmerio havia recomendado que Capozzi fosse elevado a bispo pelo Papa.[7]

Referências

  1. a b c d The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. a b c d Catholic Hierarchy
  3. «ANNUNCIO DI CONCISTORO PER LA CREAZIONE DI NUOVI CARDINALI, 06.01.2012» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé 
  4. «CONCISTORO ORDINARIO PUBBLICO PER LA CREAZIONE DI VENTIDUE NUOVI CARDINALI E PER IL VOTO SU ALCUNE CAUSE DI CANONIZZAZIONE (CONTINUAZIONE), 18.02.2012» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé 
  5. «Concistoro Ordinario Pubblico per il voto su alcune cause di Canonizzazione» (em italiano). Sala de Imprensa da Santa Sé, Concistoro Ordinario Pubblico per il voto su alcune cause di Canonizzazione, 04.03.2022 
  6. Rome, Philip Willan. «Clouds of scandal gather over Vatican after police break up gay orgy» (em inglês). ISSN 0140-0460. Consultado em 6 de março de 2021 
  7. Police Find Drugs in Raid of Vatican Apartment

Ligações externas editar

 
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Francesco Coccopalmerio
 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Francesco Coccopalmerio

Precedido por
Herberto Celso Angelo
 
Bispo-titular de Cœliana

19932007
Sucedido por
elevação arquiepiscopal
Precedido por
elevação arquiepiscopal
 
Arcebispo-titular de Cœliana

20072012
Sucedido por
Paul Robert Sanchez
Precedido por
Julián Herranz Casado
 
Presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos

20072018
Sucedido por
Filippo Iannone, O. Carm.
Precedido por
criação do titulus
 
Cardeal-presbítero de
São José dos Carpinteiros

2012
Até 2022, como cardeal-diácono
Sucedido por
incumbente