Francisco Belisário Soares de Sousa

Francisco Belisário Soares de Sousa (Itaboraí, 9 de novembro de 1839Rio de Janeiro, 24 de setembro de 1889) foi um jornalista, banqueiro e político brasileiro.

Francisco Belisário Soares de Sousa
Nascimento 9 de novembro de 1839
Itaboraí
Morte 24 de setembro de 1889 (49 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista

Foi diretor do Banco do Brasil, deputado provincial, deputado geral, ministro da Fazenda no Gabinete Cotegipe, conselheiro de Estado e senador do Império do Brasil de 1887 a 1889.

Quando ministro da fazenda, hipotecou seus escravos e fazendas ao Banco do Brasil, imediatamente antes da Abolição da Escravatura, escândalo denunciado por José do Patrocínio.[1]

Referências

  1. Raimundo Magalhães Júnior: A vida turbulenta de José do Patrocínio. Rio de Janeiro : Editora Sabiá, 1969. Página 209.

Ligações externasEditar


Precedido por
José Antônio Saraiva
Ministro da Fazenda do Brasil
1885 — 1888
Sucedido por
João Alfredo Correia de Oliveira


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.