Abrir menu principal

O gótico clássico é uma das quatro etapas estilísticas do gótico no campo arquitetônico.

Catedral de Notre Dame de Chartres.

O gótico é um estilo artístico europeu que se inicia no ano de 1140 e termina nas primeiras décadas do século XVI, segundo o pais em que se desenvolveu e o gótico clássico nasce no ano de 1194 com a Catedral de Chartres[1] e termina no ano de 1210 com a construção da Catedral de Reims. Foi praticada no campo da arquitetura religiosa e civil principalmente, embora também haja um grande número de obras como esculturas, murais, vidraças, manuscritos e em outras obras decorativas

O gótico foi empregado pelos artistas do renascimento, em tom depreciativo, para se referir à arte da idade média, que a consideravam de qualidade inferior e bárbara comparada com a arte clássica que se praticava na época. No século XIX foi revalorizado devido à movimentos românticos. O gótico apareceu logo após ao período românico, ao longo da Baixa Idade Média, e hoje em dia é considerado um dos movimentos mais importantes do ponto de vista artístico desenvolvido na Europa.

Os principais exemplos do gótico clássico são:

Referências

  1. «Arte Gótica». Consultado em 2 de Fevereiro de 2012 
  2. «Catedral de Amiens (1220-1236)». Consultado em 2 de Fevereiro de 2012 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.