Gabriele Gravina

Gabriele Gravina (Castellaneta, 5 de outubro de 1953[1]) é um dirigente desportivo italiano. Atualmente é presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC), cargo que ocupa desde 22 de outubro de 2018.[2]

Gabriele Gravina
Gravina em 2021.
Nascimento 5 de outubro de 1953 (68 anos)
Castellaneta, Itália
Nacionalidade italiano

Em 22 de dezembro de 2015, foi eleito presidente da Lega Italiana Calcio Professionistico – Lega Pro[nota 1] pela assembléia de clubes reunida em Florença, na segunda votação, com 31 votos contra 13 de Raffaele Pagnozzi e 7 de Paolo Marcheschi, como sucessor de Mario Macalli.[1][4][5] Foi reeleito para o cargo em 15 de novembro de 2016, com 55 votos, enquanto o adversário Alessandro Barilli recebeu apenas 3.[6] Em 26 de maio de 2017, foi eleito pelo Conselho Federal para o Comitê da FIGC, em decisão unânime para eleger um único representante para as ligas profissionais.[7]

Em 12 de janeiro de 2018, foi nomeado por unanimidade pela assembléia da Lega Pro como candidato para a presidência da FIGC,[8] renunciou ao cargo na Lega Pro em 16 de outubro,[9] e foi eleito presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC) em 22 de outubro com 97,2% dos votos.[2][10]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Notas e referências

Notas

  1. Entidade ligada a FIGC, que comanda o terceiro nível do futebol italiano, já foi chamada de Lega Nazionale Semiprofessionisti (1959–1981), Lega Nazionale Serie C (1981–1986) e Lega Professionisti Serie C (1986–2008) e desde 2008 usa a atual denominação: Lega Italiana Calcio Professionistico – Lega Pro.[3]

Referências

  1. a b «GABRIELE GRAVINA ELETTO PRESIDENTE DELLA LEGA PRO» (em italiano). Lega Pro. 22 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 9 de julho de 2016 
  2. a b «GABRIELE GRAVINA E' IL NUOVO PRESIDENTE FIGC: ELETTO AL PRIMO SCRUTINIO CON IL 97,20% DEI VOTI | LEGA PRO» (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  3. «ERA IL 19 GIUGNO 2008». Lega Pro. 19 de junho de 2012. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 5 de março de 2016 
  4. «La Lega Pro volta pagina: Gravina è il nuovo presidente». Repubblica.it (em italiano). 22 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  5. «Calcio, un abruzzese alla guida della Lega pro». Il Centro (em italiano). 22 de dezembro de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  6. «LEGA PRO – GRAVINA CONFERMATO PRESIDENTE CON 55 VOTI SU 59 | LEGA PRO» (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  7. «GABRIELE GRAVINA ELETTO NEL COMITATO DI PRESIDENZA FIGC | LEGA PRO» (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  8. «GABRIELE GRAVINA CANDIDATO ALL'UNANIMITÀ ALLA PRESIDENZA DELLA FIGC | LEGA PRO» (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  9. «Lega Pro, Gravina lascia: "Figc? Ho già idee in testa"». La Gazzetta dello Sport - Tutto il rosa della vita (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  10. «Figc, Gravina nuovo presidente: eletto con il 97,2% dei voti». La Gazzetta dello Sport - Tutto il rosa della vita (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 

Precedido por
Mario Macalli
Presidente da Lega Italiana Calcio Professionistico
22 de dezembro de 201516 de outubro de 2018
Sucedido por
Francesco Ghirelli
Precedido por
Roberto Fabbricini (comissário extraordinário)
Presidente da Federação Italiana de Futebol – FIGC
22 de outubro de 2018
Sucedido por
—————