Roberto Fabbricini

Roberto Fabbricini (Roma, 14 de julho de 1945) é um dirigente desportivo italiano.[1]

Roberto Fabbricini
Nascimento 14 de julho de 1945 (77 anos)
Roma; Roma; Itália
Nacionalidade italiano
Ocupação dirigente esportivo

Em 1972, ingressou no Comitê Olímpico Nacional Italiano (CONI, da sigla em italiano) e em 1973 para o Comitê de Preparação Olímpica. è dirigente do CONI desde 1984 e dirigente sênior desde 1994. Durante sua carreira como dirigente, participou de 15 edições dos Jogos Olímpicos (8 de de verão e 7 de inverno) e 9 edições dos Jogos do Mediterrâneo, além de ter sido chefe da delegação em cinco Olimpíadas. Entre os vários cargos desempenhados, foi secretário da Federação Italiana de Hóquei em 1978, vice-secretário da Federação Italiana de Atletismo (FIDAL, da sigla em italiano) de 1990 a 1992, vice-comissário da Federação Italiana de Natação de 1999 a 2000 e secretário-geral interino da FIDAL em 2001. De 2009 a 2012, foi diretor executivo da Federação Italiana de Beisebol e Softbol (FIBS, da sigla em italiano); a nível internacional, foi membro da comissão técnica dos Jogos do Mediterrâneo e da comissão dos "Jogos Olímpicos" do Comitê Olímpico Europeu. Em 2014, foi nomeado como regente do comitê regional do CONI Marche.[1][2][3]

Em 1 de fevereiro de 2018, o CONI, presidido por Giovanni Malagò, nomeou Fabbricini como o novo comissário extraordinário da Federação Italiana de Futebol (FIGC, da sigla em italiano).[4] Permaneceu no cargo até 22 de outubro do mesmo ano, quando foi sucedido pelo novo presidente eleito, Gabriele Gravina.[5]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Notas e referências

Notas

Referências

  1. a b «Roberto Fabbricini». FIGC (em inglês). Consultado em 30 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 16 de abril de 2018 
  2. Sport, Sky. «Chi è Roberto Fabbricini, nuovo commissario Figc». sport.sky.it (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  3. «Chi è Roberto Fabbricini, nuovo commissario della FIGC | Goal.com». www.goal.com (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  4. «Calcio, Fabbricini commissario straordinario della Figc, Malagò della Lega di A». Repubblica.it (em italiano). 1 de fevereiro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2018 
  5. «Figc, Gravina nuovo presidente: eletto con il 97,2% dei voti». La Gazzetta dello Sport - Tutto il rosa della vita (em italiano). Consultado em 30 de dezembro de 2018 

Precedido por
Carlo Tavecchio
Presidente da Federação Italiana de Futebol – FIGC
1 de fevereiro22 de outubro de 2018
Sucedido por
Gabriele Gravina