Gebran Sabbag

Gebran Sabbag (Rio Negro, 1932 - Curitiba, 12 de novembro de 2015) foi um compositor e pianista brasileiro[1]. Era irmão do prefeito de Curitiba Omar Sabbag.

Um dos pioneiros do jazz curitibano, foi autodidata[2] e trabalhou com Stellinha Egg, Waltel Branco[3], Isaurinha Garcia, Doris Monteiro, Pery Ribeiro, Elza Soares, Dalva de Oliveira, Vitor Assis Brasil, entre outros músicos, além de trabalhar nas rádios Guairacá e Rádio PRB2[4]. Montou o quinteto "Los Miserables del Ritmo" e o trio "Ludus Tertius".[5][6].

Sua principal composição é "Ludus", um Samba Jazz para piano[7].

Referências

  1. Secretário da Cultura lamenta morte de Gebran Sabbag Site Secretaria de Estado da Cultura (Paraná) - Consultado em janeiro de 2016
  2. Pianista ícone do jazz curitibano Site Jornal Folha de S. Paulo - Consultado em janeiro de 2016
  3. o pianista Gebran Sabbag mostra que, assim como Niemeyer, é preciso desafiar a velhice Tribuna do Paraná - Consultado em setembro de 2016
  4. Gebran Sabbag Site Tabloide Digital - Consultado em janeiro de 2016
  5. Ludus Site Academia - Consultado em janeiro de 2016
  6. O som da cidade ficou mais pobre – morreu Gebran Sabbag Site Adherbal Fortes de Sá Jr. - Consultado em janeiro de 2016
  7. Ludus – Gebran Sabbag ........(Samba Jazz) Site da Secretaria de Cultura do Estado do Paraná - Consultado em janeiro de 2016
  Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.