Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde abril de 2016). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Geraldo Pudim
Nascimento 8 de março de 1960 (59 anos)
Campos dos Goytacazes
Cidadania Brasil
Ocupação político

Geraldo Roberto Siqueira de Souza, mais conhecido como Geraldo Pudim (Campos dos Goytacazes, 8 de março de 1960) é um político brasileiro.

Índice

BiografiaEditar

Primeiros Anos, Educação e Trajetória PolíticaEditar

Começou a trabalhar aos 9 anos de idade vendendo salgados para ajudar no sustento do lar que era formado por seu pai Sr. Geraldo, sua mãe Dona. Zilda e seus 7 irmãos. Desde a infância sempre acreditou que o trabalho edificava o homem então transformou o trabalho em sua principal filosofia de vida.

Estudou  no Liceu de Humanidades de Campos e no Instituto Federal Fluminense, onde aderiu a uma formação técnica. Em 1984 foi para o Mato Grosso para trabalhar, retornou em 1985 para Campos, desenvolvendo atividades políticas .

Ingressou na política com um forte objetivo, de transformar a nossa cidade e dar dignidade ao nosso povo, então juntamente com diversos jovens, que em boa parte foram alunos do Liceu, formou o  Muda Campos.

Foi vereador em Campos dos Goytacazes, entre 1997 e 2000, líder do governo e vice-prefeito da mesma cidade na chapa de Dr. Arnaldo Vianna ambos do PDT entre 2001 e 2004.

Em 2004, foi candidato a prefeito de Campos dos Goytacazes, pelo PMDB, onde obteve 109.309 no 2º Turno. O PDT foi acusado de abuso de poder econômico e as eleições acabaram anuladas pelo TRE.Tendo a cidade novas eleições no ano de 2006.

Em 2006 Pudim foi eleito deputado federal, tendo sido o segundo deputado mais votado do estado, com 272.457 votos. Entre os trabalhos apresentados como deputado federal está a PEC 510 apresentada em agosto de 2010 e que taxa o ICMS dos derivados do petróleo na produção e não no consumo, medida essa que aumentaria a arrecadação dos estados e municípios produtores.[1]

Em 2010 Pudim foi candidato a deputado estadual. Obteve 24.492 votos e ficou com a suplência onde assumiu a vaga em janeiro de 2013.

Em 2014 foi eleito deputado estadual com 25.881 votos pelo PR. Em 2015 é eleito para o biênio 2015/2016 para a 1ª Secretaria da Alerj, cargo executivo responsável pela gestão administrativa do parlamento.

Em 2014, foi reeleito para a Legislatura 2015-2019, com 25.881 votos.[2] Em julho de 2015 rompe uma relação política de 30 anos com o ex-governador Anthony Garotinho por não concordar com a política praticada na administração do município de Campos dos Goytacazes administrada pela ex governadora Rosinha,[3] voltando para o PMDB.

Atividades PartidáriasEditar

Secretário Geral do PDT, 1988; Presidente, do Diretório Municipal do PMDB, em Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro; Coordenador da campanha política do candidato a Governador do PDT , Rio de Janeiro, RJ, 1998. Coordenador, da campanha política da candidata a governadora do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2002, com a vitória da mesma no primeiro turno.

Atividades Profissionais e Cargos PúblicosEditar

Vice-Prefeito, Prefeitura de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, RJ, 2001-2004; Vereador Titular, PDT, Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, RJ, 1998-2000; Vereador Suplente, PDT, Câmara Municipal de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, RJ, 1992-1994; Secretário Municipal de Serviços Públicos, Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, RJ, 1989; Presidente da Fundação Leão XIII, Campos dos Goytacazes, RJ, 1991; Secretário Municipal de Defesa do Consumidor, Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes, RJ, 1997; Secretário Municipal de Governo, 1998; Coordenadoria Regional da Fundação Leão XIII, no Governo Leonel Brizola; Secretário Executivo do PROCON, Campos,RJ. Secretário de Governo da Prefeitura de Campos dos Goytacazes.

Ligações externasEditar

Referências

  1. [1]
  2. TRE-RJ (18 de dezembro de 2014). «Resultado de votação por UF - RJ» (PDF). pp. 22 a 60. Consultado em 27 de dezembro de 2014. Cópia arquivada (PDF) em 27 de dezembro de 2014 
  3. [2]