Abrir menu principal
Giovanni Amendola
Nascimento 15 de abril de 1882
Salerno
Morte 7 de abril de 1926 (43 anos)
Cannes
Cidadania Reino de Itália
Filho(s) Giorgio Amendola, Pietro Amendola
Alma mater Universidade de Florença
Ocupação político, jornalista, filósofo

Giovanni Amendola (Salerno, 15 de abril de 1882Cannes, 7 de abril de 1926) foi um jornalista e político italiano, notável como um oponente do Fascismo.

Depois que se formou em filosofia, ele colaborou com alguns jornais, entre eles o Il Leonardo de Giovanni Papini e La voce de Giuseppe Prezzolini.

Depois disso, ele ocupou a cadeira de filosofia teórica na Universidade de Pisa.

Foi morto pelos fascistas a pauladas. Seu filho foi o político italiano Giorgio Amendola.

BiografiaEditar

  • Eva Kühn-Amendola: Vita con Giovanni Amendola, Parenti, Firenze 1960 (em italiano)

LiteraturaEditar

  • Giorgio Amendola: Una scelta di vita, Rizzoli, Milano, 1976 ISBN 88-17-12610-1 (em italiano)
  • Simona Colarizi: I democratici all'opposizione: Giovanni Amendola e l'Unione Nazionale (1922-1926), Il Mulino, Bologna, 1973 (em italiano)
  • Antonio Sarubbi: Il Mondo di Amendola e Cianca e il crollo delle istituzioni liberali (1922-1926), Milano, 1998 ISBN 978-88-4640-514-2 (1986, 1998) (em italiano)

Ligações externasEditar