Gisela de França

Gisela da França (em francês: Gisèle;[1] n. c. 908), por vezes referida como Gisla,[2] foi uma princesa francesa, filha do rei carolíngio Carlos, o Simples e de Frederuna, sua primeira esposa.[3] Segundo a tradição histórica normanda, após a batalha de Chartres em 911 seguiram-se negociações diplomáticas entre o rei e o líder normando Rollo, como parte do Tratado de Saint-Clair-sur-Epte. Os acordos firmados resultaram na cessão da Normandia para Rolão com o propósito de defender a Frância Ocidental de ataques viquingues, conversão daquele ao cristianismo e matrimônio com Gisela.[4]

Gisela da França
O casamento de Gisela e Rollo, em representação do século XIV.
Duquesa consorte da Normandia
 
Marido Rollo
Dinastia Carolíngia (por nascimento)
Normanda (por casamento)
Nascimento c. 908
Pai Carlos III de França
Mãe Frederuna

A existência da princesa bem como este casamento são controversos.[5] Carlos casou-se com Frederuna em 907, portanto sua filha teria no máximo cinco anos à época do acordo de paz.[6] Não existem evidências em documentos contemporâneos nem fontes independentes das normandas comprovando esta união[7][8] ou que mencionem Gisela.[9][10] De acordo com o historiador Eric Christiansen, os cronistas medievais compuseram a estória deste casamento e a princesa com base na união, realizada por intermédio do Imperador Carolíngio Carlos, o Gordo em 882, do chefe viquingue Godofredo com Gisela da Lotaríngia, filha do rei Lotário II.[11] Outros historiadores sugerem que ela era uma filha ilegítima[12] ou que casou-se enquanto criança.[13] Gisela não teve filhos.[14][15]


Referências

  1. Bouet, Pierre.Rollon: Le chef viking qui fonda la Normandie.Paris: Tallandier. 2016. p 107
  2. Hagger, Mark S. Norman Rule in Normandy, 911-1144. Boydell & Brewer, 2017.p 47
  3. Douglas, David Charles. Time and the hour: some collected papers of David C. Douglas. Eyre Methuen, 1977. p 138
  4. Neveux, François & Ruelle,Claire.A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. pp 62-64
  5. Hagger, Mark S. Norman Rule in Normandy, 911-1144. Boydell & Brewer, 2017.p 47
  6. Ferguson, Robert.The Hammer and the Cross: A New History of the Vikings. Penguin UK, 2009. Capítulo 9.
  7. Rowley, Trevor.The Normans.Tempus, 1999. p 23
  8. Chibnall, Marjorie.The Normans:The Peoples of Europe.John Wiley & Sons, 2008. p 12
  9. Aurell, Martin. Plantagenêts et Capétiens, confrontations et héritages. Volume 4 de Histoires de famille. Brepols, 2006. p 379. Editado por Noël-Yves Tonnerre
  10. Christiansen, Eric. Dudo of St Quentin: History of the Normans. Boydell & Brewer Ltd, 1998. p 195
  11. Christiansen, Eric. Dudo of St Quentin: History of the Normans. Boydell & Brewer Ltd, 1998. p 195
  12. Thomson, Rodney M; Winterbottom, Michael.Gesta Regum Anglorum: General introduction and commentary.Volume 2 de William of Malmesbury. Clarendon Press, 1998. p 86
  13. Neveux, François & Ruelle,Claire. A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. p 90
  14. Neveux,François & Ruelle,Claire.A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. p 90
  15. Crouch, David. The Normans: The History of a Dynasty. A&C Black, 2006. p 25