Abrir menu principal
Gisela de França
O casamento de Gisela e Rolão, em representação do século XIV.
Duquesa consorte da Normandia
 
Marido Rolão
Dinastia Carolíngia (por nascimento)
Normanda (por casamento)
Nascimento c. 908
Pai Carlos III de França
Mãe Frederuna

Gisela de França (em francês: Gisèle;[1] n. c. 908), por vezes referida como Gisla,[2] foi uma princesa francesa, filha do rei carolíngio Carlos, o Simples e de Frederuna, sua primeira esposa.[3] Segundo a tradição histórica normanda, após a batalha de Chartres em 911 seguiram-se negociações diplomáticas entre o rei e o líder normando Rolão, como parte do Tratado de Saint-Clair-sur-Epte. Os acordos firmados resultaram na cessão da Normandia para Rolão com o propósito de defender a Frância Ocidental de ataques viquingues, conversão daquele ao cristianismo e matrimônio com Gisela.[4]

A existência da princesa bem como este casamento são controversos.[5] Carlos casou-se com Frederuna em 907, portanto sua filha teria no máximo cinco anos à época do acordo de paz.[6] Não existem evidências em documentos contemporâneos nem fontes independentes das normandas comprovando esta união [7][8] ou que mencionem Gisela.[9][10] De acordo com o historiador Eric Christiansen, os cronistas medievais compuseram a estória deste casamento e a princesa com base na união, realizada por intermédio do Imperador Carolíngio Carlos, o Gordo em 882, do chefe viquingue Godofredo com Gisela da Lotaríngia, filha do rei Lotário II.[11] Outros historiadores sugerem que ela era uma filha ilegítima [12] ou que casou-se enquanto criança.[13] Gisela não teve filhos.[14][15]


Referências

  1. Bouet, Pierre.Rollon: Le chef viking qui fonda la Normandie.Paris: Tallandier. 2016. p 107
  2. Hagger, Mark S. Norman Rule in Normandy, 911-1144. Boydell & Brewer, 2017.p 47
  3. Douglas, David Charles. Time and the hour: some collected papers of David C. Douglas. Eyre Methuen, 1977. p 138
  4. Neveux, François & Ruelle,Claire.A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. pp 62-64
  5. Hagger, Mark S. Norman Rule in Normandy, 911-1144. Boydell & Brewer, 2017.p 47
  6. Ferguson, Robert.The Hammer and the Cross: A New History of the Vikings. Penguin UK, 2009. Capítulo 9.
  7. Rowley, Trevor.The Normans.Tempus, 1999. p 23
  8. Chibnall, Marjorie.The Normans:The Peoples of Europe.John Wiley & Sons, 2008. p 12
  9. Aurell, Martin. Plantagenêts et Capétiens, confrontations et héritages. Volume 4 de Histoires de famille. Brepols, 2006. p 379. Editado por Noël-Yves Tonnerre
  10. Christiansen, Eric. Dudo of St Quentin: History of the Normans. Boydell & Brewer Ltd, 1998. p 195
  11. Christiansen, Eric. Dudo of St Quentin: History of the Normans. Boydell & Brewer Ltd, 1998. p 195
  12. Thomson, Rodney M; Winterbottom, Michael.Gesta Regum Anglorum: General introduction and commentary.Volume 2 de William of Malmesbury. Clarendon Press, 1998. p 86
  13. Neveux, François & Ruelle,Claire. A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. p 90
  14. Neveux,François & Ruelle,Claire.A brief history of the Normans: the conquests that changed the face of Europe. Robinson, 2008. p 90
  15. Crouch, David. The Normans: The History of a Dynasty. A&C Black, 2006. p 25