Gonçalo Gonçalves de Palmeira

Gonçalo Gonçalves de Palmeira (c. 1170 -?) Foi um nobre da Baixa Idade Média, tendo vivido nos alvores do Reino de Portugal. É nesta figura histórica que se encontram as origens da família Lago.

Gonçalo Gonçalves de Palmeira
Rico-homem/Senhor
Nome completo Gonçalo Gonçalves de Palmeira
Nascimento c. 1170
Pai Gonçalo Rodrigues da Palmeira
Mãe Urraca Viegas de Ribadouro

É tido como bem feitor do Mosteiro de Santa Maria de Landim, que se localiza na freguesia de Landim, concelho de Vila Nova de Famalicão, distrito de Braga, em Portugal, e de que embora sejam escassas e contraditórias as informações sobre a sua fundação, esta é atribuída às datas de entre 1110 e 1128 e a D. Gonçalo Rodrigues da Palmeira, filho do conde Rodrigo Forjaz de Trastâmara, da linhagem da Casa de Trava, seu pai.

Relações familiaresEditar

Foi filho de Gonçalo Rodrigues da Palmeira (1130 - 1177)[1] mordomo-mor da rainha D. Teresa de Leão em 1114 e de Urraca Viegas, filha de Egas Moniz, o aio e da sua segunda esposa D. Teresa Afonso. Casou com Maria Pais de Toronho, filha de Paio Curvo de Toronho [2] e de Maria Garcia, de quem teve:

  1. Gomes Gonçalves do Lago, (c. 1230 -?) senhor feudal do Couto de Rendufe e da Domus fortis denominada Torre do Lago[3][4]. Casou com Teresa Gomes, (sendo as segundas nupcias da esposa, tendo esta sido casada com Vasco Raha) filha de Gomes Ansur e de Estevainha Pires da Nóbrega.
  2. Maria Gonçalves casada com Fernão Álvares de Castro.

Referências

  1. Portugal - Diconário Histórico.
  2. Manuel José da Costa Felgueiras Gayo, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989, vol. IV pág. 140 (Curvos)
  3. Manuel José da Costa Felgueiras Gaio, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989 -vol. VI-pg. 214 (Lagos)
  4. Cristovão Alão de Morais, Pedatura Lusitana - 6 vols. Carvalhos de Basto, 2ª Edição. Braga, 1997, vol. IV-pg. 500 (Cardosos)