Grace Paul

Grace J. Paul (nascida em 1901 - morreu depois de 1972) foi uma educadora cristã tamil do Sri Lanka. Ela foi directora de três escolas para meninas no Sri Lanka e membro fundador da Federação de Mulheres Universitárias do Ceilão em 1941.

JuventudeEditar

Paul nasceu em Jaffna, filha de pais cristãos tamil, Rev. Isaac Paul e Elizabeth Holsington Paul.[1] O seu avô, pai e tios eram pastores, ligados à Missão Ceilão Americana.[2] Ela formou-se no Seminário Uduvil e no Madras Christian College antes de ingressar no Mount Holyoke College em 1920.[3] Em Mount Holyoke, ela foi presidente do Cosmopolitan Club.[4] Ela formou-se em Mount Holyoke em 1924 e prosseguiu com os seus estudos no Teachers College, Columbia University.[5]

Enquanto estudante nos Estados Unidos, ela participou na 19ª Conferência das Sociedades Missionárias Estrangeiras de Mulheres em 1922, em Massachusetts.[6] Em 1924, ela falou no Quarto Congresso da Liga Internacional das Mulheres pela Paz e Liberdade em Washington.[7]

CarreiraEditar

Paul ensinava ciências na Uduvil Girls 'School e acabou por ser a directora do programa bilíngue da escola. De 1947 a 1955, ela foi directora da Girls 'High School, Kandy,[8] a primeira directora da escola no Sri Lanka.[9] De 1958 a 1964, foi directora da St. Paul's Girls School, Milagiriya. Ela era conhecida por exigir trabalho de laboratório nas suas aulas.[5]

Em 1941, ela foi membro fundador da Federação de Mulheres Universitárias do Ceilão, juntamente com Doreen Young Wickremasinghe, Hilda Kularatne, Susan George Pulimood, Marjorie Westrop e Clara Motwani. Ela foi a única fundadora nativa da organização e a sua primeira presidente do Sri Lanka, liderando a federação de 1944 a 1946 e de 1958 a 1959.[10]

Vida pessoalEditar

Em 1932, ela visitou um dos seus irmãos, o clérigo e educador Charles Blackshear Paul, em Singapura[11] e falou sobre as suas experiências nos Estados Unidos.[12] Ela sobreviveu ao seu irmão Charles quando ele morreu em 1973.[13]

Referências

  1. «Foreign Women Welcomed as Students Here». The Baltimore Sun. 29 de outubro de 1922. p. 105. Consultado em 30 de novembro de 2019 – via Newspapers.com 
  2. «Our Own Girls at Madras College». Life and Light for Woman. 49: 467–468. Novembro de 1919 
  3. "To Proclaim Release to the Captives" Life and Light 51(December 1921): 436. via Internet Archive
  4. «Cosmopolitan Club Formed by Girls at Mt. Holyoke». The Tampa Tribune. 7 de janeiro de 1923. p. 10. Consultado em 30 de novembro de 2019 – via Newspapers.com 
  5. a b «Grace Paul '24». Mount Holyoke College (em inglês). 14 de junho de 2013. Consultado em 30 de novembro de 2019 
  6. Butler, Clementina (outubro de 1922). «The Nineteenth Conference of Women's Foreign Missionary Societies». Record of Christian Work. 41: 672–673 
  7. Report of the fourth congress of the Women's international league for peace and freedom, Washington, May 1 to 7, 1924. Washington, U.S.A.: Women's international league, U.S. section; [etc., etc. [S.l.: s.n.] 1924. pp. 15–16 
  8. Paul, Grace J. (junho de 1958). «Christian Education in Ceylon». Journal of Christian Education (em inglês). os–1: 45–48. ISSN 0021-9657. doi:10.1177/002196575800100106 
  9. «Past Principals». Girls’ High School Kandy. Consultado em 1 de dezembro de 2019 
  10. «75 years of Sri Lanka Federation of University Women». The Island. 10 de setembro de 2016. Consultado em 30 de novembro de 2019 
  11. «Missionary Teacher in Singapore». Malaya Tribune. 10 de maio de 1932. p. 3. Consultado em 30 de novembro de 2019 – via Newspapers.com 
  12. «Experiences in America; Miss Paul Addresses Local Audience». Malaya Tribune. 12 de maio de 1932. p. 10. Consultado em 30 de novembro de 2019 – via NewspaperSG 
  13. «Rev. 'Julius Caesar' Dies, aged 77». The Straits Times. 4 de janeiro de 1973. p. 20. Consultado em 30 de novembro de 2019 – via NewspaperSG 

Ligações externasEditar