Abrir menu principal
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações (desde janeiro de 2016). Ajude a melhorar este artigo inserindo fontes.
Gracia Mendes
Nascimento 20 de junho de 1510
Lisboa
Morte 3 de novembro de 1569 (59 anos)
Constantinopla
Cidadania Portugal, Império Otomano
Ocupação banqueira, diplomata

Gracia Mendes ou Gracia Nassi, (1510-1569), conhecida também simplesmente como A Senhora(La Señora), foi uma empresária portuguesa, filantropa, protectora de outros portugueses de religião judaica que como ela fugiram de Portugal no século XVI. Gracia salvou centenas de cristãos-novos e marranos da morte e das perseguições anti-semitas. A sua benevolência para com os outros judeus sefarditas ficou especialmente patente em Antuérpia, para onde foi viver depois de deixar Lisboa. Cidades seguintes na sua fuga às perseguições que lhe foram movidas foram Veneza, Ferrara e finalmente Constantinopla.

LivrosEditar

  • Catherine Clément: A Senhora, Gracia Nasi e a saga dos judeus no século XVI. (Tradução de Maria do Rosário Mendes)
  • Andrée Aelion Brooks: The Woman Who Defied Kings. Paragon House 2002.

Ligações externasEditar