Granada Club de Fútbol

(Redirecionado de Granada CF)

O Granada Club de Fútbol, ou simplesmente Granada CF, é uma equipe espanhola de sociedade anônima da cidade de Granada, na Andaluzia. Seu acionista majoritário é o grupo chinês Desport e seu presidente é o chinês Jiang Lizhang. Como clube de futebol foi fundado em 14 de abril de 1931 com o nome de Club Recreativo Granada.

Granada
Granada CF
Nome Granada Club de Fútbol
Alcunhas El Graná
Rojiblancos Horizontales
Granadinistas
Rojiblancos
Principal rival Málaga
Fundação 14 de abril de 1931 (89 anos)
Estádio Nuevo Los Cármenes
Capacidade 22.524
Localização Granada, Espanha
Proprietário China Jian Lizhang
Presidente Espanha Quique Pina
Treinador Espanha Diego Martínez
Patrocinador França WINAMAX
Material (d)esportivo Estados Unidos Nike
Competição La Liga
Liga Europa
Website [1]
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

HistóriaEditar

Fundada em 1931, a equipe atualmente joga a Primeira Divisão Espanhola, se classificou para a Primeira Divisão Espanhola na última temporada ficando em segundo lugar da Segunda Divisão Espanhola e manda seus jogos no Estádio Nuevo Los Cármenes. Foi o 3º clube da Andaluzia a jogar a Primeira Divisão, na temporada 1941-1942, depois do Sevilla e do Real Betis.

O clube foi fundado em 14 de abril de 1931, originalmente como Recreativo de Granada e o seu primeiro presidente foi Julio López Fernández. A primeira partida de futebol foi jogada contra o Deportivo Jaén, que resultou em uma vitória por 2x1. O primeiro gol do jogo, e da história do clube, foi marcado por Antonio Bombillar. Na temporada 1931-32 ganhou a Regional Sul da Terceira Divisão.

Depois de várias promoções, em 1941-42 o clube fez sua estréia na La Liga. A partir daí, até os anos 80, alternava entre a categoria e a Segunda Divisião, com a sua década de ouro, que corresponde aos anos 70, que incluiu dois sextos lugares na Liga (1971-1972 e 1973-1974).

Em 1959 alcançou o seu maior feito, sendo vice-campeão da Copa del Generalísimo (mais tarde Copa del Rey). Na final, disputada no Estádio Santiago Bernabéu, a equipe perdeu para o Barcelona por 4x1.

Na década de 1980, o Granada teve alguns breves aparições na segunda divisão, mas passou a maior parte na Segunda División B, caindo para a Tercera División na temporada 2002-03, devido ao não-pagamento aos seus jogadores. Depois de cinco temporadas na Quarta Divisão, Lorenzo Sanz, ex-presidente do Real Madrid, juntamente com o seu filho Francisco Sanz, chegou ao clube. Com a ajuda deles, o clube da Andaluzia foi promovido para a Segunda División B.

Na temporada 2007-08, o time jogou o Grupo IV da Segunda División B.Dois anos depois, em julho de 2009, o clube estava em dificuldades financeiras, à beira da falência. A solução para a crise veio com a assinatura de um acordo de parceria com a equipe italiana da Udinese, assim os espanhóis pegariam emprestado um grande número de jogadores contratados pelo clube italiano, bem como receber seus jovens jogadores e reservas como parte do acordo. No final da temporada, venceu o seu grupo e, em seguida, foi promovido aos playoffs, retornando para a Segunda Divisão após 22 anos.

 
Deportivo de La Coruña vs. Granada CF.

Em 2010-11 terminou na quinta posição, com a maioria dos jogadores vindo por empréstimos da Udinese. No dia 18 de Junho de 2011, o clube se tornou o primeiro vencedor dos Playoffs do Acesso - um sistema diferente que foi utilizado entre as temporadas de 1985 a 1999 - após eliminar o Celta de Vigo nos pênaltis (o placar normal foi 1x1) e derrotar o Elche (1x1 no agregado, venceu pela regra dos gols marcados fora de casa), retornando à Primeira Divisão após uma ausência de 35 anos. Voltou a vencer o Real Madrid em 2 de fevereiro de 2013, Após 40 anos.

Na temporada 2019-20, conquistou um dos maiores feitos da sua história ao obter a vaga para Europa League. A conquista veio após terminar em sétimo lugar e se classificando pela primeira vez na história para disputar uma competição europeia.

ParticipaçõesEditar

  • Temporadas na 1ª Divisão: 24
  • Temporadas na 2ª Divisão: 33
  • Temporadas na 3ª Divisão: 22
  • Temporadas na 4ª Divisão: 5
  • Temporadas na Divisão Regional: 2

EstatísticasEditar

  • Melhor colocação na 1ª Divisão: 6º lugar (Temporadas 1971-1972 e 1973-1974)
  • Pior colocação na 1ª Divisão: 20º lugar (Temporada 2016-17)
  • Maior goleada na 1ª Divisão: Granada 8x0 Real Oviedo (Temporada 1941-42)
  • Maior goleada sofrida na 1ª Divisão: Real Madrid 9x1 Granada (Temporada 2014-15)
  • Mais partidas jogadas na 1ª Divisão: Pedro Fernández Cantero (170 partidas)
  • Jogador que vestiu a camisa do clube por mais vezes: Manuel Molina García (371 partidas)
  • Maior artilheiro da história do clube: Rafael Delgado González (97 gols)
  • Quem treinou o clube por mais vezes: José Iglesias (206 partidas)
  • Maior goleada da história do clube: Granada 11x0 Xerez
  • Maior artilheiro na 1ª divisão: Youssef El-Arabi (44 gols)

Títulos e outras campanhas de destaqueEditar

NacionaisEditar

RegionaisEditar

  • 1 Copa da Andaluzia: (1932/1933)
  • 1 Campeonato de reservas da Andaluzia: (1971/1972)

UniformesEditar

Uniformes atuaisEditar

  • Camisa listrada em vermelho e branco, calção azul e meias brancas;
  • Camisa azul, calção e meias azuis;
  • Camisa branca, calção e meias brancas.
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro

Uniformes anterioresEditar

  • 2018-19
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2017-18
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
  • 2016-17
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro
     
 
 
Primeira combinação
  • 2015-16
     
 
 
Primeiro
     
 
 
Segundo
     
 
 
Terceiro

Elenco atualEditar

Atualizado em 16 de fevereiro de 2020.

Goleiros
N.º Jogador
1   Rui Silva
13   Aarón Escandell
Defensores
N.º Jogador Pos.
5   José Antonio Martínez Z
6   Germán Sánchez Z
20   Jesús Vallejo Z
22   Domingos Duarte Z
'   Neyder Lozano Z
2   Dimitri Foulquier LD
16   Víctor Díaz LD
'   Quini Marín LD
3   Álex Martínez LE
11   İsmail Köybaşı LE
15   Carlos Neva LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
4   Maxime Gonalons V
8   Yan Eteki V
12   Ramón Azeez V
19   Ángel Montoro V
21   Yangel Herrera V
7   Álvaro Vadillo M
10   Antonio Puertas M
14   Fede Vico M
17   Gil Dias M
28   Isma Ruiz M
Atacantes
N.º Jogador
9   Roberto Soldado
18   Antonín Cortés
23   Darwin Machís
24   Carlos Fernández
Comissão técnica
Nome Pos.
  Diego Martínez T

Jogadores famososEditar

Treinadores famososEditar

Referências

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre clubes de futebol espanhóis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.