Grażyna Rabsztyn

atleta polaca
(Redirecionado de Grazyna Rabsztyn)
Grażyna Rabsztyn
campeã europeia indoor
Grażyna Rabsztyn
Atletismo
Modalidade 100 m barreiras
Nascimento 20 de setembro de 1952 (68 anos)
Breslávia, Polónia
Nacionalidade Polónia polaca
Compleição Peso: 63 kg; Altura: 1.72 m
Clube Burzy Wrocław / Gwardia Warszawa
Período em atividade 1970 - 1980
Medalhas
Campeonatos Europeus em Pista Coberta
Ouro Gotemburgo 1974 60 m barreiras
Ouro Katowice 1975 60 m barreiras
Ouro Munique 1976 60 m barreiras
Prata Milão 1978 60 m barreiras
Prata Viena 1979 60 m barreiras
Prata Sindelfingen 1980 60 m barreiras
Bronze Grenoble 1972 50 m barreiras
Taça do Mundo
Ouro Düsseldorf 1977 100 m barreiras
Ouro Montreal 1979 100 m barreiras
Campeonatos Europeus de Juniores
Ouro Paris 1970 100 m barreiras
Universíadas
Ouro Moscovo 1973 100 m barreiras
Ouro Roma 1975 100 m barreiras
Ouro Sófia 1977 100 m barreiras
Taça da Europa - Super-Liga
Prata Nice 1975 100 m barreiras
Prata Turim 1979 100 m barreiras

Grażyna Józefa Rabsztyn (Breslávia, 20 de setembro de 1952) é uma ex-atleta polaca, especialista em corridas de barreiras altas, que bateu por três vezes o recorde mundial dos 100 metros com barreiras.

CarreiraEditar

Medalhada de bronze nos 50 m barreiras, nos Campeonatos Europeus em Pista Coberta de 1972, em Grenoble, Rabsztyn consegue três títulos consecutivos entre 1974 e 1976, nos 60 m barreiras[1]. Na terceira dessas vitórias, consegue baixar a barreira dos 8 segundos, obtendo a marca de 7.96 s.

No dia 10 de junho de 1978, no meeting de Fürth, Rabsztyn melhora o recorde mundial dos 100 m barreiras, que pertencia à alemã oriental Annelie Ehrhardt com 12.59 s, realizando um tempo de 12.48 s. No ano seguinte, igualaria esta marca e, em 12 de junho de 1980, baixava o recorde para os 12.36 s[2], que a coloca ainda, passadas mais de três décadas, como a sétima atleta com melhor marca a nível mundial[3].

Apesar da qualidade das marcas obtidas ao longo da carreira, Rabsztyn nunca conseguiu uma medalha em Jogos Olímpicos, tendo, contudo, sido sempre finalista nas três edições em que participou: 8ª nos Jogos de Munique 1972, 5ª nos Jogos de Montreal 1976 e de novo 5ª nos Jogos de Moscovo 1980[4].

Grazyna é cunhada do ex-atleta alemão Harald Schmid e é irmã da também corredora de barreiras Elżbieta Rabsztyn, que foi medalhada de bronze nas Universíadas de 1981.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

Referências

  Este artigo sobre atleta é um esboço relacionado ao Projeto Desporto. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.