Greve agrária no Peru em 2020-2021

A greve agrária no Peru se refere a uma série de protestos que começaram no departamento de Ica, desde 30 de novembro de 2020, por agricultores que denunciam serem vítimas de abusos e más condições laborais. A estes, se juntaram os agricultores do departamento de La Libertad. Os trabalhadores solicitaram a revogação da Lei de Promoção Agrária, cuja vigência havia sido prorrogada no ano anterior, no governo do Presidente Martín Vizcarra, até 31 de dezembro de 2031.[12]

Greve agrária no Peru em 2020-2021
Parte da(o) Crise política no Peru de 2017-2021
Período 30 de novembro - 4 de dezembro de 2020[1]

21 de dezembro de 2020[2] - 17 de janeiro de 2021

Local  Peru
Resultado
  • Aprovação do projeto de Lei nº 5759 que propõe a revogação da Lei de Promoção Agrária.
  • Aprovação de um texto de substituição da antiga lei
Causas * Trabalhadores do agronegócio relatam ter sido vítimas de maus-tratos e más condições de trabalho.
Objetivos * Revogação da Lei de Promoção Agrária.
  • Melhoria das condições de trabalho no setor.
  • Uma nova lei agrária.
  • Uma Nova Reforma Agrária.
  • Alcançar a renúncia de Francisco Sagasti do cargo de presidente da Republica.[3]
Baixas
44 feridos[4] 12 mortos[5][6][7][8][9][10][11]

Os protestos pelos direitos dos trabalhadores agrícolas começam em 30 de novembro no departamento de Ica, uma localização importante para a agricultura no Peru.[13][14] Centenas de trabalhadores agrícolas entraram em greve e bloquearam a Rodovia Panamericana, principal artéria de transporte do país, entre Pisco e Ica, exigindo melhores condições de trabalho.[13][14]

A 2 de dezembro, a escassez de alguns produtos começa a ocorrer no departamento de Ica devido aos protestos agrários.[15] Vários caminhões carregados de mercadorias ficaram retidos na Rodovia Panamericana devido aos bloqueios.[14][15]

Em 3 de dezembro, fortes protestos ocorrem no Vale do Chao e no Vale de Virú perto de Trujillo, com a Unidade de Serviços Especiais da Polícia Nacional do Peru entrando na área para remover bloqueios de estradas e dispersar os manifestantes.[16] Um trabalhador agrícola que protestava em Virú foi morto após levar um tiro na cabeça.[17][18] Após o acontecido, foram feitos apelos para uma marcha nacional entre os peruanos para condenar sua morte e exigir direitos trabalhistas mais amplos, com um protesto sendo programado para ocorrer no dia seguinte, 4 de dezembro.[17]

Os manifestantes foram ouvidos pelo Conselho de Ministros, que em conversações com o Congresso, após vários dias aprovou o Projeto de Lei nº 5759[19] que revogava a Lei nº 27360.[20] Assim, no quinto dia da greve agrária, os manifestantes liberaram a rodovia Panamericana Sur.[21] Os protestos deixaram dois mortos.[22]

Em 21 de dezembro, um dia após os parlamentares do Congresso da República não terem chegado a um acordo para aprovar a nova lei agrária, os manifestantes assumiram o bloqueio da rodovia Panamericana Sur.[23] Os sindicatos agrícolas anunciaram que uma greve agrícola nacional será oficialmente realizada a partir de 29 de dezembro de 2020.[24] Desde o reinício da greve, foram registradas doze mortes, todas no departamento de La Libertad.[7][8][9][10][11]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Perú, Redacción El Comercio (4 de dezembro de 2020). «Paro agrario en Ica: manifestantes dieron pase a buses con madres, niños y ancianos». El Comercio Perú (em espanhol) 
  2. Peru21, Redacción (22 de dezembro de 2020). «Manifestantes vuelven al chantaje para exigir ley agraria a su medida». Peru21 (em espanhol) 
  3. «Ica: "Que Sagasti renuncie. No vamos a dar un paso atrás, así venga la policía", dice manifestante». RPP Noticias. 22 de dezembro de 2020 
  4. Perú, Redacción El Comercio (3 de dezembro de 2020). «Minsa: 44 personas resultaron heridas durante paro agrario en Ica y La Libertad». El Comercio Perú (em espanhol) 
  5. LR, Redacción. «Paro agrario: reportan un muerto durante protestas en La Libertad | LaRepublica.pe». larepublica_pe (em espanhol) 
  6. «Paro agrario: Tres muertos dejan las protestas por nueva ley agraria en Virú». Perú21. 1 de janeiro de 2021 
  7. a b «Paro agrario cobra tres vidas más 1». Expreso. 31 de dezembro de 2020 
  8. a b «Protesta en Virú: tres fallecidos, uno de 16 años, durante bloqueo de trabajadores agroindustriales en la Panamericana Norte». El Comercio. 30 de dezembro de 2020 
  9. a b «Paro agrario deja dos muertos y Sagasti vive horas complejas en Perú». La Tercera. 4 de dezembro de 2020 
  10. a b «La Libertad: confirman cuarta muerte a causa del bloqueo durante paro agrario». Gestión.pe. 2 de janeiro de 2021 
  11. a b «Doce muertos en paro agrario y una crisis latente en Virú». Diario Correo. 4 de janeiro de 2021 
  12. «Ica: ¿Qué exigen los trabajadores agroindustriales y cuál es la realidad en la que viven?». rpp.pe (em espanhol) 
  13. a b «Ministro peruano renuncia al gobierno interino tras cambio en la cúpula policial». Reuters (em espanhol). 2 de dezembro de 2020 
  14. a b c Flores, José (2 de dezembro de 2020). «Ica: Protestas de trabajadores agrarios llegan a su tercer día con bloqueos y diálogo frustrado con el Gobierno». RPP (Peru) (em espanhol) 
  15. a b «Ica: Reportan escasez y aumento en precio de pollo tras protestas | VIDEO | nnpp | PERU». Peru21 (em espanhol). 2 de dezembro de 2020 
  16. «Sagasti sobre manifestante fallecido en Lambayeque: Investigaremos qué sucedió». La República (em espanhol). 3 de dezembro de 2020 
  17. a b «Paro agrario: convocan hoy a marcha nacional por muerte de joven». La República (em espanhol). 3 de dezembro de 2020 
  18. «La Libertad: Muere un ciudadano durante protestas en Virú | PERU». Peru21 (em espanhol). 3 de dezembro de 2020 
  19. «Proyecto de Ley 5759» (PDF) 
  20. «Pleno del Congreso aprobó derogar la Ley de Promoción Agraria». rpp.pe (em espanhol) 
  21. «Paro agrario en Ica: manifestantes dieron pase a buses con madres, niños y ancianos». El Comercio Perú (em espanhol). 4 de dezembro de 2020 
  22. Rojas, Fernanda (4 de dezembro de 2020). «Paro agrario deja dos muertos y Sagasti vive horas complejas en Perú». La Tercera 
  23. Perú, Redacción El Comercio (21 de dezembro de 2020). «Ica: trabajadores agrarios retoman bloqueo de la Panamericana Sur tras no aprobarse nueva Ley Agraria». El Comercio Perú (em espanhol) 
  24. «Anuncian paro agrario nacional para este martes 29 de diciembre». Expreso (Perú) (em espanhol). 22 de dezembro de 2019