Guido Frederico João Pabst

botânico brasileiro

Guido Frederico João Pabst (19141980) foi um botânico brasileiro, graduou-se em Biologia em 1939. Natural de Porto Alegre. Taxônomo amador de orquídeas brasileiras, fundador do Herbarium Bradeanum, com muitos trabalhos publicados e mais de 180 espécies descritas [1][2].

Guido Frederico João Pabst
Nascimento 19 de setembro de 1914
Porto Alegre
Morte 27 de abril de 1980
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Ocupação botânico

Em sua brilhante carreira Pabst publicou inúmeros e valiosos trabalhos, e foi o responsável pela descrição de mais de 180 espécies. Com certeza sua obra mais reconhecida é Orchidaceae Brasilienses, publicada em 1975 e escrita em dois volumes. Esta obra foi elaborada por Pabst em conjunto com o também botânico brasileiro Gunther Friedrich Dungs (1915 – 1977), mais conhecido como Fritz Dungs.[3]

ReferênciasEditar

1. PABST, G.F.J.; DUNGS, F. Orchidaceae brasiliensis. v. 1. Hildeshein: Kurt Schmersow, 1975. 2. Abreviatura oficial e lista de nomes de plantas e fungos atribuídos a Guido Frederico João Pabst no The International Plant Names Index (IPNI) (em inglês). 3. https://orquideasjph.wordpress.com/


  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.