Hérmias de Atarneu

Hérmias foi um tirano de Atarneu, deposto por um estratagema traiçoeiro de Mentor de Rodes.

Hérmias de Atarneu
Nascimento século IV a.C.
Morte 341 a.C.
Residência Atarneu
Cidadania Atarneu
Filho(s) Pítia
Alma mater
Ocupação político, filósofo
Causa da morte crucificação

Hérmias, tirando de Atarneu, havia se revoltado contra Artaxerxes III, e este enviou seu general grego Mentor de Rodes para combatê-lo.[1] Mentor prometeu a Hérmias que conseguiria convencer o Rei a retirar as acusações contra ele, e, com esta mentira, o prendeu, removeu seu anel, e escreveu cartas às cidades fortificadas, dizendo que Hérmias havia feito um acordo de paz com os persas.[2] O povo das cidades, acreditando nas cartas, entregou as cidades e fortalezas aos persas.[3]

Referências

  1. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVI, 52.5
  2. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVI, 52.6
  3. Diodoro Sículo, Biblioteca Histórica, Livro XVI, 52.7