Abrir menu principal
Representação do Harém Imperial

O Harém Imperial (em turco: Harem-i Hümâyûn ) do Império Otomano, existente entre 1299 e 1923, era o harém do sultão otomano composto por esposas, servas (escravas e eunucos), parentes e concubinas de sultão, ocupando uma parte isolada da casa imperial otomana.[1] Esta instituição desempenhou uma importante função social dentro da corte otomana e demonstrou uma considerável autoridade política nos assuntos otomanos, especialmente durante o longo período conhecido como o Sultanato das Mulheres.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. "Harem." Merriam-webster.com. Merriam-Webster, Inc., n.d. Web. 23 de outubro de 2013.
  2. Iyigun, Murat (julho de 2013). «Lessons from the Ottoman Harem on Culture, Religion, and Wars». Economic Development and Cultural Change. 61 (4): 693–730. doi:10.1086/670376 

Ligações externasEditar