Abrir menu principal
Heath Herring
Heath Herring.png
Informações
Nascimento 2 de março de 1978 (41 anos)
Waco, Texas
Nacionalidade Americano
Outros nomes The Texas Crazy Horse
Altura 1.93 m
Peso 114 kg
Divisão Peso Pesado
Envergadura 198 cm
Luta por Las Vegas, Nevada, EUA
Equipe Golden Glory
Las Vegas Combat Club
Xtreme Couture
Treinador Cor Hemmers
Período em
atividade
1997-2008 (MMA)
Cartel nas artes marciais mistas
Total 43
Vitórias 28
Por nocaute 7
Por finalização 16
Por decisão 4
Por desqualificação 1
Derrotas 14
Por nocaute 4
Por finalização 2
Por decisão 8
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Heath Herring (Waco, 2 de março de 1978) é um ex-lutador americano de artes marciais mistas aposentado, ficou popular competindo na organização japonesa Pride FC e na americana Ultimate Fighting Championship.

BackgroundEditar

Herring nasceu em Waco, Texas e cresceu um Amarillo, Texas. Sua mãe é uma psicóloga que trabalha para o sistema carcerário do Texas e seu pai é um advogado que possui dois escritórios de advocacia diferentes. Herring foi a Amarillo High School e se destacou no futebol enquanto era perseguido pelo treinador de wrestling da escola para tentar wrestling. Herring inicialmente resistiu, mas em seu último ano, Herring começou no wrestling e se classificou como um dos dez melhores wrestlers no estado para o Campeonato Estadual. Logo depois, ele começou a praticar sambo. Herring começou a treinar para lutar artes marciais mistas quando ele se formou no colegial aos 18 anos, mas também continuou com sua carreira no futebol como ponta defensivo para na Divison II para a West Texas A&M University, apesar de ele não finalizar a faculdade.[1]

Carreira no MMAEditar

Pride Fighting ChampionshipsEditar

Herring é um veterano de longa data do Pride, onde ele fez 17 lutas.[2] Ele participou do primeira luta pelo Cinturão Peso Pesado do Pride na luta contra Antônio Rodrigo Nogueira, onde ele perdeu por decisão unânime. Apesar da derrota para Nogueira pelo título, ele foi considerado o candidato n°1 até sua derrota no primeiro round para Fedor Emelianenko. Herring ficou popular com o público japonês pelo seu estilo de cabelo único e as cores, também por um casaco de espanador e chapéu de cowboy durante sua entrada no ring.[3]

Ele deixou o Pride no fim de 2004 devido à disputas de gestão.

Beijo no New Year's EveEditar

Em 31 de Dezembro de 2005, Herring foi envolvido em um momento memorável do MMA durante o K-1's Dynamite 2005. Durante a encarada pré-luta, seu oponente, Yoshihiro Nakao, inclinou-se e o beijou. Herring reagiu, dando um cruzado de direita no queixo de Nakao, nocauteando-o. Herring foi imediatamente desqualificado e Nakao foi tirado do ring. Pouco tempo depois, um córner de Nakao atacou Herring e uma breve luta se seguiu. Os treinadores de Herring, Ricardo Pires e Sergio Penha[4] lutaram com os treinadores de Nakao antes dos seguranças pararem a luta. O resultado da luta foi mudado pelo K-1 de derrota por desqualificação de Herring para Sem Resultado, como os juízes do K-1 julgaram que o beijo de Nakao e posteriormente o nocaute de Herring ambos foram faltas.[5]

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Herring foi considerado um pistoleiro para movimentar a categoria dos pesados do UFC. Ele perdeu para Jake O'Brien por decisão unânime no UFC Fight Night: Evans vs. Salmon em sua estréia no UFC.

Em 7 de Abril de 2007, no UFC 69 Heath enfrentou o finalista do The Ultimate Fighter 2 nos pesados Brad Imes. Herring ganhou a luta por decisão unânime.

No UFC 73, Herring perdeu por decisão unânime para Antônio Rodrigo Nogueira, mas não sem antes acertar um chute de esquerda na cabeça de Nogueira no fim do primeiro round. Nogueira foi ao chão, visivelmente atordoado, mas Herring não foi pra cima e tentou finalizar a luta, optando por levantar-se logo após o chute e acenou para Nogueira se levantar também. O árbitro mandou Noguiera levantar após uma breve agitação no chão, dando a Herring a vantagem, mas Herring não foi capaz de finalizar a luta no primeiro round.

No UFC 82 Heath ganhou em uma decisão dividida contra o contender em ascensão Cheick Kongo. Enquanto ambos eram considerados strikers, a maioria da luta aconteceu no chão. Após a luta, Heath disse que ele não ficou feliz com a luta, ele queria dar aos fãs uma luta em pé e Kongo recusou trocar com ele. Herring também disse após a luta que ele não treinou para o jogo de chão.

Herring enfrentou Brock Lesnar no UFC 87 após Mark Coleman foi forçado a se retirar da luta devido a uma lesão no joelho.[6] A luta durou os 3 rounds e Lesnar foi declarado vencedor por decisão unânime. Herring levou um knockdown no começo do primeiro round com um direto de direita. De acordo com o perfil oficial de Heath Herring no Facebook em uma nota com o título "6 Meses para Descansar", Herring disse que havia quebrado o osso orbital no primeiro soco da luta. Herring era esperado para enfrentar Cain Velasquez no UFC 99, mas foi obrigado a se retirar da luta devido a uma doença não revelada.

Herring disse em Novembro de 2010 que ele queria lutar o mais cedo possível. Ele ainda tinha contrato com o UFC e esperava fazer se retorno.[7]

Em Setembro de 2011, respondendo a uma questão feita no Twitter, o presidente do UFC Dana White comentou que Herring "...se aposentou após a luta contra Lesnar".[8]

Herring assumiu o hobby de jogar poker desde sua aposentadoria no MMA.[9]

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 28–14 (1)   Brock Lesnar Decisão (unânime) UFC 87: Seek and Destroy 09/08/2008 3 5:00   Minneapolis, Minnesota
Vitória 28–13 (1)   Cheick Kongo Decisão (dividida) UFC 82: Pride of a Champion 01/03/2008 3 5:00   Columbus, Ohio
Derrota 27–13 (1)   Antônio Rodrigo Nogueira Decisão (unânime) UFC 73: Stacked 07/07/2007 3 5:00   Sacramento, California
Vitória 27–12 (1)   Brad Imes Decisão (unânime) UFC 69: Shootout 07/04/2007 3 5:00   Houston, Texas
Derrota 26–12 (1)   Jake O'Brien Decisão (unânime) UFC Fight Night: Evans vs. Salmon 25/01/2007 3 5:00   Hollywood, Florida
Vitória 26–11 (1)   Gary Goodridge Nocaute Técnico (socos) K-1 Hero's 4 15/03/2006 2 1:55   Tóquio
NC 25–11 (1)   Yoshihiro Nakao Sem Resultado (ambos cometeram faltas) K-1 Dynamite!!! 2005 31/12/2005 1 0:00   Osaka Herring nocauteou Nakao após ele beijá-lo durante a encarada.
Derrota 25–11   Sam Greco Nocaute Técnico (lesão no joelho) K-1 Hero's 1 26/03/2005 1 2:24   Saitama
Vitória 25–10   Hirotaka Yokoi Nocaute (joelhadas) Pride 28 21/10/2004 1 1:55   Saitama
Derrota 24–10   Antônio Rodrigo Nogueira Finalização (anaconda choke) Pride Critical Countdown 2004 20/06/2004 2 0:30   Saitama
Vitória 24–9   Yoshiki Takahashi Nocaute (socos) Pride Total Elimination 2004 25/04/2004 1 4:53   Saitama
Vitória 23–9   Gan McGee Decisão (dividida) Pride 27 01/02/2004 3 5:00   Osaka
Vitória 22–9   Giant Silva Finalização (mata leão) Pride Shockwave 2003 31/12/2003 3 0:35   Saitama
Vitória 21–9   Yoshihisa Yamamoto Finalização (mata leão) Pride Final Conflict 2003 09/11/2003 3 2:29   Tóquio
Derrota 20–9   Mirko Filipovic Nocaute Técnico (golpes) Pride 26 08/06/2003 1 3:17   Yokohama
Derrota 20–8   Fedor Emelianenko Nocaute Técnico (interrupção médica) Pride 23 24/11/2002 1 10:00   Tóquio
Vitória 20–7   Yuriy Kotchkine Nocaute Técnico (joelhadas) Pride 22 29/09/2002 1 7:31   Nagoya
Vitória 19–7   Igor Vovchanchyn Decisão (unânime) Pride 19 24/02/2002 3 5:00   Saitama
Derrota 18–7   Antônio Rodrigo Nogueira Decisão (unânime) Pride 17 03/11/2001 3 5:00   Tóquio Pelo Cinturão Peso Pesado do Pride.
Vitória 18–6   Mark Kerr Nocaute Técnico (joelhadas) Pride 15 29/07/2001 2 4:56   Saitama
Derrota 17–6   Vitor Belfort Decisão (unânime) Pride 14 27/05/2001 3 5:00   Yokohama
Vitória 17–5   Denis Sobolev Finalização (keylock) Pride 13 25/03/2001 1 0:22   Saitama
Vitória 16–5   Enson Inoue Nocaute Técnico (golpes) Pride 12 09/12/2000 1 4:52   Saitama
Vitória 15–5   Tom Erikson Finalização (mata leão) Pride 11 31/10/2000 1 6:17   Osaka
Vitória 14–5   Willie Peeters Finalização (mata leão) Pride 9 04/06/2000 1 0:48   Nagoya
Derrota 13–5   Ramazan Mezhidov Nocaute Técnico (corte) IAFC: Pankration World Championship 2000 Day 2 29/04/2000 1 4:55   Moscou
Vitória 13–4   Rene Rooze Desqualificação (excesso de faltas) 2 Hot 2 Handle 1 05/03/2000 1 3:20   Rotterdam
Vitória 12–4   Bob Schrijber Nocaute Técnico (socos) World Vale Tudo Championship 9 27/09/1999 1 2:19   Aruba
Vitória 11–4   Sean McCully Finalização (kimura) World Vale Tudo Championship 9 27/09/1999 1 0:43   Aruba
Vitória 10–4   Michael Tielrooy Finalização (keylock) World Vale Tudo Championship 9 27/09/1999 1 1:14   Aruba
Derrota 9–4   Bobby Hoffman Decisão (unânime) SuperBrawl 13 07/09/1999 2 5:00   Honolulu, Hawaii
Vitória 9–3   Rocky Batastini Finalização (mata leão) SuperBrawl 13 07/09/1999 1 1:00   Honolulu, Hawaii
Derrota 8–3   Alexandre Ferreira Decisão (dividida) World Vale Tudo Championship 8 01/07/1999 1 30:00   Aruba
Vitória 8–2   Kavkaz Soultanmagomedov Finalização (socos) World Vale Tudo Championship 8 01/07/1999 1 1:18   Aruba
Vitória 7–2   Erwin van den Steen Finalização (socos) World Vale Tudo Championship 8 01/07/1999 1 4:33   Aruba
Vitória 6–2   Gabe Beauperthy Finalização (chave de braço) Bas Rutten Invitational 3 01/06/1999 1 4:43   Colorado
Vitória 5–2   Hoss Carter Finalização (keylock) Bas Rutten Invitational 3 01/06/1999 1 1:07   Colorado
Derrota 4–2   Travis Fulton Decisão (unânime) Extreme Challenge 24 15/05/1999 1 12:00   Salt Lake City, Utah
Vitória 4–1   Phil Deason Finalização (keylock) WVF: Durango 17/04/1999 1 0:13   Durango, Colorado
Vitória 3–1   Nik Bickle Finalização (golpes) WVF: Durango 17/04/1999 1 0:32   Durang, Colorado
Vitória 2–1   Evan Tanner Finalização (mata leão) PSDA: PSDA 22/11/1997 1 8:20   Texas
Derrota 1–1   Evan Tanner Finalizaçã Verbal (cansaço) USWF 7: Unified Shoot Wrestling Federation 7 18/10/1997 1 6:19   Texas
Vitória 1–0   Chris Guillen Finalização (mata leão) USWF 4-Unified Shoot Wrestling Federation 4 12/04/1997 1 6:19   Amarillo, Texas

ReferênciasEditar