Henrique I, Duque de Brunsvique-Luneburgo

aristocrata alemão

Henrique do Meio, Duque de Brunsvique-Luneburgo (Lüneburg, 15 de Setembro de 146819 de Fevereiro de 1532) foi príncipe de Luneburgo entre 1486 e 1520.

Henrique
Duque de Brunsvique-Luneburgo
Reinado 19 de março de 1478
a 19 de fevereiro de 1532
Antecessor(a) Frederico II, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Sucessor(a) Ernesto I, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Oto I, Duque de Brunsvique-Harburgo
 
Esposa Margarida da Saxónia, Duquesa de Brunsvique-Luneburgo
Anna von Campe
Descendência Ana de Brunsvique-Luneburgo
Isabel de Brunsvique-Luneburgo
Oto I, Duque de Brunsvique-Harburgo
Ernesto I, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Apolónia de Brunsvique-Luneburgo
Ana de Brunsvique-Luneburgo
Francisco, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Casa Welf
Nascimento 15 de setembro de 1468
  Lüneburg, Ducado de Brunsvique-Luneburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Morte 19 de fevereiro de 1532 (63 anos)
  Wienhausen, Ducado de Brunsvique-Luneburgo, Sacro Império Romano-Germânico
Pai Oto V, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Mãe Ana de Nassau-Dillenburg

VidaEditar

Henrique de Brunsvique-Luneburgo, filho de Oto V, Duque de Brunswick-Lüneburg e da princesa Ana de Nassau-Dillenburg, nasceu em 1468. Em 1486, Henrique passou a controlar o governo de Luneburgo que estava num regime de regência liderado pela sua mãe desde a morte do seu avô, Frederico II, Duque de Brunsvique-Luneburgo.

O reinado de Henrique ficou marcado por complicações relacionadas com a Grande Disputa Diocesana. Henrique colocou-se do lado do bispo e contra os nobres de Hildesheim e os Welfs de Brunvique. Em 1519, Henrique saiu vitorioso da Batalha de Soltau, embora a intervenção do recém-eleito sacro-imperador Carlos V tenha transformado a batalha conseguida no campo de batalha numa derrota diplomática. Henrique ficou do lado francês durante a eleição, por isso passou a ser inimigo de Carlos V. Os dois filhos mais velhos de Henrique tornaram-se regentes do país e Henrique partiu para o exílio na corte do rei de França. 

Henrique regressou em 1527, no início da Reforma Protestante em Luneburgo, e tentou recuperar o controlo dos seus territórios para ajudar aqueles que se opunham à Reforma. A sua tentativa falhou e Henrique regressou à França em 1530. Passou os seus últimos anos de vida na casa principesca de Lüneberg, que lhe foi oferecida pelo seu filho mais velho. Após a morte da sua primeira esposa, a princesa Margarida da Saxónia, Henrique contraiu um casamento morganático com Anna von Campe. Foi enterrado na Abadia de Wienhausen onde ainda é possível visitar a sua sepultura nos dias de hoje.

DescendênciaEditar

Do seu casamento, Henrique teve os seguintes filhosː

  1. Ana de Brunsvique-Luneburgo (7 de Março de 1492 - 1500), morreu com cerca de oito anos de idade.
  2. Isabel de Brunsvique-Luneburgo (11 de Setembro de 1494 - 2 de Abril de 1572), casada com Carlos II, Duque de Gueldres; sem descendência.
  3. Oto I, Duque de Brunsvique-Harburgo (24 de Agosto de 1495 – 11 de Agosto de 1549), casou-se morganaticamente com Meta von Campe; com descendência.
  4. Ernesto I, Duque de Brunsvique-Luneburgo (27 de Junho de 1497 – 11 de Janeiro de 1546), casou-se com a princesa Sofia de Mecklemburgo-Schwerin
  5. Apolónia de Brunsvique-Luneburgo (8 de Março de 1499 - 31 de Agosto de 1571), tornou-se freira.
  6. Francisco, Duque de Brunsvique-Luneburgo (23 de Novembro de 1508 - 23 de Novembro de 1549), casou-se com a princesa Clara de Saxe-Lauemburgo; com descendência.

GenealogiaEditar

Os antepassados de Henrique I, Duque de Brunswick-Lüneburg em três gerações
Henrique I, Duque de Brunsvique-Luneburgo Pai:
Oto V, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Avô paterno:
Frederico II, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Bisavô paterno:
Bernardo I, Duque de Brunsvique-Luneburgo
Bisavó paterna:
Margarida da Saxónia (1429)
Avó paterna:
Madalena de Brandemburgo (1412–1454)
Bisavô paterno:
Frederico I, Eleitor de Brandemburgo
Bisavó paterna:
Isabel da Baviera, Eleitora de Brandemburgo
Mãe:
Ana de Nassau-Dillenburg
Avô materno:
João IV de Nassau
Bisavô materno:
Engelberto I de Nassau
Bisavó materna:
Johanna van Polanen
Avó materna:
Maria de Loon-Heinsberg
Bisavô materno:
João II de Loon
Bisavó materna:
Margarida de Solms-Braunfels

LiteraturaEditar

  • Ferdinand Spehr: Heinrich der Mittlere. In: Allgemeine Deutsche Biographie (ADB). Bd. 11, Leipzig 1880, S. 492–495.

ReferênciasEditar