Igreja da Atalaia

igreja em Atalaia, município de Vila Nova da Barquinha
Igreja da Atalaia
Igreja Matriz da Atalaia - Portugal (279271326).jpg
Apresentação
Tipo
Diocese
Estilo
Estatuto patrimonial
Monumento Nacional (d)Visualizar e editar dados no Wikidata
Localização
Endereço
Coordenadas

A Igreja da Atalaia, também referida como Igreja Paroquial de Atalaia ou Igreja de Nossa Senhora da Assunção, localiza-se na Atalaia (Vila Nova da Barquinha), distrito de Santarém, Portugal.[1]

Portal de entrada
Pormenor do portal

No estilo Manuelino, foi mandada construir pelo Conde de Cantanhede em 1528. A sua traça foi elaborada por João de Castilho, sendo os programas decorativos do portal principal e do arco cruzeiro da autoria de João de Ruão, naquela que é uma das primeiras obras feitas pelo mestre normando em Portugal. Tem o seu portal revestido com ornatos e medalhões de bustos humanos.

O cardeal-patriarca José Manuel da Câmara, falecido em 1758, tem o seu túmulo nesta igreja.

A Igreja da Atalaia está classificada como Monumento Nacional desde 1926.[1]

InteriorEditar

Nas laterais estão azulejos policromados, amarelos e azuis do século XVII.

Na parte alta estão 9 painéis, de 100cm x 90cm cada, incluindo a cercadura de cadeia. As cenas do Antigo Testamento figuram no topo das paredes, intercalando com as janelas que iluminam o templo. Estes painéis pretendem ilustrar os primeiros versículos do Livro do Génesis:

As naves laterais do templo são cobertas por 7 painéis com cenas do Novo Testamento:

Requalificação em 2021Editar

A igreja foi sujeita obras de intervenção que se iniciaram em maio de 2021. As principais intervenções foram requalificação estrutural do interior, a instalação elétrica do exterior e interior (com o objetivo de aumentar a eficiência energética), assim como a reabilitação dos pavimentos do adro. Com um custo de cerca de 370 mil euros, a obra foi cofinanciada a 85% pelos fundos comunitários.[2]

Monumento NacionalEditar

A igreja foi classificada como Monumento Nacional em 1926, pelo Decreto n.º 11 453, DG, I Série, n.º 35, de 19-02-1926.[3]

Referências

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Igreja da Atalaia

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.