Abrir menu principal

Inês da Boêmia (1269–1296)

Duquesa de Áustria
Inês
Princesa da Boêmia
Sinete de Inês.
Duquesa da Suábia
Reinado 128910 de maio de 1290
Antecessor(a) Isabel da Baviera
Sucessor(a) Título abolido
 
Cônjuge Rodolfo II da Áustria
Descendência João da Suábia
Casa Premislida (por nascimento)
Habsburgo (por casamento)
Nascimento 5 de setembro de 1269
Morte 17 de maio de 1296 (26 anos)
  Praga, República Checa
Enterro Convento da Ordem das Clarissas, Praga, República Checa
Pai Otacar II da Boêmia
Mãe Cunegundes da Eslavônia

Inês da Boêmia (em alemão: Agnes; 5 de setembro de 1269Praga, 17 de maio de 1296)[1][2] foi uma princesa da Boêmia por nascimento e duquesa consorte da Suábia pelo seu casamento com Rodolfo II da Áustria.

FamíliaEditar

Inês foi a segunda filha e terceira criança nascida do rei Otacar II da Boêmia, e de sua segunda esposa, Cunegundes da Eslavônia. Os seus avós paternos eram o rei Venceslau I da Boêmia e Cunegundes de Hohenstaufen. Os seus avós maternos eram Rostislau III da Novogárdia e a princesa Ana da Hungria, filha de Bela IV da Hungria.

Ela teve três irmãos, que eram: Henrique; Cunegundes, esposa do duque Boleslau II da Masóvia, e o rei Venceslau II da Boêmia, que foi casado com Judite de Habsburgo, e depois com Isabel Richilda da Polónia.

Inês também teve vários meio-irmãos ilegítimos por parte de pai com Agnes de Kuenring. Um deles era o duque Nicolau I de Troppau, marido de Adelaide de Habsburgo.

BiografiaEditar

 
Casamento de Inês e Rodolfo, em pintura do século XIX.

Em 1278, foi assinado o contrato de casamento da princesa Inês e Rodolfo, em Jihlava, na atual República Checa. Os dois se casaram em março de 1289, quando a noiva tinha dezenove anos, e o noivo, aproximadamente a mesma idade. Ele era filho do rei Rodolfo I da Germânia, que lutou contra o rei Otacar II na Batalha de Marchfeld, onde Otacar foi morto, e de sua primeira esposa, Gertrudes de Hohenberg.

O casal teve apenas um filho, João da Suábia, que assassinou o próprio tio, o rei Alberto I da Germânia.

Rodolfo II faleceu em 10 de maio de 1290, em Praga. Viúva, Inês passou a viver no Castelo Brugg, na Argóvia, na atual Suíça, até 1295.

Depois, tornou-se uma freira num convento da Ordem das Clarissas, em Praga, na Boêmia.

Ela faleceu em 17 de maio de 1296, com apenas 26 anos de idade, e foi sepultada no convento.

DescendênciaEditar

AscendênciaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Inês da Boêmia (1269–1296)

Referências