Abrir menu principal

O Instituto Liberal é uma organização sem fins lucrativos fundada pelo empresário Donald Stewart Jr. em janeiro de 1983[1] na cidade do Rio de Janeiro.[2]

Faz parte de uma rede de think tanks[3] cujo objetivo é difundir os valores liberais (livre iniciativa, propriedade privada, responsabilidade individual etc.) no Brasil.[1] Para isso, promove seminários, congressos e publicação de obras de grandes nomes,[2] como a tradução para o português de dois livros de Friedrich Hayek, O caminho da servidão e Direito, legislação e liberdade.

A organização é considerada um think tank do liberalismo e da nova direita no Brasil.[4][2][3]

Referências

  1. a b «"Instituto liberal"» (em inglês). econbiz.de. Consultado em 29 fevereiro 2013  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. a b c William R. Nylen (maio 1993). «"Selling Neoliberalism: Brazil's Instituto Liberal".» (requer pagamento). Journal of Latin American Studies / Volume 25 / Issue 02 (em inglês). Cambridge University Press. pp. 301–311. Consultado em 29 janeiro 2013 
  3. a b Onofre, Gabriel da Fonseca (2014). «A Nova Direita no Brasil: o caso dos Institutos Liberais brasileiros» (PDF). In: Beatriz Kushnir; et al. ANAIS XVI ENCONTRO REGIONAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-RIO: SABERES E PRÁTICAS CIENTÍFICAS. Rio de Janeiro: ANPUH-RIO. ISBN 978-85-65957-03-8. Consultado em 16 de dezembro de 2017 
  4. Gros, Denise B. (2004). «Institutos liberais, neoliberalismo e políticas públicas na Nova República». Revista Brasileira de Ciências Sociais. 19 (54): 143–159. ISSN 0102-6909. doi:10.1590/S0102-69092004000100009 

Ligações externasEditar


  Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.