Abrir menu principal

Instituto de Informática da Universidade Federal de Goiás

O Instituto de Informática (INF) é uma das Faculdades da Universidade Federal de Goiás, localizado no Campus II (Campus Samambaia), em Goiânia.

A Universidade Federal de Goiás tem se constituído uma instituição de referência no ensino e pesquisa em Computação e Informática no Estado de Goiás, desde a década de 70 com a criação do Departamento de Estatística e Informática (DEI). Em 1983, foi criado o curso de bacharelado em Ciência da Computação cuja primeira turma ingressou em 1984. O curso foi reconhecido através da portaria 431/88 do MEC.

A graduação em Ciência da Computação da UFG conquistou nota máxima no Conceito Preliminar de Curso (CPC), do Inep, e no ENADE, nas avaliações de 2005, 2008 e 2011 (o único da área com conceito 5 no ENADE no estado de Goiás). Em 2015, o curso de bacharelado em Engenharia de Software recebeu nota máxima na avaliação realizada pelo Ministério da Educação (MEC). [1]

Origem [2]Editar

Em 1996, o DEI (Departamento de Estatística e Informática) deu origem ao Instituto de Informática (INF), uma unidade autônoma da UFG, que visa buscar a excelência no ensino, na pesquisa e na extensão universitária na área de computação. Em 1998, o Instituto também passou a coordenar o Projeto Genesis no Estado de Goiás, e foi o responsável técnico pela instalação da Rede ATM na UFG (UFGNet). Graças ao êxito da UFGNet Goiânia foi um dos quatorze pólos nacionais de pesquisa do Projeto REMAV (Redes Metropolitanas de Alta Velocidade), projeto patrocinado pelo CNPq, que foi utilizado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, através da RNP (Rede Nacional de Ensino e Pesquisa), como ponto de partida para a ligação das instituições de pesquisa brasileiras à Internet 2.

Nos anos que se seguiram, além das atividades no bacharelado em Ciência da Computação, o INF passou a oferecer diversos cursos de especialização lato-sensu. Em 2004, foi criado o programa de Mestrado stricto sensu em Ciência da Computação com recomendação da CAPES, cujo principal objetivo é formar profissionais altamente capacitados para atuar na pesquisa, docência e desenvolvimento de tecnologias na área de Computação, adaptados às exigências da sociedade regional e do país.

O INF tem despendido um grande esforço nos últimos anos visando ampliar e capacitar o corpo docente, através da contratação de novos doutores e da liberação de professores mestres para cursar doutorado em universidades de renome, dentro e fora do país.

Além disso, vários projetos de pesquisa com financiamento foram ou estão sendo desenvolvidos e grupos de pesquisas permanentes foram criados. O espaço físico do INF foi expandido, permitindo a instalação de novos laboratórios de ensino e pesquisa. No mais, o acervo da Biblioteca Central da UFG é constantemente ampliado com a aquisição de livros atualizados sobre assuntos da área de computação.

Cursos de GraduaçãoEditar

Programas de Pós-graduaçãoEditar

Referências

Ligações externasEditar