Abrir menu principal
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Invasão britânica de Java
Guerras Napoleónicas
Java Locator.svg
Localização de Java no Sudeste Asiático
Data agosto e setembro de 1811
Local Java
Desfecho Java conquistada pelos britânicos
Beligerantes
Flag of the United Kingdom.svg Reino Unido
   30px|link= Companhia Britânica das Índias Orientais
boda França
   Índias Orientais Holandesas
Comandantes
Robert Stopford
Samuel Auchmuty
Rollo Gillespie
Jan Willem Janssens
Forças
12 000 17 000
Baixas
c. 1 000 c. 2 000
Gravura de Batávia, capital das Índias Orientais Holandesas, com a cidadela ao fundo

A invasão britânica de Java ou guerra anglo-holandesa de Java foi uma operação militar anfíbia vitoriosa do Reino Unido com o objetivo de tomar a ilha de Java, então parte das Índias Orientais Holandesas, que ocorreu em agosto e setembro de 1811 no decurso das Guerras Napoleónicas.

Java era uma colónia da República dos Países Baixos e permaneceu sob o controlo holandês ao ao longo as guerras revolucionárias francesas e Guerras Napoleónicas, durante as quais os franceses invadiram a república e estabeleceram a República Batava em 1795, a que se seguiu o Reino da Holanda em 1806, o qual foi formalmente anexado ao Primeiro Império Francês em 1810, o que fez com que Java passasse a ser formalmente uma colónia francesa, apesar da sua administração e defesa continuar a ser assegurada principalmente por holandeses.

Depois da queda das colónias francesas nas Índias Orientais em 1809 e 1810 e da campanha vitoriosa britânica contra as possessões francesas nas ilhas Mascarenhas entre 1809 e 1811, a atenção dos britânicos virou-se para as Índias Orientais Holandesas. Foi enviada uma expedição a partir da Índia em abril de 1811, ao mesmo tempo que uma pequena esquadra de fragatas foi encarregada de patrulhar as costas de Java, apresando navios e lançando fazendo assaltos anfíbios contra alvos vulneráveis.

As tropas desembarcaram a 4 de agosto e em 8 de agosto a cidade sem defesas de Batávia, capital das Índias Orientais Holandesas, capitulou. Os defensores retiraram para uma posição previamente fortificada, o Forte Cornelis (no que é hoje Jatinegara, um subúrbio de Jacarta), que foi cercado pelos britânicos e tomado na manhã de 26 de agosto. Os defensores que lograram escapar, uma mistura de tropas regulares holandesas e francesas com milícias nativas, retirou, sendo perseguida pelos britânicos. Uma série de assaltos anfíbios capturaram a maior parte dos redutos restantes e a cidade de Salatiga, em Java Central, rendeu-se a 16 de setembro. A ilha capitulou oficialmente a 18 de setembro e permaneceu sob controlo britânico durante o resto das Guerras Napoleónicas, tendo sido restituída aos holandeses nos termos do Tratado anglo-holandês de 1814.

Notas e bibliografiaEditar

  Este artigo sobre um conflito armado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.