Abrir menu principal

Isilda Maria Prazeres dos Santos Varges Gomes (Mido, 16 de setembro de 1951[1]) é uma política portuguesa, e foi a Governadora Civil do Distrito de Faro entre 1 de junho de 2007 e 14 de agosto de 2009, data em que abandonou o cargo por integrar as listas do PS à Assembleia da República nas eleições legislativas desse ano.

Regressou ao exercício das funções no Governo Civil de Faro a 27 de novembro de 2009 e desempenhou-as até 26 de abril de 2011, data em que foi novamente exonerada devido à incompatibilidade resultante de integrar as listas do PS à Assembleia da República nas eleições legislativas desse ano.[2]

Foi eleita Presidente da Câmara Municipal de Portimão a 29 de setembro de 2013, com maioria relativa (3 eleitos em 7), nas listas do PS; assegurou a maioria absoluta no executivo municipal através de uma coligação pós-eleitoral com o único eleito do PSD.[3] Nas eleições autárquicas de 1 de outubro de 2017 foi reeleita, agora com maioria absoluta.[4]

Referências

  1. «Algarve Primeiro». Emspublinet.com 
  2. «Governadora civil de Faro abandona cargo». tvi24.iol.pt. 26 de abril de 2011. Consultado em 16 de novembro de 2014 
  3. «Pedro Xavier (PSD) é o aliado de Isilda Gomes (PS) na Câmara de Portimão». sulinformacao.pt. 10 de outubro de 2013. Consultado em 16 de novembro de 2014 
  4. Rodrigues, Elisabete (2 de outubro de 2017). «Isilda Gomes (PS) garante maioria absoluta na Câmara de Portimão». sulinformacao.pt. Consultado em 18 de novembro de 2017 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.