Jakob Yngvason

Jakob Yngvason
Yngvason, Instituto de Pesquisas Matemáticas de Oberwolfach 2005
Nascimento 23 de novembro de 1945 (74 anos)
Reykjavík
Cidadania Islândia
Alma mater Universidade de Göttingen
Ocupação físico, professor universitário
Prêmios Prêmio Erwin Schrödinger
Empregador Universidade de Viena, Universidade da Islândia

Jakob Yngvason (Reykjavík, 23 de novembro de 1945) é um físico matemático islandês-austríaco.

Yngvason começou a estudar após o Abitur em Reykjavík em 1964 na Universidade de Göttingen, onde obteve em 1969 o diploma e um doutorado em 1973, orientado por Hans-Jürgen Borchers. Em seguida foi wissenschaftlicher Assistent em Göttingen, onde obteve em 1979 a habilitação. A partir de 1979 foi pesquisador (Senior Research Scientist) no Science Institute da Universidade da Islândia em Reykjavík, onde foi a partir de 1985 professor de física teórica. Em 1996 tornou-se professor ordinário da Universidade de Viena, onde aposentou-se em 2014. Em 1998–2003 foi presidente e em 2004–2011 diretor científico do Erwin-Schrödinger-Institut für Mathematische Physik em Viena. Foi pesquisador visitante dentre outras na Universidade Rutgers, nas Universidades de Göttingen e Leipzig, no Institut des Hautes Études Scientifiques (IHES), no Nordita, no Instituto Max Planck de Física em Munique e no DESY.

Yngvason trabalhou dentre outros com Elliott Lieb sobre os fundamentos matemáticos da termodinâmica (definição axiomática da entropia) e mecânica estatística (dentre outros o comportamento de materiais em campos magnéticos extremamente intensos como no interior de pulsares na estatística quântica).

Recebeu em 1993 o Prêmio Olafur Danielsson de Matemática, o Prêmio Levi L. Conant de 2002 da American Mathematical Society (com Elliott Lieb) e o Prêmio Erwin Schrödinger de 2004 da Academia Austríaca de Ciências. É membro da Societas Scientiarum Islandica e membro correspondente da Academia de Ciências de Göttingen e da Academia Real de Ciências da Dinamarca.

Dentre seus orientados de doutorado consta Robert Seiringer.

Yngvason (esquerda), Elliott Lieb e Seiringer (direita) no Instituto de Pesquisas Matemáticas de Oberwolfach 2004

PublicaçõesEditar

Ligações externasEditar