Abrir menu principal
James Cagney
Cagney, circa 1930
Nome completo James Francis Cagney Jr.
Nascimento 17 de julho de 1899
Nova Iorque
Morte 30 de março de 1986 (86 anos)
Stanford; Nova Iorque
Nacionalidade norte-americano
Parentesco
  • William Cagney (irmão)
  • Jeanne Cagney (irmã)
Cônjuge Frances Vernon
(c. 1965; morte dele 1986)
Filho(s) 2
Ocupação
Outras ocupações 6º Presidente do Screen Actors Guild (1942–1944)
Período de atividade 1919–1984
Causa da morte ataque cardíaco

James Francis Cagney Jr. (Nova Iorque, 17 de julho de 1899 — Stanford, 30 de março de 1986), foi um ator e dançarino norte-americano. Conhecido por suas performances consistentemente enérgicas, estilo vocal distinto e ritmo cômico, ele ganhou elogios e prêmios importantes por uma grande variedade de performances. Ele é lembrado por alguns por interpretar caras durões multifacetados em filmes como The Public Enemy (1931), Fúria Sanguinária (1949) e Angels with Dirty Faces (1938).

BiografiaEditar

Ele nasceu no bairro pobre de Yorkville, em Manhattan e trabalhou como office-boy, garçom e empacotador em uma loja de departamentos para custear seus estudos na Universidade de Columbia, que acabou abandonando em 1918 para se dedicar ao teatro.

Durante a década de 1920 atuou em várias companhias de revistas musicais, especialmente na Broadway e em Nova Orleans como dançarino, sapateador e ator. Foi na Broadway que ele encontrou Frances Willard Vernon, com quem se casou em 1922.

Descoberto pela Warner em "Penny Arcade", uma peça da Broadway, ele estreou nas telas em 1930 na fita "Sinner's holiday", uma versão cinematográfica da peça do mesmo nome.

Em 1942 ele fundou sua própria companhia produtora com seu irmão William e em 1957 estreou como diretor em "Short cut to hell". Foi presidente do Sindicato dos Atores entre 1942 e 1944, tendo sido também um dos seus fundadores.

Cagney não fumava e raramente bebia, mas se transformou no maior "durão" do cinema norte-americano e se especializou em papéis de gângsters.

Em 1961, após fazer um papel cômico em uma fita de Billy Wilder, Cagney se afastou do cinema após mais de 60 filmes e duas indicações para o Óscar pelos filmes "Anjos de cara suja" em 1938 e "Ama-me ou esquece-me" em 1955 e de ter conquistado o mesmo em 1942 por "A Canção da Vitória".

Ele retornaria às telas vinte anos depois, em 1980 para viver um chefe de polícia em "Ragtime", do diretor Milos Forman.

James Cagney morreu aos 86 anos vitimado por um ataque cardíaco enquanto dormia. Encontra-se sepultado em Gate of Heaven Cemetery, Hawthorne, Condado de Westchester, Nova Iorque nos Estados Unidos.[1]

FilmografiaEditar

 
Cena do trailer de "A canção da vitória"
 
James Cagney em White Heat

Referências

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator ou atriz de cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.