James Wyatt

James Wyatt (Weeford, 3 de agosto de 1746Marlborough, 4 de setembro de 1813) foi um arquiteto inglês, rival de Robert Adam no estilo neoclássico, e que ultrapassou Adam em sua obra no estilo neogótico. Wyatt era o arquiteto de moda entre a aristocracia da época, produzindo extensíssima obra, e entre 1796-1813 foi o Surveyor General and Comtroller of the Works do reino, cargo de diretor das obras do rei. Foi eleito membro da Royal Academy (RA) em 15 de de fevereiro de 1785 e nomeado presidente da mesma de 1805 a 1806.[1]

James Wyatt
Nascimento 3 de agosto de 1746
Weeford
Morte 4 de setembro de 1813 (67 anos)
Marlborough
Sepultamento Abadia de Westminster
Cidadania Reino Unido, Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda
Irmão(s) Samuel Wyatt
Ocupação arquiteto
Obras destacadas Palácio de Kew
Causa da morte queda de cavalo
Pantheon em Oxford Street, destruído
Fonthill Abbey, destruída

Em 1762 esteve em Itália, onde permaneceu seis anos, estudando em Veneza com Antonio Visentini. Regressado a Londres ficou famoso com o Panteão de Oxford Street (1770, destruído), um edifício destinado ao divertimento que constituía uma singular versão neoclássica da Basílica de Santa Sofia em Istambul.

Em breve realizaria muitíssimas obras e tornar-se-ia rival dos irmãos Adam. As obras de cariz neogótico e os restauros das catedrais inglesas ocuparam-lhe muitas encomendas. A Abadia de Fonthill (1796-1807, já demolida), uma casa de campo parecida com uma abadia, foi encomendada pelo excêntrico William Beckford. A sua Torre de Broadway (1797), de 17 metros construída em forma de castelo, exemplifica o estilo revivalista medieval que também era moda na altura.

Trabalhou nos restauros das catedrais de Salisbury, Durham e Hereford, com intervenções consistentes mas que lhe dariam a alcunha de "Wyatt, o destruidor".

Wyatt faleceu em consequência de um acidente de carruagem e está enterrado na Abadia de Westminster.[2]

Obras (selecionadas)Editar

Edifícios públicosEditar

IgrejasEditar

Casas de CampoEditar

Edifícios e jardinsEditar

Reformas em casa de CampoEditar

Referências

  • A Biographical Dictionary of English Architects, 1660-1840 por H. M. Colvin. Harvard, 1954, pp. 722 e seguintes

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.