Abrir menu principal
Jang Mi-ran
Jang em 2012
halterofilismo
Representante  Coreia do Sul
Nascimento 9 de outubro de 1983 (35 anos)
Wonju, Coreia do Sul
Nacionalidade Coreia do Sul sul-coreana
Compleição Peso: 116 kg Altura: 1,70 m[1]

Jang Mi-ran (em coreano: 장 미란 ; Wonju, 9 de outubro de 1983) é uma ex-halterofilista sul-coreana.

Jang sempre competiu na categoria acima de 75 kg e no campeonato mundial para juniores de 2001, em Tessalônica, ficou em terceiro lugar, com 250 kg no total combinado (110 no arranque e 140 no arremesso).[2]

Ela apareceu no campeonato mundial de 2002, para seniores/adultos, conseguiu um arremesso de 157,5 kg (terceira nesta prova), o que lhe garantiu o quinto lugar (272,5 kg no total).[3]

Em 2004, nos Jogos Olímpicos de Atenas, no embate com a chinesa Tang Gonghong, Jang acabou ficou com a prata (302,5 kg — 130+172,5) e Tang com o ouro, por ter conseguido um arremesso de 182,5 kg (305 kg no total), que foram recordes mundiais da categoria.[4][5]

No campeonato mundial de 2005, foi seu desempenho no arremesso que lhe garantiu dessa vez a vitória. Tinha conseguido 128 kg no arranque; a concorrente da China, Mu Shuangshuang, 130; esta conseguiu 170 no arremesso e Jang 172, tendo ambas finalizado com um total de 300 kg. Mas Jang Mi-ran era mais e, assim, conquistou o ouro.[3]

Nos campeonatos seguintes, de 2006 e 2007, houve algo semelhante à edição de 2005 só que com resultados maiores. Em 2006 Mu levantou 136 kg no arranque e 178 kg no arremesso; Jang 135 mais 179. No campeonato de 2007, Mu levantou 139 no arranque e 180, logo 319 kg no total, superando os recordes mundiais que Jang estabelecera em outra competição (138 no arranque e 318 no total); mas Jang, que levantou nesta ocasião 138 kg no arranque, conseguiu com um arremesso de 181 kg, igualar-se ao recorde mundial de Mu e tornar-se novamente campeã mundial.[3]

Nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008, levantou 140 kg no arranque (foi recorde mundial) e 183 kg no arremesso em sua segunda tentativa, superando o recorde antigo por Tang em 0,5 kg, já 323 no total combinado (novo recorde mundial) e em sua terceira tentativa no arremesso 186 kg, logo 326 no total combinado, superando seus próprios recordes. Também foram recordes olímpicos da categoria. Ela ficou com o ouro olímpico dessa vez, 49 kg a mais do que a segunda colocada, a ucraniana Olha Korobka.[6]

No mundial de 2009, conseguiu 136 kg no arranque, tendo ficado atrás da russa Tatiana Kachirina, com 138 kg, que finalizou com um total de 303 kg. Jang definiu novo recorde mundial no arremesso — 187 kg, ficando então com ouro.[7]

Em Antália, na edição do mundial de 2010, ficou com o bronze (309 kg — 130+179), atrás da chinesa Meng Suping (310 — 131+179) e de Kachirina (315 kg), que superou as marcas de Jang no arranque (141; depois 145 kg).[2]

Ganhou ouro nos Jogos Asiáticos de 2010, em Cantão e no campeonato asiático de 2012.[2][8] Nos Jogos Olímpicos de Londres ficou em quarto lugar (289 kg), mas com a desclassificação da armênia Hripsime Khurshudyan por doping em novembro de 2016, [9] herdou a medalha de bronze.[10]

Referências

  1. «Jang Mi Ran - biography» (em inglês). Consultado em 28 de novembro de 2010 
  2. a b c «Jang Mi Ran» (em alemão). www.iat.uni-leipzig.de. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  3. a b c Gottfried Schödl. «World Championships Seniors and statistics» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 20 de outubro de 2010 
  4. «Olympische Spiele 2004-08-15 Athen (GRE) +75,0 kg» (em alemão). www.iat.uni-leipzig.de. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  5. Gottfried Schödl. «IWF annual book 2007 and statistics» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  6. Gottfried Schödl. «IWF annual book 2008 and statistics» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  7. Gottfried Schödl. «IWF annual book 2009 and statistics» (PDF) (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 23 de outubro de 2010 
  8. «Jang Mi Ran» (em inglês). www.iwf.net. Consultado em 29 de abril de 2012 
  9. «IOC SANCTIONS 12 ATHLETES FOR FAILING ANTI-DOPING TEST AT LONDON 2012» (em inglês). Comitê Olímpico Internacional. 21 de novembro de 2016. Consultado em 18 de março de 2017 
  10. «Results by Events – XXX OLYMPIC GAMES» (em inglês). IWF. Consultado em 14 de dezembro de 2017