Abrir menu principal


Jaime Santana
Deputado federal pelo  Maranhão
Período 15 de março de 1983
31 de janeiro de 1999
Dados pessoais
Nascimento 19 de novembro de 1943 (75 anos)
São Luís, MA
Partido PSDB
Profissão Economista

Jaime Manoel Tavares Neiva de Santana (São Luís, 19 de novembro de 1943) é um economista e político brasileiro, filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB). Foi deputado federal pelo Maranhão por quatro mandatos.[nota 1]

BiografiaEditar

Filho de Pedro Santana e Enei Tavares Neiva de Santana. Economista formado pela Universidade Cândido Mendes com graduação também em Administração Universitária pela Universidade Federal de Santa Catarina e em Planejamento e Programação Orçamentária na Universidade Federal da Bahia, com curso de extensão em Economia pela Universidade da Flórida e em fundamentos de computadores para executivos da IBM. Assessor do pai na Secretaria de Fazenda do Maranhão, foi secretário da pasta na prefeitura de São Luís em 1968 na gestão Epitácio Cafeteira. Com a escolha de seu pai para governar o Maranhão pelo presidente Emílio Médici, foi Secretário de Fazenda e chefe da Casa Civil (1971-1975) e no governo Nunes Freire (1975-1979) foi diretor da Companhia de Águas e Esgotos do Maranhão.

Em 1982, foi eleito deputado federal pelo PDS e uma vez na Câmara dos Deputados votou a favor das Diretas Já e em Tancredo Neves para presidente da República. Com o fim do ciclo de governos militares, ingressou no PFL pelo qual disputou, e perdeu, a eleição para prefeito de São Luís em 1985 ante o triunfo de Gardênia Gonçalves. Reeleito deputado federal em 1986, incompatibilizou-se com a legenda em 1988 e foi um dos fundadores do PSDB[carece de fontes?] e por cuja legenda foi reeleito em 1990 e 1994, votando a favor do impeachment de Fernando Collor em 1992. Retirou-se da vida pública ao fim do mandato, retornando à mesma, como assessor especial do governador Jackson Lago.

Notas

  1. Foi eleito em 1982 (37.395 votos), 1986 (49.012 votos), 1990 (22.043 votos) e 1994 (22.092 votos).

Ligações externasEditar