Jerónimo Napoleão Carlos Bonaparte

Jerônimo Napoleão Carlos Bonaparte, Príncipe de Montfort (Triste, 24 de agosto de 1814 – Florença, 12 de maio de 1847) foi o filho de Jerônimo Bonaparte e sobrinho de Napoleão Bonaparte, Imperador dos Franceses.

Jerônimo Napoleão Carlos
Príncipe de Montfort
Príncipe Francês
Jerónimo Napoleão Carlos Bonaparte
Nascimento 24 de agosto de 1814
  Triste, Itália
Morte 12 de maio de 1847 (32 anos)
  Florença, Toscana
Casa Bonaparte
Pai Jerônimo Bonaparte
Mãe Catarina de Württemberg
Ocupação Militar
Religião Catolicismo

Biografia editar

 
Jerônimo Napoleão (centro), com seu irmão mais novo Napoleão José e sua irmã Matilde (esquerda).

Jerônimo Napoleão nasceu em Trieste, foi o primogênito de Jerônimo Bonaparte e de sua segunda esposa, a princesa Catarina de Württemberg. No ano anterior, seu pai havia sido deposto como rei de Vestfália, um reino criado para Jerônimo por seu irmão mais velho Napoleão Bonaparte. O avô materno de Jerônimo Napoleão, o rei Frederico I de Württemberg, dera ao genro e à filha o título de príncipe e princesa de Montfort, e Jerônimo Napoleão usou esse título de cortesia durante a maior parte de sua vida.

Desde 1832, Jerônimo Napoleão e sua família viviam na corte de seu tio materno, o rei Guilherme I de Württemberg. Ele estudou na academia militar de Ludwigsburg e serviu ao exército, alcançando as fileiras de Hauptmann (capitão) em 1834, major em 1840 e, finalmente, coronel.

No início da década de 1840, Jerônimo Napoleão conheceu o poeta Charles-Victor Prévost, Visconde de Arlincourt, que escreveu sobre o jovem príncipe:

De saúde precária desde a infância, em 1845, Jerônimo Napoleão pediu permissão para viajar para as águas termais de Vernet-les-Bains, mas o governo do rei Luís Filipe I recusou-se a deixá-lo entrar no território francês. Ele morreu solteiro e sem filhos, em Florença, em 1847, aos trinta e dois anos. Como então o filho mais velho e legítimo de Jerônimo Bonaparte, Jerônimo Napoleão havia herdado seus títulos e reivindicações, em decorrência de sua morte, seu irmão mais novo Napoleão José Carlos Paulo Bonaparte herdou seus títulos e reivindicações, e o filho deste, Napoleão Vítor Bonaparte, acabou se tornando chefe da Casa de Bonaparte.

Ancestrais editar

Referências

  1. Charles-Victor Prévot d'Arlincourt, Le Pèlerin, Paris, Dumont, 1842, pp. 233–234.

Bibliografia editar

  • Rheinischer Antiquarius, II, vol. 16, Coblence, 1869, p. 427.