João Anastácio Rosa

João Anastácio Rosa (Redondo, 1812 - Lisboa, 17 de Dezembro de 1884), conhecido por Rosa-Pai, foi um actor e escultor português do século XIX. Revelou grandes capacidade melodramáticas, em especial no drama "O Estudante de S. Ciro", onde participou no papel de um tirano. Atingiu o seu maior sucesso como actor, ensaista e decorador no drama bíblico A profecia ou a queda de Jerusalém. O sucesso foi tão grande que o governo lhe concedeu mesmo uma bolsa de estudo em França. Em 1866 reformou-se e passou a dedicar-se à caricatura. Como escultor foi o autor do busto de Almeida Garrett que se encontra patente no átrio do Teatro Nacional D. Maria II, em Lisboa.

João Anastácio Rosa
Nascimento 1812
Redondo
Morte 1884 (71–72 anos)
Lisboa
Cidadania Portugal
Filho(s) João Rosa, Augusto Rosa
Ocupação caricaturista, escultor, ator