João II do Congo

João II (Falecido em 1716) foi o manicongo (rei) do Reino do Congo em Lemba-Bula. Ele foi uma figura decisiva na guerra civil do reino do Congo.[1]

João II
Manicongo em Lemba-Bula
Pretendente Real
Rei de Bula
Reinado 1683 - 1716
Antecessor(a) Pedro III
Sucessor(a) Reino unificado
 
Nome completo Nzuzi a Ntamba

BiografiaEditar

João Nizuzi Antamba foi irmão e sucessor de Pedro III na região de Lemba-Bula. Ele herda as reivindicações á realeza congolesa. Ainda criança, quando seu irmão faleceu, sua mãe, Dona Potência assumiu o poder. João então esteve sob influência de sua irmão, Dona Helena. [2] João II toma o condado de Soyo de António III Barreto da Silva na região de Quiva, situada entre o rio Impozo. Em 1684, João II, reivindicando o trono, ataca Quibango e tentar conquistá-lo, mas é contido pelas forças de Garcia III. Ele então luta mais uma vez sem sucesso contra Álvaro X em Quibango.

Entre 1687 e 1688, João II teve de enfrentar as reivindicações de Sebastião II em Lemba. Este foi um reclamante ao governo de Lemba e que almejava a reunificação do Congo, de acordo com o missionário Girolamo Mérolla de Sorrento. [3]

João II foi fortemente apoiado como rei nas negociações de paz entre as candas em 1695. Entretanto ele se recusou a muitas das exigências, que incluíam a devolução de Quiva para o Condado de Soyo e ocupação e repovoação de São Salvador. Embora gozasse da simpatia e apoio da influente rainha Ana Afonso de Leão em Incondo, os eleitores se voltaram contra João após suas recusas e passaram a apoiar Pedro Afonso. Este último foi eleito rei em 1696 em São Salvador, mas teve de deixar a cidade no dia da coroação devido ao ataque de João II. Este último é solicitado por Dona Beatriz e os antonianos assumem a liderança, mas ele não dá seguimento ás suas propostas. [4]

Em 15 de fevereiro de 1709, Pedro IV, á frente de um exercito encontra as tropas de Pedro Constantino da Silva que é morto. Em seguida, o exercito de João II e Pedro IV se chocam em Bula. Pedro IV vence a batalha no dia de São Francisco. Os Água Rosada reunificam o Congo em 1709. João II se refugiou em Lemba, onde morreu sem nunca reconhecer o governo unificado em 1716. [5]

ReferênciasEditar

  1. Truhart, Peter (1984-). Regents of nations : systematic chronology of states and their political representatives in past and present : a biographical reference book = Regenten der Nationen : systematische Chronologie der Staaten und ihrer politischen Repräsentanten in Vergangenheit und Gegenwart : ein biographisches Nachschlagewerk. München: Saur. OCLC 12162315  Verifique data em: |data= (ajuda)
  2. Thornton, John K. (1998). Africa and Africans in the making of the Atlantic world, 1400-1800. John K. Thornton Second edition ed. Cambridge: Cambridge University Press. OCLC 817935777 
  3. Olivieri, Antonio Carlos (2015). «Linguagem, filosofia e exegese em duas obras de Santo Agostinho». Notandum (1). ISSN 1516-5477. doi:10.4025/notandum.40.09. Consultado em 9 de junho de 2021 
  4. «Michael Kelly». Routledge. 12 de novembro de 2012: 202–207. ISBN 978-0-203-95987-9. Consultado em 9 de junho de 2021 
  5. Thornton, John K. (2020). A history of West Central Africa to 1850. Cambridge, United Kingdom: [s.n.] OCLC 1122686306