Abrir menu principal

João de Médici (cardeal)

(Redirecionado de João de Cosmo I de Médici)
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja João de Médici.
João de Cosme I de Médici
Cardeal da Santa Igreja Romana
Administrador de Pisa
João com sua mãe, Leonor de Toledo, por Bronzino.
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Pisa
Nomeação 19 de junho de 1560
Predecessor Dom Scipione Cardeal Rebiba
Sucessor Dom Angelo Cardeal Nicolini
Mandato 1560 - 1562
Ordenação e nomeação
Cardinalato
Criação 31 de janeiro de 1560
por Papa Pio IV
Ordem Cardeal-diácono
Título Santa Maria em Domnica
Brasão
Coat Cardinal De Medici.svg
Dados pessoais
Nascimento Florença, Ducado de Florença
29 de setembro de 1543
Morte Livorno, Estados Papais
20 de novembro de 1562 (19 anos)
Nacionalidade Italiano
Progenitores Mãe: Leonor de Toledo
Pai: Cosme I de Médici
Sepultado Capela Médici, Florença
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

João de Cosme I de Médici (em italiano: Giovanni di Cosimo I de' Medici; (Florença, 29 de setembro de 1543Livorno, 20 de novembro de 1562), conhecido também como João de Médici, o Jovem, foi um cardeal italiano da Casa de Médici.

Primeiros anosEditar

João nasceu em Florença, segundo filho de Cosme I de Médici, o grão-duque da Toscana, e Leonor de Toledo. Enquanto seu irmão mais velho, Francisco I de Médici seguiu o pai na carreira militar e política, João estava destinado a seguir uma carreira eclesiástica.

Ainda muito jovem, foi retratado duas vezes por Agnolo Bronzino, a primeira vez ainda criança e outra alguns anos depois, junto com sua mãe (embora ainda haja um debate sobre a identidade do garoto, que pode ser Francisco).

Depois de ter sido arcebispo de Pisa, foi criado cardeal em Santa Maria in Domnica pelo papa Pio IV no consistório de 31 de janeiro de 1560, com apenas dezessete anos.

Provavelmente já doente de tuberculose, João morreu dois anos depois em Livorno de malária. Sua mãe e seu irmão Garcia (Garzia) morreram da mesma doença apenas alguns dias depois. Séculos depois, um mito surgiu afirmando que ele teria sido morto por Garcia depois de uma discussão em 1562. Este, por sua vez, teria sido morto por Cosme com sua própria espada. Porém, exames modernos no corpo exumado não revelaram sinais de violência e confirmaram que ambos morreram de malária em 1562.

Cosme teve um outro filho, também chamado João, que ficou conhecido como Dom João de Médici (1567–1621).

AscendênciaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre João de Médici (cardeal)