Abrir menu principal
Joaquim Vieira Ferreira
Nascimento 9 de fevereiro de 1841
Maranhão
Morte 17 de novembro de 1913 (72 anos)
Niterói
Nacionalidade Flag of Brazil.svg Brasileiro
Ocupação Engenharia

Joaquim Vieira Ferreira (Maranhão, 9 de fevereiro de 1841Niterói, 17 de novembro de 1913) foi um engenheiro brasileiro.

Casou em 5 de setembro de 1867 com Elisa Augusta Gomes do Val (Rio das Flores, 29 de julho de 1846 — Rio de Janeiro, 19 de julho de 1916), pianista, irmã do engenheiro João Gomes do Val.

Foi engenheiro da Estrada de Ferro D. Pedro II, da Estrada de Ferro Leopoldina e da Estrada de Ferro Rio das Flores.

De acordo com portaria do Ministério da Agricultura, Comércio e Obras Públicas, de 21 de novembro de 1876, indicando uma comissão com a tarefa específica de localizar e medir terras devolutas na região sul de Santa Catarina, fundou as colônias italianas de Azambuja e Urussanga.[1]

BibliografiaEditar

  • Vieira Ferreira, Fernando Luís: Azambuja e Urussanga. Memória sobre a fundação, pelo engenheiro Joaquim Vieira Ferreira, de uma colônia de imigrantes italianos em Santa Catarina. 2ª edição. Orleans : Gráfica do Lelo, 2001.

Referências

  1. Walter Zumblick: Este meu Tubarão ...! 2º Volume. Tubarão : Edição do autor. Março de 1976. Página 293.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre engenheiro(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.