Abrir menu principal
Joga 10
Informação geral
Formato
Duração 10 episódios
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Exibição
Emissora de televisão original TV Bandeirantes
Transmissão original 05 de Junho de 2005 12 de agosto de 2006

ref>terra.com.br/ Joga 10: Paixão pelo futebol é a aposta de programa que premia vencedor com estágio em equipe patrocinada pela Nike</ref>

N.º de temporadas 2
N.º de episódios 10
Cronologia
Joga Bonito (2006)
Programas relacionados Joga Bonito
O Menino de Ouro

Joga 10 foi um reality show esportivo brasileiro exibido pela Rede Bandeirantes, em parceria com a Nike e com a RGB[1]

O programa contou com a participação - como 8 - do então coordenador técnico da Seleção Brasileira, Zagallo, e dos ex-jogadores Dunga e Bebeto.[2]

O Joga 10 deu ao vencedor - Luan Andrade Santana - um estágio de 15 dias na categoria sub-15 do Corinthians (então patrocinado pela Nike).[3][2]

Índice

O programaEditar

Este Reality Show foi o primeiro projeto de conteúdo de futebol realizado pela Nike do Brasil, que procurou a Band por seu histórico de programação esportiva, e estabeleceu uma parceria com a emissora para a veiculação do programa, produzido pela RGB.[4] O objetivo foi selecionar um craque para vestir a camisa 10.[5]

De formato até então inédito no Brasil, o Joga 10 foi inspirado em um reality-show apresentado na Itália, chamado Campioni - Il sogno. Um dos competidores da produção italiana foi Diego Armando Júnior, filho do ex-jogador argentino Maradona. A maior diferença entre as duas edições é que a versão brasileira objetivou selecionar, exclusivamente, meninos que nunca tiveram espaço no meio esportivo.[6]

Assim, só puderam participar do programa meninos nascidos entre janeiro de 1990 e 10 de abril de 1991 (14 e 15 anos, portanto), não-federados, que estivessem estudando e que fossem capazes de jogar na posição de meio-campo.[7]

Zagallo, Dunga e Bebeto desenvolveram um circuito de avaliação baseados nos principais fundamentos do futebol. Foram eles: técnico, físico, tático e psicológico. Mais de 40.000 garotos de todo o Brasil se inscreveram, para realizarem o teste no Parque São Jorge em São Paulo. Apenas 43 garotos passaram para a 2° fase, e depois apenas 22 garotos seguiram para o Rio de Janeiro para um período de concentração, treinamentos, jogos e avaliações psicológicas.

Os 22 garotos entraram no campo de futebol para o grande teste, sendo observados sempre pelos 3 jurados. Foi durante o jogo que Thiago Ferrari, um dos participantes teve que ser afastado devido a uma contusão. Durante os jogos aqueles que não iam bem, eram eliminados durante o reality. Todos os dias os jurados conversavam sobre quem seriam os eliminados. Alguns dos meninos ficavam muito emocionados e tristes com a saída, porém 1 dos garotos eliminados alegou em revolta que as eliminações se davam apenas pelo comportamento dos garotos nas câmeras, e não pelo intuito do futebol.

Durante as semanas os garotos praticavam e aperfeiçoaram vários fundamentos do futebol, como: antecipação e domínio, condução de bola, passe, drible e chute a gol. Os jurados exigiam muito dos garotos, porém os meninos tinham momentos de lazer, como banhos de piscina, passeio na praia e jogos para se divertirem. Quando sobraram apenas 4 participantes, houve a surpresa presença do técnico Parrera nos treinamentos.

A final do programa contou com os jurados, e os 5 meninos restantes: Celso, Vinícius, Yuri , Gustavo e Luan. Dunga trouxe uma camiseta de futebol com o número 10 nas costas e um adesivo sob o nome do ganhador, e a entregou para Zagallo. Ele então retirou o adesivo e revelou o nome do vencedor: Luan. O Joga 10 deu ao vencedor - Luan Andrade Santana - um estágio de 15 dias na categoria sub-15 do Corinthians (então patrocinado pela Nike). Por um telão, Luan recebeu os parabéns de Ronaldinho Gaúcho, então melhor jogador do mundo. Luan ganhou uma camiseta do Corinthians e entrou em comemoração com os amigos.

VencedorEditar

O vencedor do programa foi Luan Andrade Santana. Ele derrotou Vinícius, Yuri , Celso e Gustavo na final. Por um telão, Luan recebeu os parabéns de Ronaldinho Gaúcho, então melhor jogador do mundo.[8]

Luan atualmente joga no Esporte Clube Madureira.

AudiênciaEditar

O programa teve boas médias de audiência para a emissora e para o Horário. No episódio 3,por exemplo, teve média de 5 pontos no Ibope, chegando a picos de 7 pontos.[9] Já o episódio final registrou 6 pontos de média de audiência, com picos de 9.[10]

CríticaEditar

O programa recebeu críticas quanto a premiação, que deu ao vencedor a oportunidade de um estágio de apenas 15 dias na categoria sub-15 de um clube patrocinado pela Nike do Brasil. A justificativa foi que esse espaço já seria o suficiente para abrir o mercado para os garotos.[11]

PolêmicaEditar

A justiça chegou a proibir o programa de ir ao ar após o ex-jogador do Fluminense e atual empresário Norberto Lemos entrar com uma petição alegando ter registrado o formato do programa em fevereiro daquele ano.[12] No dia 19 de Abril de 2005 a Justiça liberou a exibição do programa.[13]

Ver TambémEditar

Referências

  1. estrelando.com.br/
  2. a b esportes.terra.com.br/ Luxemburgo vira estrela de reality show
  3. odocumento.com.br/ Seletiva do Reality Show Joga 10 atrai dez mil pessoas
  4. areavip.com.br/ Reality show Joga 10 já conta com mais de 4 mil inscritos
  5. gazetadigital.com.br/ Arquivado em 3 de março de 2016, no Wayback Machine. Band organiza reality show
  6. gazetadigital.com.br/ Arquivado em 3 de março de 2016, no Wayback Machine. Esporte no reality-show da Band
  7. propmark.uol.com.br/[ligação inativa] Reality Show Joga 10 da Nike adia prazo final de inscrições
  8. band.uol.com.br/ Luan é o vencedor do Joga 10
  9. babado.ig.com.br/ Reality show Joga 10 alcança pico de 7 pontos
  10. estrelando.com.br/ Reality: Final do Joga 10 registra boa audiência
  11. dgabc.com.br/[ligação inativa] Reality show da Band quer revelar craque do futebol
  12. opolvo.com.br/ Justiça proíbe o reality show “Joga 10”
  13. folha.uol.com.br/ Band estréia reality show "Joga 10" no dia 5 de junho

Links ExternosEditar