Abrir menu principal

Jogos Olímpicos de Verão da Juventude

Os Jogos Olímpicos de Verão da Juventude são um evento multidesportivo realizado de 4 em 4 anos (nos anos das Olimpíadas de Inverno seniores),[1] normalmente nos meses de Verão do hemisfério Norte (Julho-Agosto). Tal como os Jogos Olímpicos de Verão, consistem em provas de vários desportos de verão, ainda que num número menos reduzido de modalidades e com novas abordagens.[2]

Jogos Olímpicos da Juventude
Olympic flag.svg
Movimento Olímpico
Comitê Olímpico Internacional
Comitê Olímpico Nacional
Federações Esportivas Internacionais
Quadro de medalhas
Carta Olímpica

Índice

Cidades-sedeEditar

A primeira cidade-sede dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude foi Singapura, no país com o mesmo nome. A cidade-sede dos próximos jogos será Buenos Aires.

EdiçõesEditar


Edições dos Jogos Olímpicos de Verão da Juventude
Ano País Cidade-sede Estádio principal Nº de Desportos Nº de Disciplinas
2010   Singapura Singapura Marina Bay 26 29
2014   China Nanquim Estádio do Centro de Desportos de Nanquim 26 28
2018   Argentina Buenos Aires Estádio Monumental de Núñez TBA TBA
2022[3][4] TBA TBA

ParticipaçãoEditar

Estão elegíveis a participar os atletas com idades entre 15 e 18 anos no dia 31 de Dezembro do ano dos Jogos, que cumpram as condições de qualificação da federação desportiva do respectivo desporto. Nos Jogos de Verão participam cerca de 3.800 atletas de 204 Comités Olímpicos Nacionais (CONs).[5]

DesportosEditar

Em 2014, foram disputados 26 desportos[6] e 28 disciplinas.[7] Há algumas alterações face ao programa das Olimpíadas de Verão seniores,[2] como o basquetebol 3x3, o desafio de habilidades no basquetebol ou provas de géneros mistos.[8] Em 2018, chegarão novos desportos e modalidades: atletismo corta-mato, BMX freestyle, kitesurf e andebol de praia.[9] Abaixo, os desportos previstos para Buenos Aires 2018.[9][10]

Nota 1: Na modalidade 3 por 3 (3-on-3);

Nota 2: Existem provas combinadas de BMX, ciclismo de montanha e ciclismo de estrada; estreia do BMX freestyle;

Nota 3: Ginástica artística, ginástica rítmica e ginástica de trampolim.

Quadro de medalhasEditar

Até ao momento, 97 países participantes conquistaram medalhas. Equipas mistas (com elementos de vários países) também já ganharam medalhas.

O quadroEditar

O quadro de medalhas está classificado de acordo com o número de medalhas de ouro, estando as medalhas de prata e bronze como critérios de desempate em caso de países com o mesmo número de ouros. O Comitê Olímpico Internacional não reconhece a existência de um quadro de medalhas, alegando que isso cria uma competição entre os países, o que não é o objetivo dos Jogos.[11]

Estão adicionadas as medalhas conquistadas por equipes de diferentes Comitês Olímpicos Nacionais (ZZX), o que é permitido em alguns eventos dos Jogos Olímpicos da Juventude.

     Países que já sediaram ou estão confirmados como futura sede destacados.
 Ordem  País        
1  CHN China 30 16 5 51
2  RUS Rússia 18 14 11 43
3  KOR Coreia do Sul 11 4 4 19
4  UKR Ucrânia 9 9 15 33
 IOC Equipes internacionais 9 8 11 28
5  CUB Cuba 9 3 2 14
6  AUS Austrália 8 13 8 29
7  JPN Japão 8 5 3 16
8  HUN Hungria 6 4 5 15
9  FRA França 6 2 7 15
10  ITA Itália 5 9 5 19
11  AZE Azerbaijão 5 3   8
12  GER Alemanha 4 9 9 22
13  USA Estados Unidos 4 9 8 21
14  THA Tailândia 4 3   7
15  ISR Israel 3 2   5
16  CAN Canadá 3 1 8 12
17  GBR Grã-Bretanha 3 1 5 9
18  KEN Quênia 3   3 6
19  LTU Lituânia 3   1 4
20  RSA África do Sul 2 4 3 9
21  BRA Brasil 2 3 1 6
22  COL Colômbia 2 3   5
 ETH Etiópia 2 3   5
24  KAZ Cazaquistão 2 2 2 6
 EGY Egito 2 2 2 6
26  IRI Irã 2 2 1 5
27  BEL Bélgica 2 1 2 5
28  SWE Suécia 2   3 5
29  NGR Nigéria 2   2 4
30  BUL Bulgária 2   1 3
 SLO Eslovênia 2   1 3
32  MGL Mongólia 2     2
33  ESP Espanha 1 4 6 11
34  ROU Romênia 1 4 2 7
35  TUR Turquia 1 3 6 10
36  CZE República Checa 1 2 3 6
37  ARG Argentina 1 2 2 5
38  NZL Nova Zelândia 1 2 1 4
 NED Países Baixos 1 2 1 4
40  PRK Coreia do Norte 1 1 3 5
41  VIE Vietnã 1 1 2 4
42  CRO Croácia 1 1 1 3
 DEN Dinamarca 1 1 1 3
 SRB Sérvia 1 1 1 3
45  POL Polônia 1   5 6
46  AUT Áustria 1   3 4
47  KGZ Quirguistão 1   2 3
48  ERI Eritreia 1   1 2
 DOM República Dominicana 1   1 2
50  BOL Bolívia 1     1
 CHI Chile 1     1
 IRL Irlanda 1     1
 ISV Ilhas Virgens Americanas 1     1
 JAM Jamaica 1     1
 PUR Porto Rico 1     1
 TRI Trinidad e Tobago 1     1
 URU Uruguai 1     1
58  IND Índia   6 2 8
59  BLR Bielorrússia   4 1 5
60  TPE Taipé Chinês   3   3
61  UZB Uzbequistão   2 5 7
62  SIN Singapura   2 4 6
63  SVK Eslováquia   2 3 5
 VEN Venezuela   2 3 5
65  MAS Malásia   2   2
66  MEX México   1 5 6
67  ARM Armênia   1 3 4
 GRE Grécia   1 3 4
69  SUI Suíça   1 2 3
70  JOR Jordânia   1 1 2
 MDA Moldávia   1 1 2
 POR Portugal   1 1 2
 TJK Tajiquistão   1 1 2
74  BAH Bahamas   1   1
 CYP Chipre   1   1
 ECU Equador   1   1
 GEQ Guiné Equatorial   1   1
 HAI Haiti   1   1
 HKG Hong Kong   1   1
 NRU Nauru   1   1
 PAK Paquistão   1   1
 QAT Catar   1   1
83  FIN Finlândia     2 2
84  AHO Antilhas Neerlandesas     1 1
 KSA Arábia Saudita     1 1
 BIH Bósnia e Herzegovina     1 1
 CAM Camboja     1 1
 GEO Geórgia     1 1
 GUA Guatemala     1 1
 INA Indonésia     1 1
 KUW Kuwait     1 1
 LAT Letônia     1 1
 LIB Líbano     1 1
 MAR Marrocos     1 1
 NOR Noruega     1 1
 PER Peru     1 1
 TKM Turcomenistão     1 1
 UGA Uganda     1 1
TOTAL 202 199 221 622


Ver tambémEditar


Referências

  1. «The Youth Olympic Games vision and principles» (PDF) (em inglês). COI. 25 de junho de 2014. 3 páginas. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 21 de outubro de 2014 
  2. a b «Youth Olympic Games» (em inglês). Lillehammer 2016. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2015 
  3. «IOC President Thomas Bach reports on the Youth Olympic Games 2022». IOC. 4 de fevereiro de 2018. Consultado em 30 de julho de 2018. the Executive Board wants these youth Olympic Games 2022 to take place in Africa. Therefore the EB decided today to propose to the session to make the african continent a strong priority ... 
  4. «132nd International Olympic Committee Session: Day two». insidethegames.biz. 7 de fevereiro de 2018. Consultado em 30 de julho de 2018 
  5. «The Youth Olympic Games vision and principles» (PDF) (em inglês). COI. 25 de junho de 2014. 2 páginas. Consultado em 26 de agosto de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 21 de outubro de 2014 
  6. «Nanjing will host the 2014 Summer Youth Olympic Games» (em inglês). European Olympic Comittees. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Arquivado do original em 1 de setembro de 2015 
  7. «Nanjing curtain-raiser sets the stage for the 2014 Youth Olympic Games» (em inglês). Comité Olímpico Internacional (COI). 16 de Agosto de 2014. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 8 de dezembro de 2014. (...) whose athletes will be competing in all 28 disciplines at Nanjing 2014. 
  8. Swiss Olympic. «Nanjing 2014 Youth Olympic Games- Sports Program and Summary of Qualification Systems» (PDF) (em inglês). Swiss Olympic. Consultado em 3 de agosto de 2014 
  9. a b Nick Butler (24 de Agosto de 2015). «Buenos Aires 2018 set to become first fully gender-equal Olympic Games» (em inglês). InsidetheGames. Consultado em 31 de Agosto de 2015. Cópia arquivada em 31 de agosto de 2015 
  10. «Buenos Aires 2018 - Dossier de Candidatura» (PDF) (em inglês). Buenos Aires 2018. 21 páginas. Consultado em 21 de Agosto de 2015. Cópia arquivada (PDF) em 21 de agosto de 2015 
  11. «A Medal Count That Adds Up To Little» (em inglês). The New York Times. 18 de agosto de 2008. Consultado em 3 de março de 2010