Jorge Cramez

argumentista português

Jorge Cramez (Angola, 23 de abril de 1963)[1] é um cineasta português.

Jorge Cramez
Nascimento 23 de abril de 1963 (60 anos)
Angola
Nacionalidade Portugal Português
Ocupação Realizador

Licenciou-se em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa em 1988. Concluiu o estágio na Cinemateca Portuguesa e frequentou o curso de Cinema, na área de Montagem, na Escola Superior de Teatro e Cinema (1991-94). Foi colaborador do Jornal de Letras, na sua secção de cinema.[2]

Trabalha como anotador e assistente de realização, tendo colaborado com João César Monteiro, João Mário Grilo, José Álvaro Morais, Werner Schroeter, Joaquim Leitão - Adão e Eva (1995) - e Luís Filipe Rocha. A sua primeira longa-metragem, O Capacete Dourado, marcou presença na Competição Internacional do Festival de Cinema de Locarno, em 2007.[2]

Filmografia editar

  • Amor Amor (2018)
  • Na Escola, curta metragem (2010)
  • O Capacete Dourado (2007)
  • Nunca Estou Onde Pensas Que Estou (2005)
  • Venus Velvet (2002)
  • Erros Meus (2000)
  • Desvio (1996)

Referências

  Este artigo sobre um(a) cineasta é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.