Abrir menu principal
José Athayde
Nome completo José Carlos Franco da Silva de Ataíde
Nascimento 5 de outubro de 1934[1]
Leiria, Leiria, Portugal
Morte 15 de junho de 2017 (82 anos)[2]
Lisboa, Portugal
Nacionalidade Português
Profissão Cavaleiro Tauromáquico; Equitador

José Carlos Franco da Silva de Athayde (Leiria, 5 de outubro de 1934Lisboa, 15 de junho de 2017) foi um equitador e cavaleiro tauromáquico português.

BiografiaEditar

José Athayde começou a montar a cavalo em criança, sendo ensinado por José Tanganho a partir do ano de 1947. Após completar o curso da Escola de Regentes Agrícolas de Santarém, passou a montar com Fernando Sommer d'Andrade. Já a partir dos 1950, prosseguiu a sua formação com o mestre Nuno Oliveira e o Dr. Ruy de Andrade, que conheceu, respetivamente, em 1950 e em 1953.[2]

Entretanto, a par do seu percurso na disciplina da equitação, José Athayde fez também um percurso como cavaleiro tauromáquico. A sua carreira nas arenas, apesar de breve, foi intensa e reconhecida. Depois de debutar em público na Praça de Touros da Figueira da Foz, em 1950, seria, na condição de cavaleiro amador, o mais solicitado nas praças portuguesas, nas temporadas de 1952 e 1953.[1]

Exibindo-se por diversas vezes em parelha com Luís Athayde,[3] seu irmão mais velho,[4] tomou com este a alternativa de cavaleiro tauromáquico, na Monumental do Campo Pequeno, a 22 de junho de 1955, tendo como padrinho o célebre Simão da Veiga.

Durante os anos de cavaleiro tauromáquico terá ensinado cerca de 50 cavalos exclusivamente para o toureio.[2] Também integrou os cartéis inaugurais das praças de touros de Santarém, Alter do Chão e de Idanha-a-Nova.[2]

Retirado das lides tauromáquicas, prosseguiu a sua carreira como equitador, consolidando o seu percurso como discípulo de Nuno Oliveira,[5] bebe deste mestre preciosos ensinamentos na disciplina da equitação, ao acompanhá-lo como ajudante de picadeiro, na Quinta dos Arcos e no Picadeiro da Legião Nacional, à Alameda das Linhas de Torres.

Já na década de 1960 José Athayde virá a prestar provas publicas para equitador do Quadro da Direção-Geral de Pecuária, tomando posse como equitador da Coudelaria de Alter-Real.[2]

Aí empenha-se na reorganização do sistema de desbaste e ensino, bem como à reorganização do sistema de provas morfo-funcionais das éguas e garanhões, contribuindo no fundo para a criação de uma base que, anos mais tarde, e seguindo o sonho de várias gerações de equitadores, tornará possível o surgimento da Escola Portuguesa de Arte Equestre.[2]

No ano de 1979 (re)nasce finalmente a Escola Portuguesa de Arte Equestre, sendo José Athayde mestre picador chefe e diretor. Por essa razão regressa a Lisboa e, paralelamente, inicia a actividade de juiz de ensino e de treinador de cavaleiros de ensino.[6]

FamíliaEditar

Filho segundo de Luís da Silva de Ataíde (Leiria, , 22/23 de Outubro de 1909 - Leiria, , 21 de Fevereiro de 1985), 5.° neto duma Espanhola, 8.° neto do 14.° Senhor de la Higuera de Vargas e 9.° neto da 6.ª Marquesa de Espinardo, e de sua mulher (Leiria, Leiria, Sé de Leiria, 8 de Junho de 1929) Maria Fernanda de Almeida Lopes Franco (Leiria, , 8 de Março de 1909 - Lisboa, Campo Grande, 17 de Março de 1981), sobrinha-neta do 1.° Visconde de Palma de Almeida e 1.° Conde de Palma de Almeida.

Era cunhado do escultor Charters de Almeida.[carece de fontes?]

Referências

  1. a b «Alter homenageia D. José de Athayde». Equisport. 31 de março de 2010. Consultado em 26 de outubro de 2014 
  2. a b c d e f «Faleceu D.José de Athayde». equitacao.com. 16 de junho de 2017. Consultado em 18 de junho de 2017 
  3. «Boletim Tauromáquico». Linhas de Elvas. 25 de março de 2010. Consultado em 26 de outubro de 2014. Arquivado do original em 26 de outubro de 2014 
  4. «Famílias de Leiria». Famílias de Leiria. Consultado em 26 de outubro de 2014 
  5. «Homenagem a D. José de Athayde». Equitação. Consultado em 26 de dezembro de 2014 
  6. «Homenagem a D. José de Athayde». Equitação. Consultado em 26 de dezembro de 2014 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.