Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Joule.
Joules
Joules logo.jpg

Joules Kingston-upon-Thames.jpg
Loja Joules em Kingston upon Thames
Atividade Varejo
Fundação 1989
Fundador(es) Tom Joule
Sede Market Harborough, Reino Unido
Área(s) servida(s)  Estados Unidos
 Alemanha
Reino Unido
Presidente Neil McCausland (presidente não executivo)
Pessoas-chave Colin Porter (CEO)
Marc Dench (diretor financeiro)
David Stead (diretor não executivo sênior)
Jill Little (diretor não-executivo independente)
Empregados 1.405
Produtos roupas, calçados,
acessórios,
produtos para o lar
Subsidiárias Little Joule
Baby Joule
Website oficial joules.com

Joules é uma empresa britânica de moda que vende roupas, calçados, acessórios e produtos para o lar inspirados nos estilos de vida do país britânico.[1]

A empresa tem uma presença nacional de 99 lojas de varejo em todo o Reino Unido.[2] Os produtos Joules estão disponíveis para compra on-line, através de catálogos de venda e por revendedores de atacado.[3]

Desde 2000, a Joules abriu lojas emblemáticas em Norwich, Cheltenham e York, bem como em destinos de férias costeiras em toda a Grã-Bretanha, como St. Ives, Southwold, Burnham Market e Salcombe.[4] Desde então, a marca se expandiu no exterior com vendas particularmente bem-sucedidas na Alemanha e nos Estados Unidos.[5]

HistóriaEditar

Originalmente criada como Joule & Sons em 1977 por Ian Joule, a empresa foi assumida por Tom Joule em 1989.[6] Em 1994, a Joule & Sons foi nomeada Joules, na época, Tom vendia produtos de outras marcas em feiras.[7] Em março de 1999, Tom vendeu a primeira camisa sob a marca Joules em sua própria barraca na feira.[8]

Em setembro de 2000, Tom abriu a primeira loja Joules em Market Harborough, Leicestershire.[9] Com o surto de febre aftosa em 2001, quase todos os eventos que Tom Joule pretendia realizar foram cancelados.[10] Então, ele decidiu levar as roupas da Joules diretamente aos varejistas que até colaboraram para tornar a marca extensamente disponível e popular.[11] Tom também criou catálogos em 2002 e posteriormente, em 2003, criou um site.[12]

Em 2008, a Joules lançou a Little Joule, projetado para crianças de 2 a 12 anos de idade.[13] Seguindo a popularidade da Little Joule, a Baby Joule foi criada em 2009.[14] No início de 2011, a rede possuía um total de 52 lojas. Atualmente, a empresa tem uma rede de mais de 99 lojas de varejo.[15]

Referências

  1. http://www.thisismoney.co.uk/money/news/article-3215419/British-clothing-brand-Joules-celebrates-25th-anniversary-sharp-increase-profit.html
  2. «Silver jubilee joy for Joules». This is Money. 16 de março de 2015. Consultado em 13 de julho de 2015 
  3. Tara Hounslea (18 de março de 2015). «Joules expansion on track as it opens 99th store». Drapers. Consultado em 13 de julho de 2015 
  4. Lisa Berwin (23 de julho de 2010). «Joules eyes major city centres as profits soar». Retail Week. Consultado em 13 de julho de 2015 
  5. Tom Pegden (11 de junho de 2015). «Joules secures £11 million in credit to fund European growth». Leicester Mercury. Consultado em 13 de julho de 2015. Arquivado do original em 14 de junho de 2015 
  6. Anna Tyzack (4 de janeiro de 2011). «Joules lifestyle brand: funking up the shires». The Telegraph. Consultado em 13 de julho de 2015. Arquivado do original em 12 de maio de 2012 
  7. Gemma Goldfingle (17 de julho de 2012). «New Waterloo retail space opens ahead of Olympics». Retail Week. Consultado em 13 de julho de 2015 
  8. «One to Watch: Joules». Marketing Magazine. 16 de novembro de 2005. Consultado em 13 de julho de 2015 
  9. «Horse sense helped clothing venture». The Telegraph. 29 de outubro de 2005. Consultado em 13 de julho de 2015 
  10. James Thompson (25 de abril de 2011). «Joules bucks high-street trend with profits leap». Independent. Consultado em 13 de julho de 2015 
  11. Kyrsty Hazell. «Introducing the brand new Baby Joule collection». Made for Mums. Consultado em 13 de julho de 2015 
  12. «Tom Joule looks to be hands-on once again». Leicester Mercury. 30 de novembro de 2010. Consultado em 13 de julho de 2015 [ligação inativa]
  13. Luke Barras-Hill (13 de dezembro de 2013). «Joules enters airport retailing at Gatwick». Frontier Magazine. Consultado em 13 de julho de 2015 
  14. James Hurley (11 de janeiro de 2011). «Retail: Joules's plan for 2011». The Telegraph. Consultado em 13 de julho de 2015 
  15. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de março de 2017. Arquivado do original em 16 de agosto de 2016 

Ligações externasEditar