Abrir menu principal
Judite
Princesa da Boêmia
Duquesa da Polônia
Reinado 108025 de dezembro de 1086
Antecessor(a) Wyszesława de Kiev
Sucessor(a) Judite da Suábia
 
Cônjuge Ladislau I Herman da Polónia
Descendência Boleslau III da Polónia
Casa Premislida
Piasta (por casamento)
Nascimento 1056
  Praga, Boêmia (atual República Checa)
Morte 25 de dezembro de 1086 (30 anos)
  Płock, Polônia
Enterro Catedral de Płock
Pai Bratislau II da Boémia
Mãe Adelaide da Hungria

Judite da Boêmia (em tcheco/checo: Judita Přemyslovna, em polonês/polaco: Judyta Przemyślidka; Praga, 1056Płock, 25 de dezembro de 1086)[1][2] foi uma princesa da Boêmia por nascimento, e duquesa consorte da Polônia pelo seu casamento com Ladislau I Herman da Polónia.

FamíliaEditar

Judite foi a primeira filha e segunda criança nascida do então duque Bratislau II da Boémia, mais tarde rei da Boêmia, e de sua segunda esposa, Adelaide da Hungria. Os seus avós paternos eram o duque Bretislau I da Boémia e Judite de Schweinfurt. Os seus avós maternos eram o rei André I da Hungria e Anastásia de Kiev.

Ela teve três irmãos por parte de pai e mãe: Bretislau II da Boémia, marido de Lutgarda de Bogen, Bratislau e Ludmila, uma freira.

Também teve cinco meio-irmãos pelo terceiro e último casamento de seu pai com Svatava da Polônia, que foram: Boleslau, duque de Olomouc; Borivoi II da Boémia, marido de Gerberga da Áustria; Ladislau I da Boémia, marido de Riquilda de Berg; Sobeslau I da Boémia, marido de Adelaide da Hungria, e Judite, esposa de Wiprecht II de Groitzsch.

BiografiaEditar

No ano de 1080, Judite casou-se com o duque Ladislau II Herman, sobrinho de sua madrasta. Ele era filho de Casimiro I da Polónia e de Maria Dobroniega de Kiev.

A duquesa Judite era considerada muito caridosa. Ela ajudava viúva e órfãos, e doava ouro e prata para os mosteiros, pedindo aos padres que rezassem a Deus para que lhe desse um filho.

Judite e Ladislau estiveram presentes na coroação de seu pai, Bratislau, como rei da Boêmia, no dia 10 de junho de 1085.

Em 20 de agosto de 1086, ela deu a luz a seu único filho, chamado Boleslau III. Contudo, devido aos efeitos do parto, ela faleceu no dia 25 de dezembro, apenas quatro meses depois, com apenas 30 anos de idade. Foi sepultada na Catedral de Płock, na Polônia.

DescendênciaEditar

AncestraisEditar

Referências