Abrir menu principal
Allianz Stadium
Turin Juventus Stadium 1.jpg

Nomes
Nome Allianz Stadium
Apelido Juventus Stadium
Antigos nomes Estádio delle Alpi
Características
Local Turim, Piemonte,  Itália
Gramado Grama natural (105 x 68 m)
Capacidade 41 507
Construção
Data 2008-2011
Custo 155 milhões[1]
Inauguração
Data 8 de setembro de 2011 (8 anos)
Partida inaugural Juventus Itália 1 – 1 Inglaterra Notts County
Primeiro gol Luca Toni pela Juventus aos 8 minutos de jogo
Recordes
Público recorde 41 495
Data recorde 16 de dezembro de 2016
Partida com mais público Juventus 1 - 0 Internazionale[2]
Proprietário Juventus Football Club
Administrador Juventus Football Club
Arquiteto Hernando Suarez e Gino Zavanella
Mandante Juventus Football Club

Allianz Stadium é um estádio de futebol em Turim, Piemonte, Itália que hospeda os jogos da Juventus e que é de propriedade da mesma sociedade. O nome oficial do estádio pertence a Allianz, que comprou os direitos de nome do estádio em 2017.

Foi inaugurado num amistoso contra o Notts County, da Inglaterra (equipa que inspirou a uniforme da Juventus) e que terminou com o resultado de 1–1 (golos de Toni e Hughes).

O Juventus Stadium construída no local onde se encontrava o antigo Stadio delle Alpi e tem uma capacidade de 41 507 pessoas, sendo um dos estádios considerados 4 Estrelas pela UEFA.

AntecedentesEditar

No terreno ficava o antigo estádio da Juventus, o Stadio Delle Alpi, que foi concluído para a Copa do Mundo FIFA de 1990. Porém o povo de Turim ainda preferia o antigo Estádio Olímpico de Turim devido a sua melhor acessibilidade e melhor visibilidade dos jogos. A Juventus comprou o estádio em 2003.

A Juventus saiu do estádio em 2006 e começou os planos para construir um local com uma atmosfera mais intimista. Nesse íntervalo, a Vecchia Signora utilizou juntamente com o Torino o Estádio Olímpico de Turim que foi reformado para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2006.

Em novembro de 2008, o clube revelou o projeto para um estádio de 41 000 lugares. O novo estádio, construído a um custo de 100 milhões de euros (90 milhões de libras), que chegou a 155 milhões de euros; removeria a pista de atletismo e seria completamente remodelado.

A conclusão da Juventus Arena fez da Juventus o segundo clube italiano a construir estádio próprio, pois o primeiro é o Stadio del Giglio, da Reggiana, equipa da cidade de Reggio Emilia.

O então presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Gigli, descreveu o estádio como "uma fonte de grande orgulho.".

A cerimônia de abertura do estádio foi realizada em 8 de setembro de 2011, com um amistoso contra o Notts County.

O novo Estádio conta com o primeiro shopping de Turim e um hotel.

O estádio sediou a Final da Liga Europa da UEFA de 2013–14, final vencida pelo Sevilla.

InstalaçõesEditar

O estádio tem uma capacidade de 41 507, incluindo 3 600 assentos premium e 120 executivos. As arquibancadas são apenas 7,5 m de altura. A distância entre as últimas linhas da arquibancada e o campo é de 49 m.

Além disso, o estádio abriga um 34 000 m² complexo comercial aberto todos os dias e estacionamento para 4 000 veículos. Um museu dedicado à história da Juventus também foi construído.

Direitos de NomeEditar

A Juventus assinou um acordo com a Sportfive Itália, que deu à empresa nomeação exclusiva e parcial dos direitos de promoção e patrocínio para o novo estádio. No acordo, foi dado a Sportfive o direito ao nome do estádio e para o propagandas e lugares premium do estádio.

Em junho de 2017, a Juventus chegou a um acordo de direitos de nome com a seguradora alemã Allianz. O estádio passará a se chamar Allianz Stadium a partir de julho de 2017. O acordo tem validade até 2023.[3][4]

FotosEditar

Referências

  1. «L'immobiliare Juve: dopo lo stadio ecco la Continassa». La Gazzetta dello Sport (em italiano). Consultado em 20 de maio de 2017 
  2. «Serie A, Juventus-Inter 1-0: il tabellino della partita». La Gazzetta dello Sport (em italiano). 7 de dezembro de 2018. Consultado em 25 de maio de 2019 
  3. «Estádio da Juventus também se chamará Allianz». Revista Veja. 1 de julho de 2017. Consultado em 16 de junho de 2017 
  4. Leister Filho, Adalberto (2 de junho de 2017). «Após Palmeiras, Allianz assegura naming rights de estádio da Juventus». UOL. Máquina do Esporte. Consultado em 16 de junho de 2017 

Ligações externasEditar