Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura pelo asteróide, veja 8827 Kollwitz.
Käthe Kollwitz
Käthe Kollwitz num selo alemão.
Nome nativo Käthe Kollwitz
Nascimento 8 de julho de 1867
Königsberg
Morte 22 de abril de 1945 (77 anos)
Nacionalidade Alemanha
Cidadania República de Weimar
Alma mater Academia Julian
Ocupação Desenhista, pintora, gravurista e escultora
Religião luteranismo

Käthe Kollwitz (Königsberg, Província da Prússia, atual Kaliningrad, Rússia, 8 de Julho de 1867 - Moritzburg (Saxónia), 22 de Abril de 1945) foi uma importante desenhista, pintora, gravurista e escultora alemã, cuja obra reflete uma eloquente visão das condições humanas na primeira metade do século XX. Com traços de Naturalismo e Expressionismo, Kollwitz traz a classe operária, fome, guerra e pobreza como temas recorrentes em seu trabalho.

Índice

InfluênciasEditar

Simon Marchán aponta entre as principais influências de Kollwitz, a de Max Klinger, da literatura naturalista de Émile Zola e Máximo Gorki, e da dramaturgia de Henrik Ibsen e Gerhart Hauptmann. Ao assistir a representação do drama de Hauptmann, Os Tecelões, esta lhe dá inspiração à sua primeira série gráfica: A Rebelião dos Tecelões (1893-97). Esta série e o Baile da Guilhotina (1901) a consagram diante do público (Simom Marchán).

Sua terceira série: A Guerra (1923), em madeira, se desloca à orbita expressionista, onde as formas adquirem um maior sentido plástico, sobretudo no Monumento à Karl Liebknecht. Por esta época realiza também vários cartazes pacifistas. Em sua última série, A Morte (1933), alcança a dimensão do visionário, onde se podem apreciar as formas expressionistas inspiradas em Ernst Barlach e Edvard Munch.

BibliografiaEditar

  • Mário Pedrosa. As Tendências Sociais da Arte e Kathe Kollwitz in O Homem Livre, julho 1933
  • SIMÓN MARCHÁN, Käthe Kollwitz, Gran Enciclopedia Rialp
  • F. SCHMALENBACH, K. Kollwitz, Köningstein 1965
  • P. H. FEIST, Die Bedeutung der Arbeiterklasse für den Realismus der Käthe Kollwitz, «Wissenschaftliche Zeitschrift der Humbold Universität zu Berlin» XVII (1968) 705-725; K. Kollwitz und ihre Zeitgenossen, Exposición de la Deutsche Akademie der Kunste, Berlín 1967.

Galleria fotográficaEditar

LivrosEditar

  • Käthe Kollwitz de Eliana De Simone. SP: Edusp, 2004.
  • A arte como recorte do real: a condição humana em Käthe Kollwitz por Rita Márcia Magalhães Furtado- FE/UFG – DE/UCG.

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar