Abrir menu principal
Kenny Omega
Kenny Omega 2016.jpg
Omega em 2016
Informações pessoais
Nome completo Tyson Smith
Nascimento 16 de outubro de 1983  (36 anos)
Winnipeg, Manitoba, Canada
Residência Katsushika, Tóquio, Japão[1][2]
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Kenny Omega
Scott Carpenter[3]
Young Master Togo[4]
Altura
anunciada
1,83 m (6 ft 0 in)[5][6][7]
Peso
anunciado
92 kg (200 lb)[6][7]
Anunciado
de
Winnipeg, Manitoba, Canadá[8]
Treinado
por
Bobby Jay[9]
Dave Taylor[10]
Mentallo[5]
Vance Nevada[5]
Estreia Fevereiro de 2000[7]

Tyson Smith[1][9] (Winnipeg, 16 de outubro de 1983) é um lutador profissional canadense, mais conhecido pelo seu nome no ringue Kenny Omega.[9] Ele trabalha na New Japan Pro Wrestling onde ele foi uma vez Campeão Intercontinental da IWGP, duas vezes Campeão dos Pesos-Pesados Júnior da IWGP, uma vez Campeão de Duplas Pesos-Pesadas Júnior da IWGP, duas vezes Campeão de Trios de Peso Aberto NEVER e IWGP Heavyweight Champion dando fim ao reinado lendário de Kazuchika Okada. Ele também foi vencedor por uma ocasião do torneio da NJPW G1 Climax, tendo ganho em 2016 e se tornou o primeiro lutador estrangeiro a vencê-lo. Ele também fez aparições na promoção americana Ring of Honor (ROH).

Ele também é conhecido por seu trabalho no circuito independente japonês, aparecendo em promoções como a Dramatic Dream Team (DDT), onde ele foi uma vez Campeão Peso-Aberto da KO-D, três vezes Campeão de Duplas da KO-D, duas vezes Campeão de Trios da KO-D e uma vez Campeão da Divisão Extrema da DDT. Ele também trabalhou para a All Japan Pro Wrestling, onde ele foi Campeão Mundial dos Pesos-Pesados Júnior.

Ele lutou em várias promoções independentes dos Estados Unidos, incluindo a Pro Wrestling Guerrilla, onde ele foi Campeão Mundial da PWG e vencedor do torneio Battle of Los Angeles de 2009, Jersey All Pro Wrestling e na empresa canadense Premier Championship Wrestling.

Na NJPW e na ROH, Omega é membro do Bullet Club onde é o quarto e o atual líder do grupo desde 5 de janeiro de 2016, depois da saída do antigo líder A.J. Styles. Ele também tem um sub-grupo no Bullet Club chamado The Elite, junto com os The Young Bucks (Matt Jackson e Nick Jackson).

Carreira na luta profissionalEditar

Começo da vida e carreiraEditar

Crescendo, Smith jogou hóquei no gelo como um goalie.[1] Ele se tornou interessado na carreira de lutador de luta profissional depois de um de seus amigos do Transcona Collegiate Institute (TCI) começar a treinar no Top Rope Championship Wrestling (TCW) em Winnipeg.[1] Smith encerrou seu plano de se tornar um jogador de hóquei no gelo e também começou a treinar com o promotor da TCW Bobby Jay,[1] que ele conheceu anteriormente enquanto trabalhava na loja IGA.[9] Depois de treinar com Jay por um ano, Smith com 16 anos começou a trabalhar para TCW, onde ele nos dois anos seguintes eventualmente adotou a gimmick de "Kenny Omega", um surfista havaiano.[9][11] A gimmick de surfista foi mais tarde substituída pela de um otaku gamer, que Smith acentuou ainda mais ao usar o Hadouken do Street Fighter.[9] Em 2001, Smith se formou na TCW e graduou-se na universidade, mas desistiu em seu primeiro ano para se concentrar na sua carreira como lutador profissional no wrestling.[1]

Premier Championship Wrestling (2001–2005)Editar

Em dezembro de 2001, Smith se juntou a outra promoção de Winnipeg, Premier Championship Wrestling.[5] Aparecendo no lançamento oficial da promoção, feita por Eddie Guerrero e que contou com 1700 fãs, ele fez uma estréia impressionanete contra seu antigo treinador Mentallo em 3 de março de 2002.[5] A luta foi mais tarde nomeada a luta do ano da PCW.[5] Em seguida ele começou a formar uma rápida dupla com Mentallo.[5] Nesse tempo, ele se tornou rapidamente uma estrela em ascensão na PCW e no circuito independente canadense. Ele participou do curta-metragem do diretor Guy Maddin Sissy Boy Slap Party, um teaser do filme de 2003 The Saddest Music in the World.

No ano seguinte, Omega derrotou Adam Knight pelo PCW Heavyweight Championship em 18 de setembro de 2003.[5] Apesar de defender com sucesso seu título contra Chi Chi Cruz, ele o perdeu para Rawskillz em 26 de novembro.[5] Mais tarde naquele ano ainda na Canadian Wrestling Federation, ele também conquistou o vago CWF Heavyweight Championship derrotando TJ Bratt na final de um torneio em 29 de novembro de 2003 antes de perder o título para Zack Mercury um mês depois.[12] Ele reconquistou também o PCW Heavyweight Championship de Rawskillz menos do que dois meses depois, porém ele foi forçado a deixar o título vago em 18 de março de 2004 depois de sofrer uma lesão.[5]

Mais tarde naquele ano, ele fez dupla com seu antigo rival Rawskillz para derrotar Shawn Houston e Chris Raine pelo PCW Tag Team Championship em 19 de agosto.[13] Seu reinado foi breve, no entanto, como eles perderam os títulos de voltar para Houston e Raine no mês seguinte.[13] Em 17 de outubro de 2004, Omega apareceu no National Wrestling Alliance's 56th Anniversary Show, onde ele desafiou sem sucesso Petey Williams pelo TNA X Division Championship. Em março de 2005, ele foi derrotado por Tommy Knoxville no ULTRA card do Millennium Wrestling Federation.[14]

Omega venceu um torneio com 8 homens, derrotando os conhecidos Nate Hardy, Chris Sabin e Amazing Red para vencer a primeira Premier Cup e o NWA Canadian X Division Championship em 2 de junho de 2005.[5] Em 30 de julho, ele fez uma única aparição para a TCW Professional Wrestling quando ele fez time com The Scorpion para enfrentar The Axe e Bobby Jay no Grand Beach Entertainment Center em Grand Beach, Manitoba.[15]

Em agosto de 2005, Omega atacou Christopher Daniels e o desafiou para uma luta, aparentemente se tornando heel como resultado. Daniels rejeitou a luta, contudo. Depois de perder o NWA Canadian X Division Championship para Rawskillz em 15 de setembro, Omega assistiu ao World League Wrestling de Harley Race no Pro Wrestling Noah Camp em Missouri. Ele mais tarde foi derrotado por Keith Walker no WLW show em Eldon, Missouri, que foi depois exibido na televisão japonesa.[16] Depois da luta, Smith foi convidado para um teste de uma semana na World Wrestling Entertainment (WWE).[1]

Depois de derrotar Johnny Devine em um evento da Action Wrestling Entertainment em 26 de novembro, Omega fez sua aparição final na PCW depois de anunciar seu contrato de desenvolvimento com a WWE e fez um discurso de despedida para os fãs em 1 de dezembro de 2005.[5]

World Wrestling EntertainmentEditar

Deep South Wrestling (2005–2006)Editar

 
Omega em novembro de 2008

Em outubro de 2005, Smith foi mandando para o Deep South Wrestling (DSW), um território de desenvolvimento para a World Wrestling Entertainment, para ser avaliado por Bill DeMott e outros olheiros. Como resultado de sua performance, que incluiu testes observados por Johnny Ace[11] e Kenta Kobashi,[17] foi oferecido um contrato de desenvolvimento da WWE e ele foi designado para Deep South Wrestling em tempo integral.[11] Ele fez a sua estréia em 27 de outubro de 2005, sendo derrotado por Mac Daddy Johnson.[18]

Em 4 de maio de 2006, Omega fez dupla com Heath Miller em uma derrota para o Team Elite (Mike Knox e Derrick Neikirk).[19] Depois de perder para Matt Striker, Eric Pérez e Sonny Siaki durante as próximas semanas, ele conseguiu sua primeira vitória depois de derrotar Oleg Prudius por contagem em uma dark match em 1 de junho.[20] Apesar dele e Antonio Mestre perderem para o Urban Assault (Eric Perez e Sonny Siaki) em uma dark match em 15 de junho, ele derrotou Heath Miller em outra dark match vários dias depois.[20]

Omega então formou uma breve tag team com Tommy Suede, que inclui uma derrota para o Urban Assault em 3 de agosto.[20] Porém, eles derrotaram Matt Striker e Cru Jones uma semana depois.[20] Em 17 de agosto, Omega foi derrotado por Oleg Prudius e, depois de derrotar Cru Jones vários dias depois, ele pediu sua liberação imediata de seu contrato para retornar a Premier Championship Wrestling.[20]

Smith afirmou em várias entrevistas que seu tempo gasto com a DSW foi péssimo e fez diversas críticas em particular a DeMott e Jody Hamilton,[17] e o treinador Bob Holly.[21] A experiência mais positiva que teve com a WWE foi treinar com Dave Taylor, citando que antes de treinar com Taylor não sabia o básico e passou unicamente por seu atletismo.[10] Smith já afirmou que a WWE se aproximou dele várias vezes com um contrato, incluindo na primavera de 2014 e três vezes em 2015, mas ele rejeitou todas.[22][23]

Retorno para a PCW (2006–presente)Editar

Depois de ser liberado pela WWE, Smith tentou encontrar uma carreira nas artes marciais mistas e entrou em torneios de Brazilian jiu jitsu, antes de decidir dar mais uma chance a luta profissional.[1] Para se destacar, Smith reinventou seu personagem no wrestling e desenvolveu vários novos movimentos, que não podiam ser duplicados.[1] Em 14 de setembro de 2006, Omega fez seu retorno para a PCW, derrotando Rawskillz para ganhar uma luta com A.J. Styles, quem ele também derrotou no evento principal na semana seguinte.[5] Ele derrotou Mike Angels e Rawskillz entre outros durante várias semanas antes de perder para A.J. Sanchez em 15 de fevereiro de 2007.[5] Perdendo para Ozz em 1 de março, ele e Nate Hardy foram derrotados pelo Team Impact (Robby Royce e Ozz) mais tarde naquela semana.[5] Durante as próximas semanas, Omega conquistou vitórias sobre Kraven e Nate Hardy antes de entrar na terceira edição do torneio anual PCW Premier Cup.[5] Omega derrotou Nate Hardy, AJ Sanchez e Petey Williams para ganhar o torneio pela segunda vez.[5]

Lutando em um combate que acabou em no contest contra Mike Angels em 30 de junho, ele derrotou AJ Sanchez em 19 de julho e derrotou Mike Angels, AJ Sanchez e Adam Knight em uma four-way match em 23 de agosto para uma luta com Samoa Joe em 27 de setembro.[5] Omega foi derrotado por Samoa Joe em Winnipeg, Manitoba.[5] Em outubro, Omega apareceu no Starting Point, o primeiro pay-per-view para a Wrestling Fan Xperience, lutando contra Último Dragón em uma luta com 25 minutos de duração.[24] Em 31 de janeiro, Omega derrotou Mike Angels para vencer o PCW Heavyweight Championship pela terceira vez.[25] Em 6 de março, Angels reconquistou seu título em uma three-way match, que também incluiu Jon Cutler.[25] Porém, apenas duas semanas depois, Omega derrotou Angels para conquistar o PCW Heavyweight Championship pela quarta vez.[25]

Pro Wrestling Syndicate (2007–2008)Editar

Kenny Omega fez sua estréia pela Pro Wrestling Syndicate (PWS) em 7 de setembro de 2007 em uma luta onde ele foi derrotado por Danny Demanto em Garfield, NJ. Depois da luta Omega se envolveu em um confronto com o comissário Necro Butcher. Omega retornou para a Pro Wrestling Syndicate em dezembro de 2009 e conseguiu uma vitória individual contra Davey Richards. Em 22 de março, Omega foi um dos 12 lutadores independentes selecionados para competir no primeiro "Majestic Twelve Tournament" feito pela Pro Wrestling Syndicate no supercard Majestic Mayhem em Yonkers, New York.[26] No evento, Omega fez time com Jerry Lynn para enfrentar Kevin Matthews e Tommy Suede. Depois de derrotar Jerry Lynn na semifinal, Omega lutou com Devon Moore com a luta terminando em no contest quando os dois forçaram Jack Evans a desistir ao mesmo tempo.[27][28] Em 2 de maio de 2009, Omega foi derrotado por Devon Moore em uma ladder match em Belleville, New Jersey. Em 17 de maio, Omega perdeu uma 3-way match contra o PWS Heavyweight Champion Devon Moore e Danny Demanto no Holy Cross High School em Queens|, New York.

Jersey All Pro Wrestling (2007–2009, 2010–2012)Editar

 
Omega como JAPW Heavyweight Champion em novembro de 2008

Omega fez suas estréia pela Jersey All Pro Wrestling em 8 de setembro de 2007, em uma luta, onde ele foi derrotado por Danny Demanto.[5] Depois de perder para "The Black Machismo" Jay Lethal em uma luta individual e para Teddy Hart em uma three-way match com Xavier, Omega conseguiu sua primeira vitória na JAPW em 8 de março de 2008, derrotando Low Ki e vencendo o JAPW Heavyweight Championship em Jersey City, New Jersey em apenas quatro lutas na AJPW.[5] No mesmo dia, ele foi um dos vários lutadores presentes no WSU's first anniversary show em Lake Hiawatha, New Jersey. Outros no evento incluiam Steve Mack, Danny Demanto, Ian Rotten, Kevin Matthews, Vicious Vinny, Inferno, Don Johnson.[29][30]

A primeira defesa do JAPW Heavyweight de Omega ocorreu em 19 de abril de 2009, no Spring Massacre, onde ele reteve seu título contra Frankie Kazarian em uma Champions Challenge.[27][31] Ele defendeu seu título contra Danny Demanto e Grim Reefer durante as próximas semanas.[27] Durante sua luta contra Grim Reefer, seu oponente se lesionou no começo da luta sendo quase interrompida duas vezes pelo juiz quando Reefer teve dificuldades para respirar.[32] Depois da luta, o duas vezes JAPW Heavyweight Champion Dan Maff retornou para a promoção e se aliou com Omega.[33]

Em 7 de julho, foi anunciado pela Jersey All Pro Wrestling que Omega e outros vários lutadores fariam parte em um evento parar arrecadar fundos para a Beachwood Pine Beach Little League. Entre os progamados para aparecer estavam Rhino, The Latin American Xchange, Sonjay Dutt, Jay Lethal, Dan Maff, The Heavy Hitters (Monsta Mack e Havok) e o JAPW New Jersey State Champion Grim Reefer. O evento foi realizado na Toms River Intermediate South Middle School em Beachwood, New Jersey em 19 de setembro de 2008.[34] Em 10 de julho, Omega defendeu com sucesso seu título contra Jon Cutler em Winnipeg, Manitoba. Cutler tinha anteriormente ganhado um torneio derrotando "Outlaw" Adam Knight, Antonio Scorpio, Jr. e Mike Angels para ganhar uma chance pelo título de Omega.[35]

Depois de uma derrota por desqualificação para Rhino e uma luta que terminou em no contest contra B-Boy, Omega foi programado para defender seu título em 13 de dezembro de 2008, em uma revanche contra Low Ki no JAPW's 11th Anniversary Show.[5] Inicialmente, Low Ki venceu a luta, mas a decisão foi mudada e Omega manteve seu título por desqualificação pois Ki acidentalmente nocauteou o juiz antes de terminar.[5] Em 28 de fevereiro de 2009, no Jersey City Rumble Omega perdeu seu título para Jay Lethal, depois do seu aliado Dan Maff se virar contra ele, terminando seu reinado em 357 dias.[36] A próxima aparição de Omega na JAPW teve lugar em 10 de dezembro de 2010, quando ele competiu em uma six–way elimination match pelo JAPW Light Heavyweight Championship. Omega foi eliminado da luta pelo eventual vencedor, Jushin Thunder Liger.[37][38] No show do dia seguinte, Omega derrotou seu antigo rival Jay Lethal em uma luta individual.[37] Em 15 de maio de 2011, Omega derrotou Liger em Philadelphia, Pennsylvania, durante o evento da NJPW que foi o primeiro da história nos Estados Unidos, para vencer o JAPW Light Heavyweight Championship.[39] Mesmo com a JAPW não realizando um show desde 14 de abril de 2012, em uma entrevista em julho de 2013 Omega disse que gostaria de retornar á empresa, citando que ele ainda detinha o JAPW Light Heavyweight Championship.[40] Depois de retornar de um hiato em 15 de novembro de 2014, a JAPW tirou o Light Heavyweight Championship de Omega.[41]

Ring of Honor (2008–2010, 2016–presente)Editar

Em 25 de julho de 2008, Omega fez sua estréia na Ring of Honor, sendo derrotado por Delirious em Toronto, Ontario.[42] Na noite seguinte, Omega fez sua estréia em Detroit no ROH New Horizons, perdendo para Silas Young.[43] Depois de uma sequência de derrotas, Omega conquistou suas primeiras vitórias em dezembro durante seu primeiro ano na ROH, vencendo por pinfall duas vezes o ROH World Champion Austin Aries.[44][45] Em 14 de novembro de 2009, Omega recebeu sua chance pelo World Championship de Aries, mas foi incapaz de derrotá-lo pelo título.[46] Em 2010 Omega começou a trabalhar mais regularmente no Japão, fazendo apenas seis aparições pela ROH ao longo do ano, com a sua luta contra Christopher Daniels em 19 de junho no Death Before Dishonor VIII sendo sua última aparição pela empresa em quase seis anos.[5][47]

Em fevereiro de 2016, foi relatado que Omega tinha assinado para se tornar parte regular do plantel da ROH.[48] Ele lutou seu primeiro combate em seu retorno em 26 de fevereiro no 14th Anniversary Show, onde ele e os The Young Bucks (Matt Jackson e Nick Jackson) defenderam com sucesso o NEVER Openweight 6-Man Tag Team Championship contra ACH, Kushida e Matt Sydal.[47]

Dramatic Dream Team/DDT Pro-Wrestling (2008–2014)Editar

 
Omega em 2010

Em 2006, um dos amigos de Omega lhe mostrou vídeo da promoção japonesa Dramatic Dream Team (DDT). Omega foi cativado pelo lutador da DDT Kota Ibushi e procurou trabalhar com ele, então ele se filmou tendo um "DDT-style" de luta fora dos limites de um ringue de luta e o postou, bem como um desafio em vídeo para Ibushi no YouTube.[2] Depois de ver os vídeos, a DDT convidou Omega para o Japão para lutar com Ibushi.[2] O "tour" de Omega no Japão com a DDT teve início no começo de agosto de 2008.[49] Ele eventualmente formou uma dupla com Ibushi, chamada Golden☆Lovers, vencendo o KO-D Tag Team Championship. Lutar no Japão era um dos sonhos de Smith como a cena local apelou para o seu lado criativo.[1] Depois da WWE, onde ele foi completamente "scriptado" pela promoção, ele sentia que no Japão era capaz de mostrar sua personalidade e se expressar.[2]

Em 2011, Omega teve uma luta com uma menina de nove anos chamada Haruka. O vídeo da luta foi viral, aparecendo em noticiários internacionais e levou a Omega receber numerosas ameaças de morte. O vídeo também foi visto por Mick Foley, que elogiou Omega como um heel, enquanto perguntava porque ele não estava na televisão nacional.[50][51]

Em setembro de 2011, Omega representou o DDT no torneio da All Japan Pro Wrestling 2011 Junior League, fazendo sua estréia para a promoção em 11 de setembro.[52] Depois de três vitórias e duas derrotas, Omega terminou em segundo lugar em seu bloco e não avançou para a final.[53] No entanto, por ter derrotado o eventual vencedor do torneio Kai em sua luta de abertura, Omega foi nomeado como desafiante número um ao World Junior Heavyweight Championship depois do torneio.[54] Em 23 de outubro, Omega derrotou Kai para se tornar o novo World Junior Heavyweight Champion.[55] Omega perdeu o título de volta para Kai em 27 de maio de 2012, sem sua sexta defesa de título, terminando seu reinado em 217 dias.[56]

Em 8 de julho, Omega derrotou Danshoku Dino para vencer o torneio 2012 King of DDT e ganhar uma chance pelo KO-D Openweight Championship do seu companheiro de tag team Kota Ibushi.[57] Omega recebeu sua chance pelo título em 18 de agosto no evento principal do DDT's 15th anniversary em Nippon Budokan, mas falhou em sua tentativa de derrotar Ibushi.[58] Omega recebeu outra chance pelo título em 23 de dezembro de 2012, e derrotou El Generico para vencer o KO-D Openweight Championship pela primeira vez.[59] Em 27 de janeiro de 2013, Omega derrotou Isami Kodaka em uma title vs. title match para defender com sucesso seu KO-D Openweight Championship e conquistar o DDT Extreme Division Championship.[60] Depois de três defesas bem sucedidas de título, Omega perdeu o KO-D Openweight Championship para Shigehiro Irie em 20 de março de 2013.[61] Em 26 de maio, Omega se tornou mais uma vez campeão duplo na DDT, quando ele, Gota Ihashi e Kota Ibushi derrotaram o Monster Army (Antonio Honda, Daisuke Sasaki e Yuji Hino) pelo KO-D 6-Man Tag Team Championship.[62] Depois de um reinado curto de 28 dias, Omega, Ibushi e Ihashi perderam o título para Antonio Honda, Hoshitango e Yuji Hino em 23 de junho.[63] Em 25 de agosto, Omega perdeu o DDT Extreme Division Championship para Danshoku Dino.[64] Em 26 de janeiro de 2014, Omega e Kota Ibushi derrotaram Yankee Nichokenju (Isami Kodaka e Yuko Miyamoto) e Konosuke Takeshita e Tetsuya Endo em uma three-way match para vencer o KO-D Tag Team Championship.[65] Em 12 de abril, Omega e Ibushi se tornaram campeões duplos, quando eles fizeram equipe com Daisuke Sasaki para derrotar o Team Drift (Keisuke Ishii, Shigehiro Irie e Soma Takao) pelo KO-D 6-Man Tag Team Championship.[66] Os seus reinados, no entanto, durou apenas 22 dias, antes deles perderem o título para Shuten-dōji (Kudo, Masa Takanashi e Yukio Sakaguchi) em 4 de maio.[67] Em 28 de setembro, Omega e Ibushi perderam o KO-D Tag Team Championship para Konosuke Takeshita e Tetsuya Endo.[68] Em 26 de outubro, Omega fez sua última luta na DDT, onde ele e Ibushi derrotaram Danshoku Dino e Konosuke Takeshita.[69]

Pro Wrestling Guerrilla (2008–2010, 2012, 2014)Editar

 
Omega depois de vencer o Battle of Los Angeles de 2009 para se tornar o novo PWG World Champion

Em 1 de novembro de 2008, Omega fez sua estréia na Pro Wrestling Guerrilla como heel no Battle of Los Angeles de 2008, mais acabou sendo eliminado do torneio na primeira rodada pelo talento local Brandon Bonham.[70] Na noite seguinte, Omega participou de uma nine-man three-way tag team match consistindo nos lutadores que perderam na primeira rodada. Em um momento memorável, durante a luta ele sofreu um Irish whip nas cordas por Davey Richards o fazendo bater na corda do meio e na de baixo, fazendo Omega ir para fora do ringue.[71]

Três meses depois, Omega retornou para a compania no Express Written Consent, onde ele foi derrotado por El Generico,[72] depois do principal juiz Rick Knox ficou cansado de Omega o abusar e o acertou com um leaping clothesline.[73] Em 11 de abril de 2009 no Ninety-Nine, Omega conquistou sua primeira vitória na PWG após derrotar Davey Richards depois de um Croyt's Wrath.[74] No dia seguinte no centésimo show da PWG, Omega foi derrotado por Bryan Danielson.[75] No evento, Omega estreou seu novo parceiro de dupla Chuck Taylor em um segmento nos bastidores, onde eles avisaram Generico para ficar fora de Reseda, antes dele ser salvo por Colt Cabana. Em 22 de maio de 2009 no Dynamite Duumvirate Tag Team Title Tournament, o torneio tag team anual da PWG, Omega e Taylor, conhecidos coletivamente como The Men of Low Moral Fiber, derrotando os reunidos Dark & Lovely (Human Tornado e Scorpio Sky) antes de ser eliminados pelos PWG World Tag Team Champions na época The Young Bucks na semifinal do torneio.[76] Em 28 de junho no The Secret of Guerrilla Island, Omega lutou contra Roderick Strong com a primeira luta acabando com um duplo pinfall e depois uma luta com limite de tempo que terminou em empate, antes dele se recusar a continuar na luta e ir embora.[77] Enquanto Omega estava fora dos Estados Unidos, Taylor derrotou El Generico em uma luta street fight em 28 de agosto no Speed of Sound para ganhar o Men of Low Moral Fiber e sua segunda chance contra os Bucks e o PWG World Tag Team Championship.[78] A luta teve lugar em 2 de outubro no evento principal do Against the Grain, onde os Bucks foram mais uma vez vitoriosos.[79]

Em 20 de novembro de 2009, um ano depois da sua estréia na compania, Omega entrou no seu segundo Battle of Los Angeles de 2009, que desta vez seria disputado pelo vago PWG World Championship. Na primeira rodada do torneio, Omega derrotou Kevin Steen, que fez o seu retorno a compania depois de 15 meses de ausência.[80] No dia seguinte, ele derrotou os membros da Dynasty Scott Lost e Joey Ryan na quarta e na semifinal, respectivamente, para avançar á final, onde ele derrotou Roderick Strong para conquistar ambos Battle of Los Angeles de 2009 e o vago PWG World Championship.[81] Depois da sua conquista do título, Omega foi atacado por Brian Kendrick e pelos The Young Bucks, que se tornaram heels no processo enquanto Omega se tornou face, antes de ser salvo por seus antigos inimigos El Generico, Colt Cabana e Rick Knox. Omega e seus antigos rivais decidiram deixar de lado suas diferenças já que tinham inimigos em comum.[82] Em 27 de fevereiro de 2010, no As the Worm Turns Omega perdeu se PWG World Title para Davey Richards em sua primeira defesa.[83]

Em 27 de outubro de 2012, Omega fez sua primeira aparição na PWG em mais de dois anos e meio, quando ele formou dupla com El Generico no Failure to Communicate em uma tag team match, onde eles perderam para os The Young Bucks.[84] Omega retornou para a PWG em 29 de agosto de 2014, para fazer parte do Battle of Los Angeles de 2014 no fim de semana.[85] Depois de vitórias sobre ACH na primeira rodada e Matt Sydal nas quartas de finais, Omega foi eliminado do torneio pelo eventual vencedor do BOLA, Ricochet.[86][87]

New Japan Pro WrestlingEditar

Golden☆Lovers (2010–2014)Editar

Em 31 de janeiro de 2010, Omega fez sua estréia pela New Japan Pro Wrestling em uma tag team match, onde ele e Kota Ibushi derrotaram Gedo e Jado por desqualificação. Durante a luta Jado sofreu uma lesão legítima no pescoço depois de um suicide dive de Omega.[88] Em 1 de junho, Omega entrou no torneio da New Japan Best of the Super Juniors de 2010, onde ele terminou em quarto seu bloco com quatro vitórias em sete lutas, assim falhando em avançar para a semifinal do torneio.[89][90] Depois de derrotar Ryusuke Taguchi em um show da DDT em 29 de agosto de 2010, Omega teve uma chance garantida pelo título do companheiro de Taguchi Prince Devitt, o IWGP Junior Heavyweight Championship.[91] Em 3 de setembro, Omega fez seu retorno para a New Japan, mas foi derrotado por Devitt na luta pelo título.[92] Em 11 de outubro no Destruction '10, Omega e Kota Ibushi derrotaram Devitt e Taguchi, o time conhecido coletivamente como Apollo 55, para conquistar o IWGP Junior Heavyweight Tag Team Championship.[93] Em 14 de novembro, os Golden☆Lovers fizeram sua primeira defesa de título bem sucedida, derrotando Devitt e Taguchi em um show da DDT show para criar uma luta com os vencedores do Super J Tag League de 2010, Gedo e Jado.[94] The match against Gedo and Jado took place at another DDT show on December 26 and ended with the Golden☆Lovers retaining the title.[95] Em 23 de janeiro de 2011, no Fantastica Mania 2011, um evento co-produzido pela New Japan e Consejo Mundial de Lucha Libre em Tóquio, Omega e Ibushi perderam o IWGP Junior Heavyweight Tag Team Championship de volta para Devitt e Taguchi.[96][97] Em 26 de maio, Omega entrou no Best of the Super Juniors de 2011 e abriu o torneio com cinco vitórias seguidas, perdendo suas últimas três lutas e terminando em terceiro em seu bloco, perdendo por pouco as semifinais do torneio.[98][99] Em 14 de agosto, os Golden☆Lovers receberam sua revanche pelo IWGP Junior Heavyweight Tag Team Championship, mas foram novamente derrotados por Devitt e Taguchi.[100]

Omega retornou para a New Japan em maio de 2013 para fazer parte do Best of the Super Juniors de 2013, onde ele conseguiu ganhar cinco das suas oito lutas de rodada, avançando para a semifinal do torneio.[101] Em 9 de junho, Omega foi derrotado na semifinal por Prince Devitt, depois da interferência de seu grupo Bullet Club.[102] Um ano depois, Omega retornou para fazer parte do torneio da New Japan Best of the Super Juniors de 2014 de 30 de maio da 6 de junho, terminando com três vitórias e quatro derrotas com uma derrota para Taichi no último dia, custando-lhe um lugar nas semifinais.[103][104]

Bullet Club (2014–presente)Editar

 Ver artigo principal: Bullet Club
 
Omega (extrema direita) como membro do Bullet Club no começo de 2015

Em 3 de outubro de 2014, a NJPW fez uma conferência para anunciar que Omega decidiu assinar com a empresa depois que seu contrato com a DDT expirasse em 26 de outubro.[105] Omega fez sua estréia sob contrato com a NJPW em 8 de novembro no Power Struggle, onde (apesar de ter descartado se juntar com o grupo vilão Bullet Club em sua conferência de assinatura, dizendo não se considerar um gaijin),[105] Omega foi revelado como o novo membro do grupo, voltando suas atenções para o IWGP Junior Heavyweight Championship.[106] Omega, se autodenominou como "The Cleaner", e admitiu que ele mentiu na conferência e estava apenas interessado em dinheiro e no título.[107] Como parte do seu novo personagem vilão, Omega, que é fluente em japonês, parou de falar em japonês e em vez disso passou a dar entrevistas em inglês.[108] Por trás das cenas, Omega disse que sua gimmick de otaku era muito "borbulhante" para o Bullet Club, o que levou ele a adotar o apelido de Cleaner, que se destinava a ser uma referência as pessoas que limpam as cenas dos crimes. Inicialmente, Omega fez um ótimo papel, mas depois de repetidamente ter que explicar o personagem quando as pessoas pensavam que ele estava retratando um zelador real, ele começou a incorporar comedia na gimmick e começou a vir para as lutas com um esfregão e uma vassoura.[109] Em 4 de janeiro de 2015 no Wrestle Kingdom 9 in Tokyo Dome, Omega fez sua primeira luta como membro do Bullet Club, derrotando Ryusuke Taguchi para conquistar o IWGP Junior Heavyweight Championship pela primeira vez.[110][111]

A primeira defesa de título de Omega teve lugar em 11 de fevereiro no The New Beginning in Osaka, onde ele derrotou Taguchi em uma revanche.[112][113] Durante os meses seguintes, ele também defendeu com sucesso seu título contra Máscara Dorada no Invasion Attack 2015 e Alex Shelley no Wrestling Dontaku 2015.[114][115][116] Em 5 de julho no Dominion 7.5 in Osaka-jo Hall, Omega perdeu seu título para o vencedor do Best of the Super Juniors de 2015, Kushida.[117][118] Em 23 de setembro no Destruction in Okayama, Omega reconquistou o título de Kushida, depois de interferência do companheiro de Bullet Club Karl Anderson.[119] Ele fez sua primeira defesa bem sucedida do título em 12 de outubro no King of Pro-Wrestling contra Matt Sydal.[120] Em 4 de janeiro de 2016, no Wrestle Kingdom 10 in Tokyo Dome, Omega perdeu o título de volta para Kushida.[121]

 
Omega como IWGP Intercontinental Champion em maio de 2016

No dia seguinte, Omega fez dupla com o líder do Bullet Club A.J. Styles para derrotar o IWGP Intercontinental Champion Shinsuke Nakamura e Yoshi-Hashi em uma luta tag team, fazendo o pin sobre Nakamura para vencer. Depois da luta, Bullet Club se virou contra Styles, com Omega assumindo a liderança do grupo e declarando que ele não era mais um junior heavyweight depois de desafiar Nakamura para uma luta pelo título.[122][123] A luta, porém, nunca chegou a acontecer pois Nakamura anunciou sua saída da NJPW, com a promoção o tirando seu IWGP Intercontinental Championship.[124] Depois, Omega começou a usar o golpe de Nakamura Bomaye como movimento de finalização, o renoameando V-Trigger.[125] Foi então anunciado que Omega iria enfrentar Hiroshi Tanahashi para determinar o novo campeão.[126] Em 14 de fevereiro no The New Beginning in Niigata, Omega derrotou Tanahashi para se tornar o IWGP Intercontinental Champion.[127] Seis dias depois no Honor Rising: Japan 2016, Omega se tornou um campeão duplo, quando ele e os The Young Bucks derrotaram Jay Briscoe, Mark Briscoe e Toru Yano pelo NEVER Openweight 6-Man Tag Team Championship.[128] Eles perderam os títulos para Hiroshi Tanahashi, Michael Elgin e Yoshitatsu em 10 de abril no Invasion Attack 2016,[129] onde Omega também fez sua primeira defesa do IWGP Intercontinental Championship em 27 de abril, onde ele derrotou Elgin.[130] Isto marcou a primeira vez que dois canadenses estiveram no evento principal de um show da NJPW.[131] Em 3 de maio no Wrestling Dontaku 2016, Omega e os The Young Bucks reconquistaram o NEVER Openweight 6-Man Tag Team Championship de Elgin, Tanahashi e Yoshitatsu.[132] Em 19 de junho no Dominion 6.19 in Osaka-jo Hall, Omega perdeu o IWGP Intercontinental Championship para Elgin na primeira ladder match da história da NJPW.[133] Em 3 de julho, Omega e os The Young Bucks perderam o NEVER Openweight 6-Man Tag Team Championship para Matt Sydal, Ricochet e Satoshi Kojima.[134]

 
Omega com a maleta contendo seu contrato por uma chance pelo IWGP Heavyweight Championship

De 22 de julho a 13 de agosto, Omega fez parte do round-robin do G1 Climax de 2016, onde ganhou seu bloco com um registro de seis vitórias e de três derrotas, avançando para a final.[135] Em 14 de agosto, Omega derrotou Hirooki Goto na final para vencer o G1 Climax de 2016 para ganhar uma chance pelo IWGP Heavyweight Championship no Wrestle Kingdom 11 in Tokyo Dome em 4 de janeiro de 2017.[136] Omega não só venceu o torneio em sua primeira tentativa, mais também se tornou o primeiro estrangeiro a vencer o G1 Climax na história.[137][138] Em 22 de setembro no Destruction in Hiroshima, Omega defendeu com sucesso sua luta pelo título no Wrestle Kingdom 11 contra Yoshi-Hashi, se vingando de uma derrota que sofreu no G1 Climax de 2016 no processo.[139] Em 10 de outubro no King of Pro-Wrestling, Omega sua defesa final de seu contrato em uma revanche contra Hirooki Goto, consolidando assim seu lugar no evento principal do Wrestle Kingdom 11.[140] Em 4 de janeiro de 2017, Omega foi derrotado pelo IWGP Heavyweight Champion Kazuchika Okada no evento principal do Wrestle Kingdom 11 in Tokyo Dome.[141] Com 46 de minutos e 45 segundos, foi a mais longa da história do January 4 Tokyo Dome Show.[142] O jornalista de wrestling Dave Meltzer deu seis estrelas á luta em seu Wrestling Observer Newsletter, adicionando que Omega e Okada "podem ter feito a melhor luta história do wrestling profissional" e que aquela foi a melhor luta que ele já viu.[143] O membro do WWE Hall of Fame Mick Foley disse que a luta foi uma das melhores que ele já viu em toda sua vida.[144]

No dia 9 de junho de 2018, Kenny Omega acabou por derrotar Kazuchika Okada num 2 out of 3 falls match tornando-se pela primeira vez IWGP Heavyweight Champion.

Vida pessoalEditar

Smith nasceu em Transcona, Winnipeg, Manitoba em 16 de outubro de 1983.[6][1] Ele tem uma irmã mais nova.[145] Sua mãe trabalha em serviços para famílias enquanto seu pai trabalha para o governo canadense como um oficial de transporte.[145] Smith começou a assistir luta livre profissional quando era criança com seu pai gravando-o no "Saturday Night's Main Event" programa que se tornou o seu favorito.

Smith fala japonês fluentemente e vive atualmente em Katsushika na ala leste de Tóquio.[2] Smith regularmente apresenta um canal no YouTube chamado "The Cleaner's Corner", onde le joga seus jogos favoritos de todos os tempos, e durante seu tempo livre ele também participa de convenções de videogame.[carece de fontes?] Em 26 de junho de 2016, ele participou do CEO 2016 e derrotou o lutador da WWE Xavier Woods várias vezes no Street Fighter V.[146]

Smith se abstém do consumo de álcool, tabaco e drogas[147]

Smith disse a ESPN.com que ele "amava a cultura japonesa antes mesmo de perceber que era, de fato, cultura japonesa" e seus jogos e desenhos favoritos estavam em japonês.[148]

Personagem no wrestlingEditar

Um fã de anime e videogames, Smith se inspira bastante nisso e incorpora para golpes, músicas de entrada e conceitos de gimmick. Exemplos notáveis incluem a nomeação de um de seus golpes o One-Winged Angel, uma referência ao Sephiroth do Final Fantasy VII',[149] variações de temas e músicas entrada do antagonista do Mega Man Dr. Wily, seu ring name "Kenny Omega" sendo inspirado pelo personagem Omega Weapon da serie de videogames Final Fantasy e até mesmo usando o Hadouken do Street Fighter como movimento secundário.[2] Essa inspiração também se nota em sua aparência; seu visual como "The Cleaner" foi inspirado de Albert Wesker da serie de videogames Resident Evil, bem como Marion "Cobra" Cobretti do filme Cobra.[150] Além dos videogames, Smith também credita Star Trek: The Next Generation e os desenhos de super-heróis que passavam nas manhãs de sábado como grande parte de sua inspiração para o personagem.[149] Depois de se tornar heel, Smith parou de usar seus golpes e músicas inspirados em videogames quando ele viu que era muito popular entre os fãs e isso fazia mais parte do seu personagem face.[10]

No wrestlingEditar

 
Omega aplicando um Croyt's Wrath em Roderick Strong
 
Omega aplicando um Katayoku no Tenshi/One-Winged Angel em Tomoaki Honma

Títulos e prêmiosEditar

 
Omega como IWGP Junior Heavyweight Champion em julho de 2015


Luta 6 estrelas (2017) vs. Kazuchika Okada em 12 de agostoLuta 5 estrelas (2018) vs. Chris Jericho em 4 de janeiro

Referências

  1. a b c d e f g h i j k Birnie, Sheldon (27 de fevereiro de 2015). «Transcona's Omega man». The Herald – Winnipeg. Consultado em 3 de março de 2015 
  2. a b c d e f «Japanophiles - Kenny Omega». Begin Japanology. 15 de agosto de 2013. NHK World 
  3. Meltzer, Dave (24 de outubro de 2011). «October 24 Wrestling Observer Newsletter: 2011 Hall of Fame issue, GSP down, Bound for Glory and Bobby Roode, Hogan vs. Sting, giant issue». Campbell, CA. Wrestling Observer Newsletter: 37. ISSN 1083-9593. Jeff Katz’s Wrestling Revolution Project taped its first season in Los Angeles this past week. [...] Kenny Omega, known as Scott Carpenter, was the star, with strong matches against Chris Masters (known as Concrete) and Killshot (Karl Anderson). 
  4. «New Beijing "Japan Tour 2011" Results». Dramatic DDT. 11 de fevereiro de 2011. Consultado em 2 de fevereiro de 2012 
  5. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af «OWOW profile» 
  6. a b c d e f g h i j k l m ケニー・オメガ. DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 28 de janeiro de 2012. Cópia arquivada em 18 de março de 2014 
  7. a b c d e f ケニー・オメガ. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 13 de novembro de 2014 
  8. «Roster». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 4 de novembro de 2015. Cópia arquivada em 12 de março de 2010 
  9. a b c d e f Van Der Griend, Blaine (20 de abril de 2009). «Kenny Omega finds a home in ROH». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de abril de 2009 
  10. a b c «Ross recap with Kenny Omega». Ringside News. Consultado em 1 de julho de, 2016. Arquivado do original em 27 de outubro de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. a b c Turenne, Paul (3 de dezembro de 2005). «SLAM! Wrestling: Winnipeg's Omega signs WWE deal». SLAM! Sports 
  12. a b «CWF World Heavyweight Championship history». CWFWrestling.com. 2007 
  13. a b «History of 2004». Premier Championship Wrestling. Consultado em 11 de março de 2010. Arquivado do original em 4 de março de 2012 
  14. «The Jackel's MEWF Spring Preview». BostonWrestling.com. 20 de abril de 2005 
  15. «News: Raven, Stro, Sandman». ProWrestling.com. 30 de junho de 2005. Consultado em 16 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 18 de fevereiro de 2012 
  16. "NOAH Meets WLW." NOAH TV. Pro Wrestling NOAH. 9 October 2005.
  17. a b Gerwick, Steve (14 de março de 2007). «Interview with Kenny Omega». Gerweck.net. Consultado em 16 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 11 de junho de 2010 
  18. «2005 Deep South Wrestling results». Online World of Wrestling. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  19. Neikirk, Derik (2007). «Derik's Bio». DerickNeikirk.com. Consultado em 16 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 9 de abril de 2009 
  20. a b c d e «2006 Deep South Wrestling results». Online World of Wrestling. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  21. Prout, Evan (21 de outubro de 2014). «Kenny Omega talks WWE developmental, New Japan, Bob Holly». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 11 de janeiro de 2016. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2014 
  22. Meltzer, Dave (3 de novembro de 2014). «Nov 3 2014 Wrestling Observer Newsletter: WWE direction leading to WrestleMania, Hell in a Cell review and analysis, tons more». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 34. ISSN 1083-9593 
  23. «IC王者・ケニー WWE移籍より飯伏と再戦». Tokyo Sports (em Japanese). 16 de fevereiro de 2016. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  24. Davidson, Mike (7 de outubro de 2007). «A week late, but better than never». Random Rants by Mike Davidson 
  25. a b c d «History of 2008». Premier Championship Wrestling. Consultado em 11 de março de 2010. Arquivado do original em 4 de março de 2012 
  26. Walsh, James (25 de janeiro de 2008). «Independent Wrestling Update for 1/25/08». WrestlingEpicenter.com 
  27. a b c «Results: 2008». NYProWrestling.com: Results. NYProWrestling.com. 2008 
  28. Pro Wrestling Syndicate: Majestic Mayhem. Perf. Kenny Omega, Jerry Lynn, Kevin Matthews and Tommy Suede. 2008. DVD. RF Video.
  29. «WSU (3/8) Recap: First Anniversary!». ProWrestlingDaily.com. 11 de março de 2008 [ligação inativa]
  30. «Christiane Plante Talks Hogan Affair, Dawn Marie, Awesome Kong, Lacey Von Erich Wrestle». WomensWrestlingXposed.com. 10 de março de 2008. Consultado em 16 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 19 de outubro de 2008 
  31. «Jersey All Pro Wrestling (3/22): Fresh Hot News!». ProWrestlingDigest.com. 2 de abril de 2008 
  32. Martin, Adam (29 de junho de 2008). «Al Snow/IWF, Booker T/Daivari in UK, DWF report, OSCW, JAPW, ROW». Wrestleview 
  33. «Jersey All-Pro Wrestling results». Online World of Wrestling. Consultado em 11 de março de 2010 
  34. Iadevaia, Frank (7 de julho de 2008). «Pro Wrestling Fundraiser Event». ImpactWrestling.com 
  35. Cutler, Jon (11 de julho de 2008). «Journal Entry #40». JonCutler.com [ligação inativa]
  36. Rozanski, Ryan (20 de outubro de 2009). «Break It Down: JAPW Jersey City Rumble». 411Mania. Consultado em 11 de março de 2010 
  37. a b «News: Results from JAPW's Anniversary Show Weekend». Jersey All Pro Wrestling. 12 de dezembro de 2010. Consultado em 12 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 14 de março de 2012 
  38. Johnson, Mike (10 de dezembro de 2010). «Complete JAPW Anniversary coverage from New Jersey: Jushin Liger wins JAPW gold and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  39. a b Martin, Adam (16 de maio de 2011). «5/15 New Japan Pro Wrestling Results: Philly, PA». Wrestleview. Consultado em 16 de maio de 2011 
  40. Johnson, Daniel (31 de julho de 2013). «Kenny Omega Interview». The Johnson Transcript. Consultado em 17 de dezembro de 2013 
  41. Gee Schoon Tong, Chris (16 de novembro de 2014). «Show results – 11/15 JAPW in Rahway, N.Y.: Stacked card includes Kurt Angle with WGTT vs. Sabin & Hart, Styles vs. Sydal, Samoa Joe, Crime Time, Necro, new champ, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de novembro de 2014 
  42. Hogan, James (26 de julho de 2008). «7/25 ROH in Toronto: "That show was the first thing to make me proud to be a wrestling fan in a LONG time."». PWTorch 
  43. Schramm, Chris (27 de julho de 2008). «SLAM! Wrestling: The Ring of Honor breaks in Detroit, literally». SLAM! Sports 
  44. «Ring of Honor — Double Feature: The Hunt Begins». 411Mania. Consultado em 8 de setembro de 2009 
  45. «ROH House Show Results 07.25.09 – Toronto». 411Mania. Consultado em 8 de setembro de 2009 
  46. «11/14 ROH Results: Missaussaga, Ont». Wrestleview. Consultado em 31 de janeiro de 2010 
  47. a b Carapola, Stuart (26 de fevereiro de 2016). «Complete ROH 14th Anniversary Show coverage: Jay Lethal defends the ROH World title against Adam Cole and Kyle O'Reilly, War Machine and the All Night Express tear it up in a No DQ match, Kenny Omega returns to ROH, and more». Pro Wrestling Insider. Consultado em 26 de fevereiro de 2016 
  48. «Kenny Omega Set For Expanded ROH Schedule». 411Mania. Consultado em 5 de fevereiro de 2016 
  49. Short, Matt (3 de agosto de 2008). «The Navigation Log 8.03.08: New Japan vs. All Japan, New Japan vs. Zero1, and Shingo Rules Dragon Gate». 411mania.com 
  50. Lunney, Todd (9 de março de 2012). «Lunney: Losing to a 9-year-old-girl?». Toronto Sun. Consultado em 30 de dezembro de 2015 
  51. «Girl, 9, takes on pro wrestler». The Sun. Consultado em 30 de dezembro de 2015 
  52. «『2011Flashing Tour~富士急 presents 2011 ジュニア・ヘビー級リーグ戦~』». All Japan Pro Wrestling (em Japanese). 11 de setembro de 2011. Consultado em 30 de setembro de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2011 
  53. «『2011 Flashing Tour ~富士急 presents 2011 ジュニア・ヘビー級リーグ戦』星取り表(全日程終了)». All Japan Pro Wrestling (em Japanese). 25 de setembro de 2011. Consultado em 30 de setembro de 2011. Arquivado do original em 24 de setembro de 2011 
  54. «Cópia arquivada» 10・23両国追加カード!世界ジュニア選手権試合決定!!. All Japan Pro Wrestling (em Japanese). 27 de setembro de 2011. Consultado em 30 de setembro de 2011. Arquivado do original em 29 de março de 2012 
  55. a b «『プロレスLove in 両国 vol.13』». All Japan Pro Wrestling (em Japanese). 23 de outubro de 2011. Consultado em 23 de outubro de 2011. Arquivado do original em 3 de dezembro de 2013 
  56. «40th Anniversary year Rise Up Tour 2012». All Japan Pro Wrestling (em Japanese). 27 de maio de 2012. Consultado em 27 de maio de 2012. Arquivado do original em 31 de outubro de 2012 
  57. a b «King of DDT Osaka 2012». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 8 de julho de 2012. Arquivado do original em 2 de janeiro de 2013 
  58. «武道館ピーターパン~DDTの15周年、ドーンと見せます超豪華4時間SP~». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 18 de agosto de 2012. Arquivado do original em 3 de outubro de 2013 
  59. a b «Never Mind 2012». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 23 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 21 de janeiro de 2013 
  60. a b «Sweet Dreams! 2013». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 27 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 15 de fevereiro de 2013 
  61. «Judgement 2013». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 20 de março de 2013. Arquivado do original em 10 de abril de 2013 
  62. a b «Road to Ryogoku 2days in Hiroshima~ドラマティック・ドリーム・とうかさん~». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 26 de maio de 2013. Arquivado do original em 15 de junho de 2013 
  63. «What are you doing 2013». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 23 de junho de 2013. Arquivado do original em 24 de junho de 2013 
  64. «Cópia arquivada» 夏休みの思い出 2013. DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 26 de agosto de 2013. Arquivado do original em 26 de agosto de 2013 
  65. «【後楽園リポート】Harashimaが入江退けKO-D無差別防衛、高梨が次期挑戦に名乗りあげるも.../G☆Lvs二丁拳銃2・2名古屋でKO-Dタッグ再戦決定/光留、旅立ちの日/ハードヒット2・28新木場に中井光義参戦/世Ⅳ虎は赤井に完勝「ただの親の七光りにしか思えない」». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). 26 de janeiro de 2014. Consultado em 26 de janeiro de 2014 
  66. a b «DDTプロレスさいたまスーパーアリーナへの道2». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 12 de abril de 2014 
  67. «Road to Ryogoku in Sendai〜ドラマティック・ドリーム・タン〜». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 4 de maio de 2014 
  68. «DDTドラマティック総選挙2014最終投票日〜最後のお願いスペシャル〜». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 28 de setembro de 2014 
  69. «DDT special 2014». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). Consultado em 26 de outubro de 2014 
  70. «Pro Wrestling Guerrilla: Battle of Los Angeles 2008 Night One Results». 411mania.com. Consultado em 8 de setembro de 2009 
  71. Domingo, Bayani (3 de novembro de 2008). «Pro Wrestling Guerrilla: Battle of Los Angeles 2008 – Night Two Results». 411Mania. Consultado em 12 de janeiro de 2010 
  72. «Express Written Consent». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  73. «Break It Down: PWG Express Written Consent». 411Mania. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  74. «Ninety-Nine». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  75. «One Hundred». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  76. «DDT4». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  77. «The Secret of Guerrilla Island». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  78. «Speed of Sound». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  79. «Against The Grain». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  80. Martin, Adam (22 de novembro de 2009). «11/20 PWG Results: Reseda, CA». Wrestleview. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  81. a b c Caldwell, James (22 de novembro de 2009). «PWG News: Results from the Battle of Los Angeles tournament to determine the new PWG champion». PWTorch. Consultado em 22 de novembro de 2009 
  82. «PWG's Kurt Russellmania at Wrestlereunion 4 on January 30, 2010!». Pro Wrestling Guerrilla. 22 de dezembro de 2009. Consultado em 28 de dezembro de 2009 
  83. «As the Worm Turns». Pro Wrestling Guerrilla. Consultado em 28 de fevereiro de 2010 
  84. Settles, Patrick (28 de outubro de 2012). «Show Results: 10/27 PWG in Reseda, Calif.: Steen defends PWG Title, Kenny Omega returns, Callihan vs. Richards». Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de outubro de 2012 
  85. «Show results – 8/29 PWG Battle of Los Angeles Night 1: A.J. Styles vs. former WWE star, Elgin, Daniels & Kaz, more». Pro Wrestling Torch. 30 de agosto de 2014. Consultado em 30 de agosto de 2014 
  86. «Show results - 8/30 PWG Battle of Los Angeles Night 2: Sabin returns, Sydal vs. Hero, Bucks vs. Daniels & Kaz main event». Pro Wrestling Torch. 31 de agosto de 2014. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  87. «Show results – 8/31 PWG Battle of Los Angeles Night 3: The Finals of huge tournament with Styles, former WWE stars, PWG champ, ROH champ, mega-tag match, Willie Mack says good-bye». Pro Wrestling Torch. 31 de agosto de 2014. Consultado em 1 de setembro de 2014 
  88. «Results New Japan, 1/31/10». Strong Style Spirit. 31 de janeiro de 2010. Consultado em 31 de janeiro de 2010 
  89. «(Results) New Japan 6/1/10». Strong Style Spirit. 1 de junho de 2010. Consultado em 13 de junho de 2010 
  90. «(Results) New Japan, 6/12/10». Strong Style Spirit. 12 de junho de 2010. Consultado em 13 de junho de 2010 
  91. «Omega beats Taguchi, demands IWGP Jr. shot at Devitt». Strong Style Spirit. 29 de agosto de 2010. Consultado em 3 de setembro de 2010 [ligação inativa]
  92. «(Results) New Japan, 9/3/10». Strong Style Spirit. 3 de setembro de 2010. Consultado em 3 de setembro de 2010 
  93. a b «(Results) New Japan, 10/11/10». Strong Style Spirit. 11 de outubro de 2010. Consultado em 11 de outubro de 2010 
  94. «Golden Lovers make successful V1 defense of IWGP Jr. Tag over Apollo 55». 14 de novembro de 2010. Consultado em 14 de novembro de 2010 
  95. «Ibushi & Omega retain IWGP Jr. Tag Title». 27 de dezembro de 2010. Consultado em 27 de dezembro de 2010 
  96. «NJPW Presents CMLL Fantastica Mania 2011». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). 23 de janeiro de 2011. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  97. «(Results) New Japan x CMLL, 1/23/11». Strong Style Spirit. 23 de janeiro de 2011. Consultado em 23 de janeiro de 2011 
  98. «(Results) New Japan, 6/4/11». Strong Style Spirit. 4 de junho de 2011. Consultado em 8 de junho de 2011 
  99. «(Results) New Japan, 6/8/11». Strong Style Spirit. 8 de junho de 2011. Consultado em 8 de junho de 2011 
  100. «ブシロード Presents G1 Climax XXI ~The Invincible Fighter~». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). 14 de agosto de 2011. Consultado em 14 de agosto de 2011 
  101. «Best of the Super Jr. XX». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 6 de junho de 2013 
  102. «Best of the Super Jr. XX». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 9 de junho de 2013 
  103. «Best of the Super Jr.XXI». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 6 de junho de 2014 
  104. «Best of the Super Jr.XXI». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 6 de junho de 2014 
  105. a b «「新日本に100パーセント集中したい」ケニー・オメガが10月でDDTとの契約終了、"主戦場"を新日本プロレスへ!【会見全文】». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). 3 de outubro de 2014. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  106. «Power Struggle». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 8 de novembro de 2014 
  107. a b Meltzer, Dave (7 de novembro de 2014). «New Japan Power Struggle live coverage from Osaka – More matches made for Tokyo Dome, New Bullet Club member, UWF dream match announced, 2 Osaka PPVs announced». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 9 de novembro de 2014 
  108. «【WK9】石井vs真壁、田口vsケニーが決定!「暴走キングコングを眠りから起こす!」(石井)、「グッドガイの私はもういない!」(ケニー)【1.4東京ドーム会見】». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). 10 de novembro de 2014. Consultado em 10 de novembro de 2014 
  109. Oliver, Greg (18 de junho de 2016). «Kenny Omega's stardom in Japan about far more than luck». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de junho de 2016 
  110. a b «Wrestle Kingdom 9 in 東京ドーム». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 4 de janeiro de 2015 
  111. Caldwell, James (4 de janeiro de 2015). «Caldwell's NJPW Tokyo Dome show results 1/4: Complete "virtual-time" coverage of live Wrestle Kingdom PPV – Tanahashi vs. Okada, Bullet Club, Nakamura, Jim Ross, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 4 de janeiro de 2015 
  112. «The New Beginning in Osaka». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  113. Caldwell, James (11 de fevereiro de 2015). «NJPW news: Bullet Club takes top titles at "New Beginning" – Styles new IWGP World Champ, other title changes». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 de fevereiro de 2015 
  114. «Invasion Attack 2015». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 5 de abril de 2015 
  115. «Show results - 4/5 NJPW "Invasion Attack" in Tokyo, Japan: A.J. Styles defends IWGP World Title in main event, ROH tag teams win both Tag Titles, Bullet Club in action, more». Pro Wrestling Torch. 5 de abril de 2015. Consultado em 5 de abril de 2015 
  116. «Cópia arquivada» レスリングどんたく 2015. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 3 de maio de 2015. Arquivado do original em 4 de maio de 2015 
  117. «Dominion 7.5 in Osaka-jo Hall». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 5 de julho de 2015 
  118. Meltzer, Dave (4 de julho de 2015). «New Japan Dominion live coverage from Osaka Jo Hall - Styles vs. Okada for IWGP title, Nakamura vs. Goto for IC title and notes on biggest event since the Tokyo Dome, plus all G-1 main events». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 5 de julho de 2015 
  119. a b «Destruction in Okayama». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 23 de setembro de 2015 
  120. Meltzer, Dave (11 de outubro de 2015). «NJPW King of Pro Wrestling 10-11: Kazuchika Okada vs. A.J. Styles for IWGP heavyweight title». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 12 de outubro de 2015 
  121. Wrestle Kingdom 10 in 東京ドーム. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 4 de janeiro de 2016 
  122. «New Year Dash !!». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 5 de janeiro de 2016 
  123. a b c Rose, Bryan (5 de janeiro de 2016). «NJPW New Year's Dash report: Big Bullet Club angle, NEVER trios titles defended». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 5 de janeiro de 2016 
  124. Meltzer, Dave (12 de janeiro de 2016). «New Japan strips Shinsuke Nakamura of the Intercontinental Title». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  125. a b 【新日】ケニー まさかのクリーンファイト宣言. Tokyo Sports (em Japanese). 11 de fevereiro de 2016. Consultado em 11 de fevereiro de 2016 
  126. «1/30 NJPW in Tokyo – Shinsuke Nakamura's farewell show». Pro Wrestling Torch. 30 de janeiro de 2016. Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  127. a b «The New Beginning in Niigata». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 14 de fevereiro de 2016 
  128. a b «Honor Rising:Japan 2016». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 20 de fevereiro de 2016 
  129. Meltzer, Dave (9 de abril de 2016). «NJPW Invasion Attack live results: Kazuchika Okada vs. Tetsuya Naito for the IWGP Championship». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 10 de abril de 2016 
  130. Road to レスリングどんたく 2016. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 27 de abril de 2016 
  131. Laprade, Patric (20 de maio de 2016). «Canadians Elgin vs Omega made history in Japan». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de maio de 2016 
  132. a b レスリングどんたく 2016. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 3 de maio de 2016 
  133. Meltzer, Dave (18 de junho de 2016). «NJPW Dominion live results: Tetsuya Naito vs Kazuchika Okada for the IWGP HW Championship». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 19 de junho de 2016 
  134. Meltzer, Dave (2 de julho de 2016). «NJPW Kizuna Road 2016 live results: Katsuyori Shibata defends NEVER title, Young Bucks, Kenny Omega». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 3 de julho de 2016 
  135. «2016 New Japan G1 Climax Results». Pro Wrestling Torch. Consultado em 13 de agosto de 2016 
  136. a b Meltzer, Dave (13 de agosto de 2016). «NJPW G1 Climax 26 finals live results: Hirooki Goto vs. Kenny Omega». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 14 de agosto de 2016 
  137. 【8月14日(日)両国全カード!】『G1』決勝は後藤vsケニー! オカダ&矢野&丸藤組! L・I・J揃い踏み!ノア・潮崎、谷口、北宮が緊急参戦!【G126】. New Japan Pro Wrestling (em Japanese). 14 de agosto de 2016. Consultado em 14 de agosto de 2016 
  138. 【新日G1】初出場初優勝!ケニー・オメガが史上初の外国人覇者に. Tokyo Sports (em Japanese). 15 de agosto de 2016. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  139. «Destruction in Hiroshima». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 22 de setembro de 2016 
  140. Rose, Bryan (9 de outubro de 2016). «NJPW King of Pro Wrestling live results: Kazuchika Okada vs. Naomichi Marufuji». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 10 de outubro de 2016 
  141. Rose, Bryan; Currier, Joseph (3 de janeiro de 2017). «NJPW Wrestle Kingdom 11 live results: Kazuchika Okada vs. Kenny Omega». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 4 de janeiro de 2017 
  142. 【新日1・4ドーム】オカダ 史上最長46分45秒の死闘制しIWGP2度目の防衛!. Tokyo Sports (em Japanese). 5 de janeiro de 2017. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  143. Meltzer, Dave (5 de janeiro de 2017). «January 9, 2017 Wrestling Observer Newsletter: Ronda Rousey loses potential final fight, NJPW Wrestle Kingdom 11 review». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 5 de janeiro de 2017  Verifique o valor de |url-access=subscription (ajuda)
  144. Foley, Mick (9 de janeiro de 2017). «Omega vs. Okada: random notes on an incredible match». Facebook. Consultado em 9 de janeiro de 2017 
  145. a b Barrasso, Justin (12 de julho de 2016). «The future Mr. WrestleMania: Kenny Omega on New Japan, WWE, New Day». Sports Illustrated. Consultado em 19 de julho de 2016. Cópia arquivada em 13 de julho de 2016 
  146. «WWE's Xavier Woods at CEO 2016: 'Without video games, I don't think I'd be where I am today'». ESPN. Consultado em 1 de julho de 2016 
  147. «Kenny Omega's Twitter». 14 de fevereiro de 2016. Consultado em 18 de outubro de 2016 
  148. a b Fiorvanti, Tim (22 de outubro de 2016). «Kenny Omega breaks through Japan's wrestling barriers to become a true champion». ESPN. Consultado em 23 de outubro de 2016 
  149. a b Gilbert, Henry (26 de março de 2015). «Meet Kenny Omega, the wrestler every gamer should know». GamesRadar. Consultado em 23 de maio de 2015 
  150. Dominello, Zach (29 de dezembro de 2014). «J-Shoot: Kenny Omega Interview». Koala Mask. Consultado em 23 de maio de 2015 
  151. a b c d e f g h i j «MOVE SET LIST». Kenny Omega's MySpace. Consultado em 3 de setembro de 2009. Arquivado do original em 2 de dezembro de 2012 
  152. Kapur, Bob (4 de janeiro de 2015). «Wrestle Kingdom 9: New Japan and Global Force joint effort a must-see event». Slam! Sports. Canoe.ca. Consultado em 15 de janeiro de 2015 
  153. Meltzer, Dave (13 de fevereiro de 2016). «NJPW New Beginnings: Hiroshi Tanahashi vs Kenny Omega for the IWGP IC Title». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 17 de agosto de 2016 
  154. a b Radican, Sean (15 de agosto de 2016). «Radican's NJPW G1 Climax Night 19 Review – Omega vs. Goto in Finals of G1 Tournament, plus ROH Title & IWGP Tag Title matches; Overall Reax to amazing tournament». Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  155. «Road to The New Beginning». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  156. «Road to The New Beginning». New Japan Pro Wrestling (em Japanese). Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  157. a b Rose, Bryan (30 de janeiro de 2016). «NJPW Road to New Beginning report: Nakamura bids farewell to New Japan». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 4 de fevereiro de 2016 
  158. «Tweet confirmation». Consultado em 27 de setembro de 2016 
  159. Macklin, Matthew (11 de fevereiro de 2015). «AJ Styles captures IWGP Championship & more: NJPW New Beginning in Osaka, Japan report». Pro Wrestling Insider. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  160. Macklin, Matthew (27 de abril de 2016). «Elgin vs. Omega and more: 4/27 NJPW Road to Dontaku at Hataka Star Lanes report». Pro Wrestling Insider. Consultado em 5 de janeiro de 2017 
  161. «Puroresu Central profile». Puroresu Central profile. Consultado em 11 de março de 2010 
  162. a b c «Cagematch profile» 
  163. Meltzer, Dave (13 de fevereiro de 2016). «NJPW New Beginnings: Hiroshi Tanahashi vs Kenny Omega for the IWGP IC Title». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 28 de abril de 2016 
  164. Rose, Bryan (27 de abril de 2016). «NJPW Road to Wrestling Dontaku 2016 results: Kenny Omega vs. Michael Elgin I-C title match». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 28 de abril de 2016 
  165. Tees, David (14 de fevereiro de 2016). «NJPW "New Beginning: Niigata" coverage- new Intercontinental Champion & NEVER Openweight Six Man Tag Champions are crowned». Pro Wrestling Insider. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  166. Radican, Sean (3 de agosto de 2016). «Radican's NJPW G1 Climax Night 10 Review – B Block Chaos continues, Naito vs. Honma main event, Elgin, Omega; Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  167. Radican, Sean (13 de agosto de 2016). «Radican's G1 Climax Night 18 Review – Naito vs. Omega epic classic B Block finale, Elgin's run ends; Overall Reax». Pro Wrestling Torch. Consultado em 16 de agosto de 2016 
  168. «Kenny Omega». Puroresu Central. Consultado em 11 de abril de 2016 
  169. «Hidden Highlights 02.16.09: Issue #181». 411Mania. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  170. «Kota Ibushi's Purolove profile». Purolove. Consultado em 11 de março de 2010 
  171. Boutwell, Josh (29 de janeiro de 2011). «Viva La Raza! Lucha Weekly». Wrestleview. Consultado em 31 de janeiro de 2011 
  172. Katz, Jeff (21 de dezembro de 2011). «WRP First Look: Day 23». Geek Week. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  173. a b «Introducing Kenny Omega». Ring of Honor. 30 de outubro de 2008. Consultado em 11 de março de 2010. Cópia arquivada em 13 de janeiro de 2010 
  174. a b c «Themes». Cagematch. Consultado em 10 de novembro de 2014 
  175. [Q]Brick (22 de maio de 2014). «"Shot'Em" Bullet Club 2nd Theme». SoundCloud. Consultado em 10 de novembro de 2014 
  176. a b Kitamura, Yonosuke. «Prowrestle theme music list». RMLabel (em Japanese). Consultado em 7 de julho de 2015 
  177. a b c «Cagematch title listings» 
  178. «CWE Stand By Your Man». Cagematch. Consultado em 20 de junho de 2010 
  179. «DDT What Are You Doing? 2010». Cagematch. Consultado em 4 de julho de 2010 
  180. «<ヨシヒコ編集ジチョー主義>2012年DDTを各賞で振り返る». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). 21 de dezembro de 2012. Consultado em 22 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2013 
  181. «【インディー大賞】飯伏vsケニーがベストバウト受賞». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). 31 de dezembro de 2012. Consultado em 22 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 15 de fevereiro de 2013 
  182. «【後楽園リポート】トーナメント決勝戦は宮本裕向&木高イサミvs火野裕士&岡林裕二!!/インディー大賞MVPはHarashima/Takaのパートナーは小鹿». DDT Pro-Wrestling (em Japanese). 31 de dezembro de 2014. Consultado em 31 de dezembro de 2014 
  183. Tsakiries, Phil (2008). «JAPW Heavyweight Title History». Solie's Title Histories 
  184. «Canadian Unified Junior Heavyweight Title». Puroresu Dojo. Consultado em 16 de novembro de 2010 
  185. «Surprise Returns, Shocking Developments at PCW's Boiling Point!». Premier Championship Wrestling. 11 de agosto de 2011. Consultado em 13 de agosto de 2011. Arquivado do original em 1 de abril de 2012 
  186. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2016». The Internet Wrestling Database. Consultado em 1 de setembro de 2016 
  187. «2010 Tokyo Sports awards – New Japan involvement». Strong Style Spirit. 9 de dezembro de 2010. Consultado em 9 de dezembro de 2010 
  188. 【プロレス大賞】内藤哲也がMVP初受賞! ベストバウトはG1丸藤vsオカダ. Tokyo Sports (em Japanese). 14 de dezembro de 2016. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  189. Fiorvanti, Tim (5 de janeiro de 2017). «Okada-Omega classic highlights Wrestle Kingdom 11 card for NJPW». ESPN. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  190. Meltzer, Dave. «June 19, 2017 Wrestling Observer Newsletter: Conor McGregor/Floyd Mayweather on, Okada/Omega classic, more». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 17–19. ISSN 1083-9593 

Ligações externasEditar