Kevin Gates

Kevin Gates
Informação geral
Nome completo Marcellus Kevin Gates
Nascimento 5 de fevereiro de 1986 (34 anos)
Local de nascimento Baton Rouge, Louisiana
 Estados Unidos
Gênero(s) Hip hop
Período em atividade 2007-presente
Gravadora(s) Atlantic Records, Dead Game Records, Bread Winners' Association
Afiliação(ões) Lil Wayne, Rico Love, Plies, Young Thug, Percy Keith, OG Boobie Black, Yung Mazi1, Chris Brown, Bread Winner Kane, Geaux Yella, Lil Boosie, Stitches
Página oficial www.kvngates.com

Kevin Gates (Baton Rouge, 5 de fevereiro de 1986),[1][2] é um artista americano, rapper, cantor e empreendedor.[3][4][5]

O artista atualmente mantém contrato com a Atlantic Records, juntamente com a sua própria gravadora, Bread Winners' Association.[5][6] Seu primeiro álbum de estúdio, Islah, foi lançado em janeiro de 2016 e chegou ao número dois na lista Billboard 200.[7] Antes de Islah, Gates também lançou inúmeras mixtapes, incluindo Stranger Than Fiction, By Any Means e Luca Brasi 2, todas as quais alcançando o top 40 na Billboard 200.[5]

Vida pessoalEditar

Marcellus Kevin Gates nasceu em 5 de fevereiro de 1986 em Nova Orleães, com origens porto-riquenha, logo em seguida mudando-se com sua família para Baton Rouge.[1] Gates teve uma criação tumultuada, sendo preso pela primeira vez aos 13 anos por joyriding (isto é, por roubar um carro temporariamente para correr com ele).[8][9] Aos 17 anos, estudou brevemente no colégio comunitário local de Baton Rouge.[5]

Em agosto de 2015, envolveu-se em uma polêmica ao agredir uma fã durante um show em Lakeland, na Flórida.[10] Em outubro do mesmo ano, casou-se com sua namorada Dreka Haynes, conhecida como Mrs. Dreka, e anunciou seu primeiro álbum, islah (em árabe: إصلاح, ʾIṣlāḥ, significando "reforma" ou "melhora"), o mesmo nome de sua filha primogênita.

Kevin e sua esposa são convertidos ao islamismo sunita, e fizeram a hajj em setembro de 2016.[11][12]

ReferênciasEditar

  1. a b Campbell, Damon (5 de fevereiro de 2016). «Best Hip Hop Moments in #BHM: Kevin Gates is Born». The Source. Consultado em 7 de maio de 2016 
  2. Coppage, Wanda J. (14 de março de 2016). «Kevin Gates Performs '2 Phones,' Details Drug Charge & Family on 'Wendy Williams' [VIDEO]». Music Times. Consultado em 7 de maio de 2016 
  3. Kramer, Kyle (5 de fevereiro de 2016). «Kevin Gates Just Keeps Getting Better, Really». Noisey. Consultado em 7 de maio de 2016 
  4. Renato, Pagnani (23 de março de 2014). «By Any Means». Pitchfork Media. Consultado em 7 de maio de 2016 
  5. a b c d Reeves, Mosi (14 de abril de 2014). «Kevin Gates Gets Ready to Go Global». Rolling Stone. Consultado em 7 de maio de 2016 
  6. Maduakolam, Emmanuel (13 de janeiro de 2016). «Kevin Gates Discusses Growth on 'Islah' Album and His Overwhelming Presence». XXL. Consultado em 7 de maio de 2016 
  7. «Watch Kevin Gates Talk Writing Process: 'Why Are You Trying to Dissect It?'». Rolling Stone. 12 de fevereiro de 2016. Consultado em 7 de maio de 2016 
  8. «Kevin Gates in Jail». TrapworldHipHop. Julho de 2014. Consultado em 7 de maio de2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  9. Dicionário da Universidade de Cambridge: Joyriding
  10. Walker, Angus (1 de agosto de 2016). «Kevin Gates denied Florida Battery Charge expulsion». Hotnewhiphop. Consultado em 1 de agosto de 2016 
  11. http://www.xxlmag.com/news/2016/06/muslim-rappers/
  12. https://twitter.com/realdrekagates/status/774121047616397312