Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde março de 2014). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Kim Wilde
Kim wilde groningen 2007.jpg
Kim Wilde cantando ao vivo, em Groninga no dia 15 de novembro de 2007.
Informação geral
Nome completo Kim Smith
Nascimento 18 de novembro de 1960 (58 anos)
Local de nascimento Chiswick, Middlesex
Inglaterra
Nacionalidade britânica
Gênero(s)
Ocupação(ões)
Progenitores Mãe: Joyce Baker
Pai: Marty Wilde
Cônjuge Hal Fowler (c. 1996)
Filho(s)
  • Harry Tristan Fowler (n. 1998)
  • Rose Elizabeth Fowler (n. 2000)
Instrumento(s) Vocal
Período em atividade 1980–presente
Gravadora(s)
Página oficial www.kimwilde.com

Kim Smith (Chiswick, Middlesex, 18 de novembro de 1960), mais conhecida pelo nome artístico de Kim Wilde, é uma cantora pop inglesa.[2][3]

BiografiaEditar

Kim alcançou a fama nos inícios dos anos 1980 com o seu maior sucesso "Kids of America", que atingiu o segundo lugar no Reino Unido, e pelo qual recebeu em 1983 o Brit Award de melhor cantora britânica.

A sua carreira musical começou com um pop mais ligado ao punk e ao new wave. A maioria das suas canções foram composições próprias, em colaboração com o seu irmão. Nos primeiros anos da década de 1980 destaca-se a sua canção "View from a Bridge", que mistura romance e intriga como uma comédia de detetives.

Nos finais da década de 1980, Kim Wilde, lança-se num pop mais clássico e dançável, que devolveu-lhe a fama depois de alguns discos sem sucesso e fez alcançar sucesso em toda a Europa com canções como "You Came", "Never Trust a Stranger" ou "You Keep Me Hangin' On", que foi o seu primeiro e até ao momento (2008) o único número um nos Estados Unidos da América.

Em 1988, acompanhou Michael Jackson como estrela convidada nas apresentações europeias da turnê Bad World Tour.

Sua fama diluiu-se na década de 1990, ainda que publicasse singles de sucesso como "Love Is Holy" e especialmente "If I Can't Have You", e o álbum Kim Wilde: The Singles Collection. Em 1995, depois do fracasso de vendas do seu álbum Now and Forever, retirou-se da música para e dedicar à televisão. Apesar disso, periodicamente ainda se lança na música, com compilações e algum single. Em 2003, fez sucesso em um dueto com a cantora alemã Nena, com a música "Anyplace, Anywhere, Anytime" (ou "Irgendwie Irgendwo Irgendwann", em alemão) . Em 2006, lançou um novo álbum: Never Say Never. Kim também escreveu vários livros sobre jardinagem, atividade a que ela também se dedica profissionalmente.

DiscografiaEditar

 
Kim Wilde ao vivo em 2007.

Álbuns de estúdioEditar

Compilações e outros álbunsEditar

SinglesEditar

Ano Título Posições nas tabelas
UK US GER SUI DK ITA SE BE AUS FRA
1981 "Kids in America" 2 25 5 5 1 - 2 4 5 5 [1]
"Chequered Love" 4 - 2 2 2 - 6 2 6 64
"Water on Glass" 11 - - - - - - - - -
"Cambodia" 12 - 2 1 1 - 1 4 7 1
1982 "View from a Bridge" 16 - 6 2 1 - 4 3 7 17
"Child Come Away" 43 - 36 6 3 - 10 21 26 -
1983 "Love Blonde" 23 - 26 6 7 - 7 7 32 44
"Dancing in the Dark" 67 - 26 9 3 - - 11 - -
1984 "House of Salome" - - - - - - - - - -
"The Second Time" 29 65 9 7 9 - 11 16 - -
"The Touch" 56 - 29 - 15 - - 20 - -
1985 "Rage to Love" 19 - 45 - - - - - 94 -
1986 "Schoolgirl" - - 38 - 11 - - - - -
"You Keep Me Hangin' On" 2 1 8 2 3 8 - 13 1 -
1987 "Another Step (Closer to You)" 6 - - - - - - - 88 -
"Say You Really Want Me" 29 44 - - - - - - - -
"Rockin' Around the Christmas Tree" (com Mel Smith) 3 - - - 4 - - - - -
1988 "Hey Mister Heartache" 31 - 13 12 12 7 6 - 96 -
"You Came" 3 41 5 3 1 4 1 10 34 5
"Never Trust a Stranger" 7 - 11 4 7 - 1 4 - 27
"For Letter Word" 6 - 27 18 - 47 - 11 - -
1989 "Love in the Natural Way" 32 - - - - - - - - -
1990 "It's Here" 42 - 21 14 - 27 13 23 - -
"Time" 71 - - - - - - - - -
"Can't Get Enough (Of Your Love)" - - 58 - - - - - - 21
"World in Perfect Harmony" - - - - - - - - - -
"I Can't Say Goodbye" 51 - - - - - - - - -
1992 "Love Is Holy" 16 - 42 13 12 - 39 20 29 -
"Heart Over Mind" 34 - - - - - - - - -
"Who Do You Think You Are" 49 - 58 - - - - - - -
"Million Miles Away" - - - - - - - - - -
1993 "If I Can't Have You" 12 - 51 18 3 - 24 7 3 -
"In My Life" 54 - 78 - - - - - 78 -
1994 "Kids in America 1994" - - - - - - - - - -
1995 "Breakin' Away" 43 - 79 - - - - - - -
1996 "This I Swear" 46 - 91 - - - - - - -
"Shame" 86 - - - - - - - - -
2001 "Loved" - - - 68 - - 45 7 - -
2002 "Born to Be Wild" - - 84 71 - - - - - -
2003 "Anyplace, Anywhere, Anytime" (com Nena) - - 3 9 19 - - 2 - -
2006 "You Came 2006" - - 20 19 - 35 25 33 - -
"Perfect Girl" - - 52 - - - - - - -
2007 "Sorry Seems to Be the Hardest Word" (com Marty Wilde) - - - - - - - - - -
"Together We Belong" - - 107 - - - - - - -
"Baby Obey Me" - - - - - - - - - -
2010 "Lights Down Low" - - - 34 - - - - - 62
"Real Life" (cancelado) - - - - - - - - - -
2011 "It's Alright" / "Sleeping Satellite" - - - 98 - - - - - -
"It's Alright" / "Sleeping Satellite" - - - - - - - - - -
"To France" - - - - - - - - - -
2012 "Ever Fallen in Love" / "Spirit in the Sky" - - - - - - - - - -
2018 "Pop Don't Stop" - - - - - - - - - -
"Kandy Krush" - - - - - - - - - -
"Birthday" - - - - - - - - - -
"—" denota que o single não entrou nas paradas musicais

Referências

  1. «Kim Wilde | Biography». Allmusic. Consultado em 14 de março de 2017 
  2. «Kim Wilde». Discogs.com. Consultado em 5 de maio de 2013 
  3. «Kim Wilde». BBC Music. Consultado em 5 de maio de 2013 

Ligações externasEditar